Paulinho da Viola, 70 anos: celebrem com um samba do primeiro disco do mestre

Parabéns para ele (Foto: Divulgação)

Parabéns para ele (Foto: Divulgação)

Por Daniel Setti

Da voz e do violão do carioca Paulo César Batista de Faria saem, há mais de cinco décadas – quando começou a compor – algumas das letras e melodias mais aveludadas e melhor elaboradas do samba. Algo que garantiu há tempos ao músico, mundialmente conhecido como Paulinho da Viola, vaga no seleto hall dos grandes da música brasileira.

A partir do próximo dia 12 ele integrará outro clube, mais inusitado, o de lendas vivas da canção tupiniquim a completarem 70 anos neste 2012 – Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento lhe fazem companhia.

E para homenagear Paulinho, que deu seus primeiros passos musicais vigiando de perto o talento do pai, Cesar Faria, violonista do mítico grupo de choro Época de Ouro, Música no Blog recupera “Coisas do Mundo, Minha Nega”, composição sua presente em seu primeiro disco, homônimo, de 1968.

Embora fosse o primeiro trabalho individual do sambista, Paulinho da Viola era o registro de um artista já bastante experimentado. Desde 1964 Paulinho integrava o quadro de compositores da Portela e participara de álbuns colaborativos com Elton Medeiros e com o supergrupo A Voz do Morro (do qual faziam parte, entre outros, Zé Kéti, Nelson Sargento e o próprio Medeiros).

No vídeo abaixo, o Lord do Samba interpreta “Coisas…” em especial da TV Globo exibido em 1980.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 11 =

5 Comentários

  • Reynaldo-BH

    Daniel, enchendo teu saco, sorry!
    Gostei muito (muito mesmo) standstill. Que você apresentou.
    Já tenho dezenas de vídeos do grupo. Li a história e até a ultima excursão (alguns shows cancelados) na Espanha.
    Vc saberia dizzer se há, no Brasil, alguma loja que venda o DVD do grupo?
    Nos USA não achei nos sites especializados.
    E mesmo em uma breve viagem a Lisboa, não encontrei nem mesmo na FNAC.
    Vc teria alguma dica? Pode ser site da Espanha.
    abraços.
    Enchendo o saco nada, Reynaldo. É um prazer.
    Quanto ao Standstill, sugiro uma busca nos grandes sites de venda por internet, mas acrescentando o “es” de Espanha no final do endereço.
    Abraço,
    Daniel

  • Luiz Pereira

    Daniel,
    É isso aí, Paulinho está para Lorde do samba na mesma razão em que seu pai o está para o jornalismo.
    E o rio não para de passar em minha vida.
    abs
    Sorte sua que o Rio não para de passar em sua vida, Luiz.
    O Setti agradece o elogio.
    Abraço,
    Daniel

  • Marco

    Don Setti; Daniel, já assisti show dele,o interessante é q ele tem um tom não muito elevado e nem muito baixo. Um tom exato e bem apoiado.
    Abs.
    É um craque, não, Marco?
    Abraço,
    Daniel

  • markito-Pi

    Grande Daniel. Matou a pau.
    Paulinho é mestre. Só grandes sambas.
    Quero apenas lembrar-te ( e o lembrete é pela metade…) que o Coisas do mundo…, disputou um Festival . Não me lembro qual( por isso só o meio lembrete), e foi defendida pelo Jair Rodrigues, ates que este descambasse para a porcaria. E, foi muito bem defendida.
    Uma obra prima de Paulinho.
    PS Não ganhou o festival.

  • Gisele

    Eu diria que o Paulinho é um artista daqueles em que a gente não consegue achar obra ruim. Mesmo os discos não tão famosos assim são de arrepiar.
    Estaremos com ele e a Velha Guarda no dia 17 no Rio.