Com formas muito bem definidas e uma graça feminina acentuada pelo fato de ser bailarina, Danielle Winits, muito em evidência à época como atriz principal da novela Corpo Dourado, da TV Globo, estrelou a capa da edição de 23º aniversário da revista, em agosto de 1998. Aquele contrato assinado nas alturas do Novo Edifício Abril quatro meses antes resultou num ensaio bonito, sensual e muito original, tendo como cenário Las Vegas, a então capital mundial dos cassinos e dos grandes shows.

O fotógrafo, uma vez mais, foi meu grande amigo J. R. Duran. Ariani Carneiro, editora de fotografia, capitaneou a equipe da revista.

Danielle, educada e gentil, foi uma graça e se comportou exemplarmente durante todo o tempo em que trabalhou com a revista. Quem fazia exigências exageradas e aporrinhou um pouco a equipe, confesso, foi sua mãe, Nadja, que fez questão de acompanhá-la aos Estados Unidos — algo que, do ponto de vista da atriz e também da revista, era absolutamente desnecessário.

Se quiser ler um pouco mais sobre o contrato com Danielle, clique aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 9 =

TWITTER DO SETTI