Image
Delúbio autografa os CDs e os livreto distribuídos no “ato de desagravo”: e os direitos autorais? (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Será que o Delúbio Soares está pagando direitos autorais para utilizar o clássico Águas de Março, de Tom Jobim, na interpretação do grande compositor e de Elis Regina (que você pode rever no vídeo abaixo), num CD que está distribuindo?

Como já contei em outro post, o homem apontado pela procuradoria-geral da República como tesoureiro do mensalão ora em julgamento pelo Supremo Tribunal foi objeto de ato de desagrado, vejam vocês, patrocinado pela CUT e em plena sede da Prefeitura de Guarulhos (SP), governada pelo PT.

Ele aproveitou o evento, conforme está narrado pela reportagem da Folha.com mencionada no post, para distribuir um CD interativo e um livreto de 80 páginas com a cópia de sua defesa e citações de Ruy Barbosa.

O CD tem tiragem de 10 mil exemplares e reúne artigos, fotos e links para videoclipes de suas músicas preferidas, uma eclética seleção que inclui o magnífico Águas de Março com Tom e Elis e composições como É o Amor, de Zezé di Camargo e Luciano.

O livrinho sai com tiragem de 20 mil exemplares, bancados por “companheiros petistas” não identificados e com os logotipos de dois escritórios de advocacia.

Veja e ouça a maravilha interpretada por Tom e Elis. Será que Delúbio pagou ou vai pagar direitos autorais sobre a obra?

httpv://www.youtube.com/watch?v=srfP2JlH6ls

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

9 Comentários

Saulo em 13 de outubro de 2011

Vergonhosa e desrespeitosa humilhação. Um tiro no peito da moralidade já tão fraca. Isso é um verdadeiro absurdo, estão pisando e rindo do coração dos brasileiros. Não basta praticar a coisa, a coisa tem que ser praticada seguida de sadismo e demonstrações de poder.

Legis em 07 de outubro de 2011

Alguém poderia assistir ao vídeo no endereço http://www.youtube.com/watch?v=cHu8M37qZqg&feature=player_embedded#! e me dizer o que está acontecendo com a nossa presidente? A entrevista com o reporter português está +- no meio da gravação.

Corinthians em 07 de outubro de 2011

Bom, além disso, da onde veio o dinheiro para a tiragem dos CDs (que envolve claro além de material o trabalho de quem montou o conteúdo) ? Será que Valério emprestou ?

Think tank em 07 de outubro de 2011

Todos sabem que estes são piratas assaltantes do erário nacional, comparado ao montante até agora desviados por este "tesoureiro" da gangue do MENSALÃO-2005, o que está ai fazendo com obras alheias não chaga ser nem tira gosto. Esta gangue chegou ao poder saqueando os cofres dos sindicatos, saqueia o erário, e ai está distribuindo autógrafos graças ao STF farsesco.

João Paulo em 06 de outubro de 2011

Muitas vezes me surpreendo com tais comentários ou citações maldosas como essa que acabo de ler. Não vejo porque pagar direitos autorais de vídeos que estão postado no youteb. Da mesma forma pergunto sem ofender, quem pagou os direitos autorais desse vídeo postado no seu artigo. Você ou a veja?

Estêvão Zizzi em 06 de outubro de 2011

É pau, é pedra, é o fim do caminho É um resto de toco, é um pouco sozinho É o fundo do poço, é o fim do caminho A música serve bem de carapuça a essa dantesca encenação. www.linhadiretadoconsumidor.com

Tuco em 06 de outubro de 2011

. Pertinentes as dúvidas e colocações contidas neste tópico - esse é o Grande RSetti! Mas há algo que me incomoda: quem foi o demente que teve a ideia de formatar algo tão sem nexo para desagravar um outro demente? Músicas, poesias, fotos e a defesa técnica de um processo que faz os maiores e mais formidáveis bandidos assemelharem-se a coroinhas? .

Reynaldo-BH em 06 de outubro de 2011

Não foi o Delúbio que foi classificado pelos advogados de defesa como um "homem pobre e probo"? Seria esta a razão de impedir a presença da imprensa no evento? Afinal homens com este perfil são geralmente tímidos. Dez mil CD´s é um investimento considerável. Se bem que a desculpa dos "amigos" deve estar na ponta da língua. Direito autoral? Delúbio não sabe sequer o que venha a ser. Misturar "autor" com "direito" deve assombrar ele e Zé Dirceu. Além da multa de misturar Antonio Brasileiro de Almeida Jobim com os garotos-propaganda do tempero que "leva amor". De Delúbio, tudo pode ser esperado. Até mesmo nada.

Lucia s. em 06 de outubro de 2011

Provavelmente, não. Se for possível (e para petistas sempre é) ele passa a mãozinha esperta no dinheiro que vier. Um santo, o rapaz. Com certeza será, como todos os anteriores, beatificado no nosso magnífico supremo...

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI