Em tempos de reality shows e YouTube,  celebridades internacionais instantâneas brotam de todos os cantos, como sabemos. E viram febre. E, às vezes, contagiam. Algumas surpreendem, outras são ainda agradáveis.

Tudo isso para dizer de um jovem sul-coreano, de 22 anos, participante do Korea’s Got Talent, o programa criado nos Estados Unidos para revelar talentos, ou seja, é um cantor ainda no forno, mas cuja interpretação já mereceu, em menos de um mês,  mais de 10 milhões de acessos.

Sung-bong Choi, ainda que inseguro, causou mais assombro ao soltar sua voz que comoção, com a história triste de sua ainda curta vida.

Vale conferir.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − sete =

7 Comentários

Kitty em 03 de agosto de 2011

Caro Ricardo, Muito emocionante, caro amigo,com essa maravilhosa voz, Deus o compensou por todo o sofrimento que uma criança sente ao ser abandonada pelos seres que mais deveriam amá-lo.E que bem faz para nós também!!!Dizer mais? não, só resta agradecer pelo lindo presente no dia do meu aniversario, valeu amigo! Um abraço--Kitty

tico tico em 30 de julho de 2011

Setti. As Coréias são musicais, é um fenômeno, como o surgimento de tantos músicos clássicos na Alemanha de dois séculos atrás. Quem pesquisar no You Tube, vai encontrar grandes apresentações operísticas, líricas e clássicas. É de surpreender! SUNG-BONG CHOI tem no DNA, a musicalidade, a perseverança, e o bom caratismo do povo coreano. Também o do norte escravizado.

Reynaldo-BH em 30 de julho de 2011

Segue a tradução de NELLA FANTASIA (Google). Faz todo o sentido. Abraços. "Nesta fantasia Nesta fantasia eu vejo um mundo justo Ali todos vivem em paz e em honestidade O sonho das almas que são sempre livres Como as nuvens que voam Cheias de humanidade dentro da alma Na fantasia eu vejo um mundo claro Lá também a noite é menos escura Eu sonho que as almas são sempre livres Como nuvens que voam Cheias de humanidade Na fantasia existe um vento quente Que sopra pela cidade como amigo Eu sonho que as almas são sempre livres Como nuvens que voam Cheias de humanidade no fundo da alma"

Reynaldo-BH em 30 de julho de 2011

Setti, vale a pena só dizer: sou fan de Sung-bong Choi. A internet também existe para isso! Quem quiser dizer isto a ele, somente com um click: http://www.facebook.com/pages/Choi-Sung-Bong-Fan-Page/234090876605159

Sergio em 30 de julho de 2011

Os mendigos de lá cantam ópera, os nossos tomam cachaça.

Mari Labbate em 30 de julho de 2011

Esse jovem sul-coreano aprenderá, um dia, que até viver uma "Vida de Inseto", vale a pena VIVER! Ele deveria agradecer por estar vivo. Notei um desejo de vingança, em suas palavras. Cheguei a lembrar-me de um outro caso semelhante. Em época de reality shows e cutucões, acrescento que o BRASIL experimenta uma profunda pobreza artística. Creio que seja decorrência da crise ética, em que vivemos. Você já recebeu um "cutucão? É horrível... Totalmente, sem sentido! Encontrei um: provocar desarmonia, nos casais. Necessitamos respeitar as FAMÍLIAS! ABBRACCIO!

Mariazinha em 30 de julho de 2011

Cara, eu fiquei com os olhos cheio d'água! Muita sorte de agora em diante ao jovem coreano, ele merece!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI