Image
Shin Kwang Ho entre dois de seus trabalhos mais recentes: beleza e expressividade

Prestem atenção ao trabalho do jovem artista Shin Kwang Ho, radicado em Seul, capital da Coreia do Sul.

Mantendo, em suas pinturas, os olhos dos modelos relativamente “normais”, ele traça com total liberdade de cores e movimentos o resto dos rostos e corpos retratados, criando uma forte identidade.

Além de belos, os óleos sobre tela resultantes transmitem uma forte expressividade, ainda que seus personagens se vejam em meio a um caos que flerta com a arte abstrata.

Prolífico, ele exibe em seu blog as dezenas de obras que criou entre 2012 e 2013.

Vale a pena conferir:

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

Shin-Kwang-Ho

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − treze =

11 Comentários

Mario S. em 29 de abril de 2013

Para mim, não importa o que os "entendidos" possam dizer, os meus 80 anos de apreciação de arte de verdade dizem é que esse cara, Shin das quantas, é um louco de hospício, que não deveria estar solto. Enjaulen-no !

Evaldo Ferreira Cabral em 25 de abril de 2013

Em cada olhar, percebe-se a perplexidade na expressão forte e marcada por cores vivas nessa forma subjetiva de traduzir pela arte o que se vê, o que se sente; o que se tem para expressar, vistos nessas obras de Shin Kwang Ho, são traços marcantes elaborados com intensa sensibilidade por esse artista de Seul.

Jeremias-no-deserto em 25 de abril de 2013

O estilo do artista é original, mas há quase um sopro de estilização realista em algumas de suas obras.Difícil classificar de expressionista o seu estilo. Abstrato, nunca.

Dulce Regina em 24 de abril de 2013

Querido Setti, gostei não...fiquei ainda mais assustada pois, acabei de ler a noticia " a câmara aprovou hoje, um golpe de Estado ". Esses retratos estão parecendo nós, brasileiros, aterrorizados !!!

Alvaro em 24 de abril de 2013

Parabéns, caro Setti. Sempre nos presenteando com obras de arte que podemos chamar de "diferentes". Achei essas muito boas, embora não tenha conhecimento para julgar arte.

maria helena em 23 de abril de 2013

Em primeiro lugar, esta arte não tem nada de abstrata. Ela é expressionista! Em segundo, jamais eu colocaria um quadro desde em minha casa ou qualquer outro lugar. Pode ser considerado arte por fazer nossos sentimentos aflorarem porém, da pior forma!

emeesse em 22 de abril de 2013

Caro Ricardo, uma arte sem pé, nem cabeça, ruim demais!

Caio Frascino Cassaro em 22 de abril de 2013

Prezado Setti: Adoro as artes plásticas, inclusive tendo sido casado com uma artista de certa projeção. Frequentei durante oito anos o mundo artístico, vendo muita porcaria mas também muita gente especial, como Sandra Cinto, Adriana Varejão, Beatriz Milhazes, Nunno Ramos e tantos outros. O trabalho de Shin Kwang Ho está certamente dentro dessa categoria - é realmente especial, uma resposta àqueles que tantas vezes decretaram a morte da pintura. Obrigado, Setti, por nos colocar em contato com um artista desse porte, cujo trabalho certamente poucos conheciam. Abs

Ismael Pescarini em 22 de abril de 2013

É sempre bom iniciar a semana com mulheres bonitas e arte, além de falar mal das falcatruas petistas, hehehe. Gostei desse artista, mas a linguagem dele não é abstrata, é expressionista.

moacir em 21 de abril de 2013

Setti, Há trinta anos que tentam fazer de mim - sem sucesso - um conhecedor das artes pictóricas. Não é a minha praia.Mas mesmo sendo um péssimo aluno,acho que hoje já consigo diferenciar o que é arte - portanto original e expressiva - daquilo que tem cores de repetição apenas. Esse rapaz aí é especial.Sua arte figurativa vai além da figura.O traço está aí, sim - acho que em carvão - em faces,membros,corpos e mãos perfeitos, que são desconstruídos - salvo os olhos! - por pincéis e espátulas de cores que se derretem num jogo abstrato de rara beleza. O artista inventa uma coisa nova,num novo ordenamento.Reinventa a figura em pessoas? Muito bom mesmo.Parabéns pela post. Abraço

Marco em 21 de abril de 2013

D. Setti, achei a percepção um pouco estranha! Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI