Amigos, pelo jeito os deputados favoráveis à criação de um piso salarial nacional para policiais militares e bombeiros, como estabelece a proposta de emenda constitucional inicialmente denominada PEC-300, que, modificada, já virou PEC-300/446/2008, ou PEC 002/2010, não estão fazendo muita fé na “Comissão Especial Destinada a Analisar as Propostas de Emenda à Constituição que Versem sobre a Segurança Pública”, criada dias atrás pelo presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

Com 25 membros titulares e 25 suplentes, a comissão destina-se a “estudar” não apenas a PEC dos PMs e bombeiros, mas várias outras que se referem a delegados de polícia, a agentes penitenciários e até a guardas municipais – uma montanha de assuntos com diferentes impactos nos orçamentos da União, de Estados e municípios.

Ou seja, uma tarefa muito mais complexa e demorada do que a que reivindicam PMs e bombeiros de todo o país: que a Câmara simplesmente vote, em segundo turno, a emenda que já aprovou em julho do ano passado, pelo voto unânime dos 349 deputados presentes.

Se acreditassem, os deputados não continuariam apresentando requerimentos à Mesa da Câmara, presidida por Maia, para que o assunto seja colocado na Ordem do Dia para votação.

Só nesta semana, encaminharam requerimentos nesse sentido os deputados Efraim Filho (DEM-PB), Alfredo Sirkis (PV-RJ), Fábio Trad (PMDB-MS), Fábio Faria (PMN-RN), Pinto Itamaraty (PSDB-MA) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Entre deputados do governo e da oposição, mais de 50 já fizeram o mesmo desde a instalação dos trabalhos da Câmara, em janeiro.

Dia 31 próximo, PMs e bombeiros de todo o país estão sendo convocados pelas respectivas associações para estar em Brasília, quando a Câmara realizará audiência públic a sobre a PEC-300.

Tem havido manifestações de PMs e bombeiros, pacíficas, desarmads e maciças, em vários Estados brasileiros.

Os governadores, que em geral pretendem empurrar o assunto com a barriga devido ao aumento de despesas que a implantação da PEC significaria, estão publicamente se fingindo de mortos. No dia-a-dia, porém, vários vêm endurecendo medidas contra PMs e bombeiros que se mostram mais ativos na campanha pela emenda constitucional.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − um =

Nenhum comentário

oacil gomes da silva em 03 de junho de 2011

caros colegas, nos temos que lutar mesmo, vamos nessa essa e a unica oportunidade de melhor a nossa situaçao,se for *** **** **** **** **** **** **** ****so assim vamos conseguir alguma coisa. vamos lutar sem luta nao conseguimos nata. Caro Oacil, o blog não publica convocatórias do tipo que você fez. Mas tenho acompanhado de perto a votação da PEC-300 e os problemas de PMs e bombeiros. Veja links de textos recentes: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/pec-300-pms-e-bombeiros-de-todo-o-brasil-relatam-vidas-dramaticas/ http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/a-terrivel-ofensa-da-moca-assassinada-por-bandidos-namorar-um-pm/ http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/pec-300-deputados-continuam-querendo-votar-a-emenda-e-pms-e-bombeiros-de-todo-o-pais-se-mobilizam-para-estar-em-brasilia-no-fim-do-mes/ http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/pec-300-que-cria-piso-salarial-para-pms-e-bombeiros-pode-cair-em-buraco-negro-na-camara-dos-deputados/ http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/politicos-aplaudem-o-sargento-heroi-do-rio-mas-empurram-com-a-barriga-a-questao-salarial-de-pms-e-bombeiros/ Um abraço

MANA em 27 de maio de 2011

ESTÁ CHEGANDO A HORA! 31 de maio, marco na retomada da luta pela PEC 300. Contamos com você! 27.5.11 TUDO PRONTO PARA BRASÍLIA DIA 31 Tópico Fixo até dia 31 - Post novos abaixo: O Dia 31 de maio será bem movimentado na capital federal. A Audiência Pública da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) da Câmara dos Deputados que pretende discutir as PECs 300/08, 534/02, 308/04 e 549/06, projetos que tratam de melhorias para as carreiras policiais, está prevista para o dia 31 de maio de 2011, terça-feira, às 13h. No mesmo dia, será lançada a Frente Parlamentar em Defesa da PEC 300, sob a coordenação do Deputado Otoniel Lima (PRB/SP). Em razão disso, os parlamentares da Comissão sugeriram homenagear esta data como o “Dia da Valorização dos Profissionais da Segurança Pública”. Para o debate na audiência pública, serão convidados, entre outros, o Capitão Assumção, ex-deputado federal, líder do movimento pela aprovação PEC 300/08; Major Fábio, ex-deputado Federal e relator da proposta na Comissão Especial sobre o tema; e Paes de Lira, ex-deputado federal e 1ª vice-presidente da Comissão Especial da PEC 300/08, entre outros convidados, além da participação de policiais e bombeiros que devem encher o auditório. Grande Manifestação Policiais e bombeiros de todo o Brasil aproveitarão a data para a realização de uma grande mobilização em Brasília nos dias 31 de maio e 1 de junho. A concentração da manifestação está prevista para 10 h. do dia 31 de maio em frente a Catedral de Brasília. Sairá de lá rumo ao Congresso Nacional, interditando por tempo indetermindado, a principal avenida de Brasília, a explanada dos Ministérios. Convidamos os policiais e bombeiros a levarem suas camisetas da PEC 300 ou irem fardados, levando consigo bandeiras, faixas, apitos, cornetas, vuvuzelas, caixão, pneus, gasolina em garrafa pet e todos materiais necessários para a manifestação. Aprendemos com os estudantes e os sem-terra como protestar. Levem cópias de contra-cheques, fardas velhas, gorros, fotos dos deputados e governadores contra a PEC 300 para serem queimadas em uma grande fogueira no evento. Convidamos os irmãos da PMDF que estarão de folga para participarem de movimento junto conosco. Dia Seguinte A organização do movimento estipulará no local qual a agenda para o dia seguinte, dia 1 de junho. PEC 300 - Nós acreditamos! Sua Participação é importante!

Carla Lugão - Viana/ES em 17 de maio de 2011

Agora sei o porquê da não aprovação da PC300. Caso ela fosse aprovada o governo ofereceria dignidade a milhões de Brasileiros, civis e militares. Mas se ela for aprovada como nossos políticos vão triplicar seu patrimônio em 04 (quatro) anos?.

Carla Lugão em 16 de maio de 2011

Ricardo, bom dia! tem como você fazer uma matéria das esposas de Militares no Brasil e como somos reféns onde vivemos o medo constantes, principalmente quando ficamos sabenos de troca de tiros e muito mais.....

Carla Lugão em 16 de maio de 2011

Estamos na terceira semana de MAIO e passamos dos 50 assassinatos, podê? Ninguém investe em segurança pública

SD- Viana/ES em 13 de maio de 2011

A Bancada de Deputados Federais aqui no Espírito Santo (todo Brasil), só estão preocupados com as eleições de 2012, é só ler em jornais, revistas , sites , twitter e demais redes sociais, estamos com um problema serio de inflação e não vejo nenhuma ação dos nobres, a segurança agora só será tratada através de comissões – imagina se a moda pega e joguem a Educação e a Saúde também. Hum ai ais, mas me pergunto cadê o Ministério Público para acompanhar esta questão? Nada! Ontem fiquei horrorizado ao ler uma matéria exposta no Site do século diário www.seculodiario.com.br, o concurso do TJES esta todo comprometido – Fraude! Uma verdadeira vergonha e não se faz nada, que tal resolver estas maselas e dar o aumento de salário a quem realmente da o seu sangue. PC300 uma questão de Justiça

Otavio Augusto V. Marques em 12 de maio de 2011

Esses canalhas estão se fingindo de mortos,(os governadores)eles vão ver o que é bom pra tosse.

José Roberto em 10 de maio de 2011

Tenho fé que a PEC 300/446/2008, irá ser aprovado pela câmarados deputados no entanto é preocupante que alguns governadores sejam contra, aqui no Ceará todos os PMS estão mobilizados,não importa se seremos perseguidos por um governo que se diz socialista, que só pensa nos seus interesses políticos, esquecendo que a segurança do Estado está em nossas mãos,e que todos nós somos os verdadeiros guardiães da Sociedade Brasileira. Mas pergunto será que essa contrariedade, desses governantes é em razão de que nós ganhando um salário digno,lutaremos com maior força por uma justiça social em favor do nosso povo.

mana em 10 de maio de 2011

PARA QUEM PENSA QUE O MOVIMENTO NÃO ESTÁ ACONTECENDO, PODE REVER ESTA SUA CRENÇA: A COBRAPOL JÁ COMEÇOU E REFORÇA O ENGAJAMENTO DE TODOS OS SIDICATOS DOS POLICIAIS CIVIS DO BRASIL, ASSIM COMO VEM FAZENDO AS REPRESENTAÇÕES CLASSITAS DOS PM'S E BOMBEIROS. E OUTROS POLICIAIS INDEPENDENTES. O MOVIMENTO CRESCE A CADA DIA, E QUEM ESTAVA IMBERNADO NA CAVERNA DO DESÂNIMO, ACORDA COM DISPOSIÇÃO PARA BATALHA DE BRASÍLIA - 31.05.2011 - . LEIAM A REPORTAGEM RETIRADA DO SITE DA COBRAPOL: 09/05/11 - Mobilização Pró-PECs 446/300 Em meio à organização do XI Congresso Nacional da Confederação, o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, também trabalha na organização de uma mobilização no Congresso Nacional, dia 31 de maio, pela votação das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 446/300, que criam o Piso Salarial Nacional para os policiais civis, militares e bombeiros. A matéria foi aprovada em primeiro turno em votação na Câmara dos Deputados, no mês de março do ano passado. Além da participação de caravanas de policiais de todos os estados, a ação de convencimento dos parlamentares também vai contar com a participação de artistas de Brasília. “Estamos preparando uma série de atividades para esse dia, com o intuito de chamar a atenção não apenas dos parlamentares, mas também da imprensa e da sociedade”, afirmou Gandra. A data coincide com o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da PEC 300/08, na Câmara dos Deputados. No mesmo dia, será realizada audiência na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado para discutir a proposta que estabelece o piso nacional. Por Giselle do Valle Fonte: Imprensa Cobrapol – (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis) A HORA É ESSA – É AGORA OU NUNCA – VAMOS INVADIR BRASÍLIA Seria importante entrar em contato com o Soldado Almança do site: www.pec300.com.br que está organizando as caravanas dos PMs do Brasil. fernando.almansa@yahoo.com.br - Fone: (26) - 98850187; e também no blog do Capitão Assumção. É hora da união das policiais em busca do mesmo objetivo PEC 300/446 UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA! Um abraço!

julio batista em 10 de maio de 2011

Ricardo,bom dia!Eu,como policial,sei muito bem o que o Policial Militar esta passando com o salario que recebe hoje no estado do Rio de Janeiro.Profissão arriscada e salario baixo,interferem diretamente no psicologico de um homem.É triste ver que a mensalidade do colegio do seu filho esta atrasada, e você não ter nem previsão de poder pagar.É triste saber que o seu filho passa por humilhações na escola por ter suas mensalidades atrasadas.É esta a vida que eu passo com o salario que recebo.Tenho que trabalhar na folga em duas seguranças para poder ,ao menos, comer e abastecer o carro que possuo,ja que não posso andar de ônibus;pelo menos se quiser me manter vivo.A situação esta critica e as pessoas não sabem que o Policial tem uma vida extremamente diferente dos outros cidadãos.Não podemos fazer as coisas que outras pessoas fazem,nossos familiares tambem não.Temos que nos manter na clausura para não sermos identificados nem pelos nossos vizinhos,pois se formos,colocaremos em risco a maior riqueza que um homem com valores morais pode ter:a familia.Me privo de muitas coisas,entre elas,de estar com meus familiares quando estou de folga.Meu filho,infelizmente,jamais sera um Policial.Deus me livre ver quem eu tanto amo,tendo que passar pelo sofrimento que eu passo.As vezes a sociedade acha que é exagero nosso narrar estas coisas."Concordo".Mas só nós sabemos o que realmente acontece na nossa corporação.É amigo!Daria pra escrever um livro.A Policia sangra,enquanto se comenta em orçamentos bilionários para reforma do Maracanã.Politcos aprovam aumentos FARAÔNICOS em benefício próprio enquanto policiais "mendigam" por condições melhores para seus entes queridos.Até quando seremos vitimas desse "ódio" que a sociedade sente por nós?Porque a sociedade votou nos politicos que hoje nos impedem de ter direitos essenciais.Um deles, de ter condições basicas de manter nossas familias com dignidade.A familia do Policial não condições de se manter digna diante da miséria que recebemos como "salario".Dignidade que cito,é a de chegar em qualquer lugar de cabeça erguiuda e poder izer q

SD- Viana/ES em 10 de maio de 2011

Prezado Ricardo Setti, bom dia! Por que ninguém divulga o que esta acontecendo, alem de seu blog este assunto não existe, “estamos em outro planeta” não entendo? Esta provado que o Militarismo do jeito que é, não funciona. A policia esta pedindo socorro. Os deputados olham para um lado olham para outro e fingem que não é com ele o problema, e jogam para GOVERNADOR E DO PRESIDENTE, (mas o problema é de todos) e a imprensa?! dentro de um grupo seleto de jornalista só o Nobre Ricardo Setti comentando. Será que é o único que tem coragem, ousadia, culhão para falar do assunto. E os demais? ! Ou realmente estou errado e estamos realmente vivendo em berço esplendido conforme hino nacional. Não dá para entender, a imprensa só mostra os crimes, um assunto tão sério, não mostra porquê? Estamos sendo empurrados com barriga pelos Deputados – dotas as esferas, senadores, governadores e a Presidente. Que isto, cadê o investimento na Segurança Pública? Porque TODOS ignoram tanto este assunto. !? Impressa favor faz sua parte preciso da ajuda de vocês.

alexandre em 09 de maio de 2011

sabe por que nao se acaba com o militarismo nas policias do brasil.porque nao querem pagar:hora extra,adicioal noturno,insalubridade e risco de vida.sem falar sindicalimo e filiaçao partidaria e o voto. nas eleicoes todos estam viajando e estam fora do domicilio eleitoral.

alexandre em 09 de maio de 2011

no estados unidos toda estrutura policial trabalha nas ruas porque so exstem so quatro postos ,oficial de policia,sgt,ten e cap. e no brasil so quem fica nas ruas sao sd,cb e sgt. e onde ficam os outros:st,ten,cap,major,tencel e cel.

alexandre em 09 de maio de 2011

e uma atitude ousada do sr. tratar de um assunto que se mantem reprimidos pelos (pesseguidos da ditadura) . o brasil estar com uma estrutura de segurança publica totalmente destruida,ineficaz,obsoleta etc.nos em breve ficaremos iqual ao mexico dominados pelo narcotrafico e sequestros e chacinas.

Ulises Ozan em 09 de maio de 2011

Caro Ricardo Setti, saudações. Tá na cara que a comissão de segurança criada pelo governo na pessoa do presidente da câmara Marco Maia do pt é mais uma estratégia para que a Pec 300 caia no esquecimento,o plano agora é amontoar vários temas atrelados a segurança pública para que o mais importante que é a valorização do profissional que opera o sistema na ponta da linha (policiais e bombeiros) simplismente não aconteça. O problema real é que o governo em qualquer das suas instâncias, federal, estadual e municipal encara o aumento salarial de policiais e bombeiros como despesa e não como investimento.

SD- Viana/ES em 09 de maio de 2011

PEC 300/446 UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA! Ricardo Setti, mais uma vez MUITO OBRIGADA! Temos sim que lutar por melhores salários e condições de trabalho. Aqui no ES o reflexo da falta de investimentos em segurança pública está em vários sites: Estamos na segunda semana de MAIO e já passamos dos 42 ASSASSINATOS - http://www.sesp.es.gov.br/sitesesp/index.jsp http://www.seculodiario.com.br/ - No bico do revólver: Espírito Santo é vice-líder em mortes por arma de fogo no País. Acredito eu que infelizmente é uma triste realidade de nosso País

marcos veiga em 09 de maio de 2011

O QUE ROLA NA WEB POLICIAL: fonte: www.pec300.com.br/ QUE A VERDADE SEJA DITA ! PERSEGUIÇÃO AOS BLOGUEIROS POLICIAIS PELOS COMANDANTES. INFELIZMENTE, OS MILITARES QUE POSTAM SUAS MENSAGENS NOS PRINCIPAIS PORTAIS POLICIAIS, NA MAIORIA SÃO ANÔNIMOS, POIS SE REVELAREM SEUS NOMES, SERÃO RETALIADOS PELOS SEUS COMANDANTES, QUE SÓ SE PREOCUPAM EM PUNIR OS SEUS COMANDADOS E NÃO ESTÃO NEM AI POR SEGURANÇA. NÃO SABEM ELES SE A CLASSE CONQUISTAR AUMENTOS SALARIAIS, SEUS SALÁRIOS TAMBÉM AUMENTAM – QUE BURRICE! - MAS QUEM CONFIA NA VITÓRIA NÃO VAI MEDIR ESFORÇOS PARA ESTÁ EM BRASÍLIA NO DIA 31.05.2011. NÃO ESPEREM POR SEUS REPRESENTANTES CLASSISTAS E SINDICATOS. MOBILIZEM-SE ENTRE AQUELES QUE ACREDITAM. FAÇAM AS SUAS CARAVANAS, SE NÃO PUDEREM IR, COLABOREM COM AQUELES QUE PODERÃO ESTAR LÁ. VEJAM QUE HÁ OFICIAIS QUE QUEREM MUDANÇAS. VEJAM O CASO DO CAPITÃO ASSUMÇÃO, DO MAJOR FÁBIO, DO CEL. PAES E TANTOS OUTROS. NÃO DESEJO QUE NINGUÉM VIRE HERÓI/MÁRTIR NESTA CAUSA, QUE SAIA PREJUDICADO NISTO. NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE TEMOS GRANDES EXEMPLOS DE PESSOAS QUE REVOLUCIONARAM O PENSAMENTO DAS REGRAS CORRENTES: SÓCRATES, JESUS CRISTO, JOANA D’ARC, TIRADENTES, GANDHI, MARTIN LUTHER KING; E PESSOAS QUE NEM SE ENVOLVERAM NESTAS QUESTÕES SAÍRAM LUCRANDO SEM AO MENOS DEDICAR UM ESFORÇO SEQUER. O QUE QUERO DIZER É QUE AS PESSOAS COMO ESTES ACIMA CITADOS É QUE NÃO SE CONFORMARAM OU SE CONFORMAM COM AS INJUSTIÇAS E COM AS REGRAS COERCITIVAS E ERRADAS ESTABELECIDAS CONTRA A SOCIEDADE E CLASSES TRABALHADORAS. E, NO NOSSO CASO BRASILEIRO, EM NOSSAS REIVINDICAÇÕES, O PIOR É QUANDO ELEGEMOS PESSOAS PARA NOS REPRESENTAR NO CONGRESSO, ESSAS PESSOAS NOS VIRAM AS COSTAS. SEM MAIS DELONGAS, A PEC 300/446 É QUESTÃO DE JUSTIÇA PARA AQUELES QUE ENTENDEM E SABEM O QUE É ISTO. É UMA QUESTÃO DE DIGNIDADE HUMANA, E QUE AS OUTRAS CLASSES TRABALHADORAS TAMBÉM LUTEM PELOS SEUS DIREITOS. POR ISSO CONCLAMAMOS A TODOS: POLICIAIS CIVIS E MILITARES DA ATIVA E APOSENTADOS, FAMILIARES, SIMPATIZANTES, AMIGOS, COLEGAS, A FAZER COMO FIZEMOS NO 1° TURNO EM BRASÍLIA, ONDE MAIS DE 10 MIL POLICIAIS ESTIVERAM LÁ, FORÇANDO E EXIGINDO QUE A PEC FOSSE VOTADA E FOI. DA MESMA FORMA SERÁ NESTE SEGUNDO TURNO. DIA 31 DE MAIO DE 2011 VAMOS COLOCAR MAIS DE CINQUENTA MIL E MOSTRAR QUE OS POLICIAIS NÃO ESTÃO BRINCANDO. PARA QUEM ARRISCA A VIDA NO DIA A DIA, ENFRENTANDO BANDIDOS, RENEGANDO ÀS SUAS FAMÍLIAS À SEGUNDO PLANO, PARA DEFENDER A SOCIEDADE, E ATÉ MESMO AQUELES QUE ESTÃO NO CONGRESSO FAZENDO DE TUDO PARA NÃO APROVÁ-LA, NÃO VAI SE INTIMIDAR EM LUTAR PELOS SEUS DIREITOS. QUEM NÃO QUER PARTICIPAR NÃO CRITIQUE, NEM DESMOTIVEM OS QUE ESTÃO ENGAJADO NESTA PELEJA. NÃO UTILIZEM OS SITE,s E BLOG’s PEJORATIVAMENTE, MAS COMO UM INSTRUMENTOS, UM CANAL, UM PORTAL DE REIVINDICAÇÃO JUSTA E ORDEIRA, DE UNIÃO DAS CLASSES POLICIAIS, POIS UM BOM PROFESSOR É UM BOM PROFESSOR EM QUALQUER CANTO; ASSIM COMO UM BOM POLICIAL É UM BOM POLICIAL EM QUALQUER LUGAR, E NÃO DEVE HAVER DIFERENCIAÇÃO SALARIAL – ISTO É O PRINCÍPIO DA ISONOMIA SALARIAL – PARABENS AO ALMANÇA, PARABÉNS CAPITÃO ASSUMÇÃO, PARABÉNS MAJOR FÁBIO, PARABÉNS CEL. PAES, PARABÉNS GANDRA DA COBRAPOL DOS POLICIAIS CIVIS DO BRASIL, PARABÉNS A TODOS OS BLOGS POLICIAIS QUE DEFENDEM A CAUSA DA PEC 300/446 E DOS INTERESSES DA CLASSE. DIA 31.05.2011 ESTAREMOS EM BRASILIA. UM ABRAÇO A TODOS! PEC 300/446 UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

maria a. silva em 09 de maio de 2011

POR ISSO É HORA DE REFLEXÃO E APROVEITAR O MOMENTO: CUIDADO! PREZADOS POLICIAIS E SOCIEDADE DO BRASIL! ESSAS COMISSÕES DE SEGURANÇA CRIADAS PELO MARCO MAIA, SÃO ARMADILHAS PARA OFUSCAR A PEC 300/446. QUE É O OBJETIVO MAIOR, O FOCO DA NOSSA LUTA. A PEC 300/446 NÃO PRECISA MAIS DE NADA, SÓ A SUA PAUTA EM SEGUNDO TURNO. E ISSO NÃO VAI SAIR POR ESTAS COMISSÕES, FIQUEM CERTOS. POIS O MARCO MAIA APENAS ESTÁ CUMPRINDO DETERMINAÇÕES DE: MICHEL TEMER, DILMA, CÂNDIDO VACAREZZA, FERNANDO FERRO, E ALGUNS LÍDERES DE PARTIDOS (ALGOZES DECLARADOS DA PEC 300/446) SÓ A NOSSA PRESSÃO NO DIA 31 DE MAIO DE 2011 É QUE FORÇAREMOS A SUA PAUTA EM SEGUNDO TURNO. - ACREDITEM - SÃO MUITAS COMISSÕES DA SEGURANÇA. CHEGARÁ 2050 E ELES NÃO VÃO FAZER NADA. O MOVIMENTO TEM QUE PARTIR DE NÓS, POLICIAIS, CIVIS E MILITARES. ENTÃO, VAMOS NOS MOBILIZAR E INVADIR BRASÍLIA EM 31.05.2011. E MAIS: MOBILIZAÇÃO PELA APROVAÇÃO DA PEC 300/446 EM SEGUNDO TURNO - DIA 31.05.2011 EM BRASÍLIA.

Jones em 09 de maio de 2011

Muito bom, este é o papel da imprensa. Na hora do erro policial a imprensa cai em cima do fato, agora também é muito louvável a imprensa reportar esse tipo de matéria, porque o bom policial deve ser valorizado devido o alto risco, a complexidade do seu cargo e execericio da função periculosa. Parabéns VEJA. JONES PM-PR

Glaucio Moura em 08 de maio de 2011

CÁSSIO DA CUNHA LIMA, você é um ***** !

Glaucio Moura em 08 de maio de 2011

Primeiramente,agradeço-lhe por abordar este assunto,propositalmente esquecido por grande parte da imprenssa.Como policial civil,conheço as mazelas desta instituição,seus vícios,abusos,injustiças e acertos.Digo-lhe que é fundamental a melhoria de salários destes profissionais,bem como todo o treinamento policial,citado por um outro leitor.Acredito que sendo valorizado,num sentido amplo,além da questão salarial,este profissional apresentaria melhores resultados,imediatamente verificados na sociedade.Tenho certeza disso.Defendo punições severas aos policiais envolvidos em corrupção,mas não só aos policiais.Nós,o povo,deveríamos estar atentos aos atos do poder público,em todas as suas esferas.A corrupção em nosso país não é privilégio da polícia,infelizmente.Em uma análise sobre o assunto,acredito que a polícia é o resultado de uma equação que envolve os Três Poderes e a população brasileira.O resultado é inegavelmente o reflexo fiel da nossa sociedade.Ter uma polícia inoperante,mal paga,sem autoestima e sucateada serve aos interesses de muitas pessoas.Nenhum policial entrou para corporação sem que o Estado lhe permitisse,ratificasse essa vontade através de um concurso público.Quando entrei para a polícia deparei-me com coisas desagradáveis,mas nada se compara à covardia verificada na Câmara dos Deputados em relação a votação da PEC 300.É da vontade e do interesse do Estado Brasileiro manter uma polícia, em sua maioria,com profissionais medíocres.As pessoas que guiam os rumos da nação não permitem a melhoria na qualidade dos serviços prestados a sociedade brasileira.Verificamos isso em todas as áreas do Serviço Público.Seja na Educação ou na Saúde,Segurança ou Tranportes Públicos,recebemos as mesmas migalhas de sempre.É lamentável que a maioria das pessoas não sabe o motivo de sua miséria, ou pior ainda, não querem saber.Enquanto isso,assistimos a guerra de pobres contracenada diariamente nas favelas do Brasil.

Wagner Pedro de Oliveira em 08 de maio de 2011

a imprensa ja percebeu nossa força de mobilização

Bráulio César Garcia em 08 de maio de 2011

Muito boa reportagem! Os bravos guerreiros da segurança pública do Brasil somente lograrão êxito em melhorias salarias com a ajuda de reportagens como esta! A sociedade precisa voltar sua atenção àqueles que dão a vida ao saírem de casa para o trabalho por causa dela, a própria sociedade. Acredito que, embora tarde, ainda há tempo para os policiais e bombeiros terem uma vida mais digna, diante de uma justiça salarial. Um grande abraço e, mais uma vez, muito obrigado pela matéria!

FREITAS em 07 de maio de 2011

Caro Freitas, obrigado por sua visita, mas não publico comentários com convocatórias para greve de corporações armadas pelo Estado. Sei que você compreende. Abraços

gildo aparecido domiciano em 07 de maio de 2011

quero agradecer ao nobre jornalista, pelo apoio a nossa causa,as PMS E BMS,E PC, merecem um salario digno e justo.meu muito obrigado. CB PM RR GILDO

Tito em 07 de maio de 2011

Caro Tito, obrigado pelo segundo link que me enviou. Vou estudar o assunto com interesse. Um abração

André Luiz em 07 de maio de 2011

É verdade caro Setti. Os Governadores estão, de fato, endurecendo as medidas contra os PMs e Bombeiros que se mobilizam. No Rio de janeiro o Maj PM Alexandre, que tem um blog sobre assuntos policiais ja soma mais de 30 dias de prisão. O Cap BM Lauro Botto, que teve 13 mil votos para deputado federal, na oposição ao atual governador ja foi movimentado mais de 6 vezes nos ultimos 3 anos, mesmo o regulamento dizendo qu o tempo minimo de parmanencia em um quartel deve ser de 2 anos, além do mesmo ja ter amargado uns 17 dias de prisão; SGT BM Valdelei, frequentou junto com Cap Lauro, quase todas as caravanas para Brasília pressionar o Camara para cumprir seu regimento e votar a PEC300 e atualmente este denunciado em um IPM por motim e etc, alem de contabilizar dezenas de dias de prisão. Parece que esse indivíduos, na visão so Estado, são o que há de mais perigoso nas corporações. Seus crimes? Querer dignidade e melhorias da profissão!

Tito em 07 de maio de 2011

Caro Tito, desculpe o atraso na resposta e obrigado pelo link que você me passou sobre a questão da remuneração das FFAA. Vou estudar o assunto com interesse. Um abração

Jefferson em 07 de maio de 2011

Nao concordo que salario das PM`S devem ser o mesmo do DF. O que defendo, é que deva haver um piso minimo nacional. Exigir um salario igual ao de Brasilia, fere a autonomia dos Estado, ja garantidos na CF/88. Piso minimo de R$ 3.500,00 para praças e R$ 7.000,00 para oficiais, ja seria um grande avanço.Acima disso cada estado, teria automia para admistrar de acordo com suas capacidades financeiras. Sugiro ainda, que a Lei de responsabilidade fiscal, seja modificada, deixando os servidores da segurança publica fora do teto maximo de gasto com pagamento de salarios.

Marco Balbi em 07 de maio de 2011

Agradeço a atenção e as observações!

Carla Lugao / Viana-ES em 06 de maio de 2011

Nobre Ricardo Setti, Boa Noite!! Fico feliz por mais esta matéria, concordo que os salários têm que ser um piso geral, igual aos PRF, e demais categorias afinal todos respondem por um mesmo |Regulamento Disciplinar da Policia Militar| RDPM/Estado. E só porque estou no ES mereço receber mais, ou melhor, de quem esta em Minas Gerais, sendo que a obrigação responsabilidade é a mesma? Espero confiante na questão da PC300/446

CÁSSIO DA CUNHA LIMA em 06 de maio de 2011

essa pec 300 já está dando dor de cabeça, gente esqueçam isso, pois os deputados federais e senadores não estão nem ai... vão estudar para serem alguém na vida!!

Marco Balbi em 06 de maio de 2011

Desde que você começou a postar esse assunto no blog tinha vontade de escrever sobre o ele. Penso que a discussão do mesmo está totalmente equivocada e a pura e simples reinvidicação de uma aumento salarial, na verdade uma equiparação aos valores auferidos pelos profissionais do Distrito Federal, não me parece ser o cerne da questão. Vários aspectos profissionais dos policiais civis e militares, assim como dos bombeiros devem ser considerados e até mesmo exigidos para que as Forças tenham realmente o seu profissionalismo reconhecido e adequadamente remunerado. A primeira coisa a ser feita seria definição do perfil profissiográfico ou das competências que eles precisam ter na atualidade. O conjunto da sociedade, através dos poderes executivo e legislativo deveria defini-lo. Em função do perfil que se quer do profissional estabelecer-se-á o processo de seleção adequado e, principalmente, a formação que deverão receber nas respesctivas escolas para atender àqueles perfis estabelecidos. O processo ensino-aprendizagem hoje em dia é dinâmico e um programa de adestramento permanente, cursos de especialização em diversas áreas, cursos de extensão etc deverão ser previstos, inclusive nas próprias unidades ou delegacias onde estiverem alocados. Nenhum deles deve assumir o serviço sem receber antes um briefing com os elementos de inteligência e de operações, os quais manterão um permanente estudo de situação da área sob sua responsabilidade. O ponto crucial, o sistema de trabalho, a escala, tem que ser modificada. O sistema 24x48 ou 72 é um sistema "me engana que eu gosto". Ninguém consegue permanecer atuante, por um período mais ou menos longo, 24 horas sem descanso. E, quando saem para o descanso, cumprem, quase sempre, o "bico". Ao retornar o profissional para o seu turno de trabalho está naturalmente cansado e vai permanecer mais 24 horas eficaz, eficiente? Minha proposta seria o turno normal de trabalho de 8 horas, com pagamento de hora extra, toda a vez que se fizer necessário. Assim, se a guarnição estiver atendendo uma ocorrência, não vai abandoná-la porque terminou o seu expediente. Prossegue e aquelas hora dedicadas ao atendimento serão computadas como hora extra. E o Estado paga, nós cidadãos pagamos com os nossos impostos. Mas, certamente teremos uma polícia mais eficiente. Não sei se me alonguei, mas permaneço à disposição para outras observações a respeito do assunto. Caro Marco, muito obrigado por sua contribuição. E não se preocupe sobre ter-se ou não estendido demais -- não foi demais, não, suas observações são muito úteis. Mas acredito que você não tenha lido vários outros posts que escrevi sobre o assunto. Não sou obviamente um especialista, mas insisti, mais de uma vez, em vários dos itens que você traz ao debate -- falei em formação dos profissionais, em aperfeiçoamento, em plano de carreira, e, também, em avaliação de desempenho, além de temas como equipamentos e outros. Sei perfeitamente que o problema de PMs e bombeiros, bem como policiais civis, não se resolve apenas com salário digno. Sempre que você quiser comentar a respeito, terei o máximo prazer em publicar. Um abração

Dawran Numida em 06 de maio de 2011

Mas, por que colocar os salários indexados aos salários do DF? Por que não por méritos do policial e do bombeiro. Se forem falar em piso, o valor pode ser muito alto para algumas unidades da Federação. Se for teto, pode ser injusto para policiais e bombeiros que poderiam receber muito mais por méritos.

Murilo Gonçalves Filho em 06 de maio de 2011

Infelizmente nossos governadores não estão preparados para lidar com uma questão tão séria quanto a segurança pública, enquanto ficam fazendo ouvido de mercador, abandonando os agentes da segurança, o povo vai sendo trucidado nas mãos dos bandidos no pais inteiro.

Tito em 06 de maio de 2011

Setti, Tenho que elogiar a atuação das Forças Auxiliares que nunca deixaram o Congresso e a mídia esquecer da PEC 300. São unidos e sabem fazer lobby. Já as Forças Armadas deixaram cair no esquecimento a PEC 249, que como pode-se ver pelo número, foi apresentada antes.Essa PEC trata da remuneração das FFAA e foi nela que se baseou a PEC 300. E o pior, agora também tem a PEC 352, já que a primeira não vinga, que estabelece que a remuneração das FFAA não pode ser inferior a das Forças Auxiliares. Ou seja, pega carona na PEC 300. Se não me engano, o salário das FFAA só é maior do que o da PM do Rio. Você sabia disso? Um grande abraço Não, caro Tito, eu não sabia e vou me informar sobre o assunto. Se você quiser me ajudaria, eu aceitaria que me proporcionasse a tabela de soldos básicos do Exército e, se não for muito trabalhoso, como se dão os acréscimos ao longo da carreira. Quando você puder. Um abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI