Image
Crise brava na Espanha: até a famos silhueta do touro emagreceu

Amigos, esta piada circula pela Web na Espanha e é reveladora da situação de crise por que passa o país, com economia paralisada, 22,5% de taxa de desemprego e passando por um brutal processo de ajuste para baixar a dívida pública, diminuir despesas com juros e recuperar a credibilidade dos investidores.

Diz a piada:

Se você é um aposentado ou está prestes a aposentar-se e o governo diz que não há jeito de lhe financiar casa própria, o que você deve fazer?

Com nosso plano, todo cidadão de mais de 65 anos terá um revólver e quatro balas.

Será permitido que você atire contra quatro políticos, o que não implica na necessidade de matá-los.

Naturalmente, isso o mandará para a prisão, onde terá três refeições por dia, um teto, calefação central, visita íntima uma vez por semana e todos os cuidados médicos que forem necessários.

Novos dentes? Dito e feito.

Óculos? Beleza.

Prótese de quadril ou de joelhos, um rim novo, coração?

Tudo coberto.

E teus filhos poderão visitá-lo com a mesma frequência com que fazem agora.

E quem pagará por tudo isso? O mesmo governo que lhe disse que não tinha condições de lhe proporcionar um teto.

Por outro lado, de agora em diante você será um presidiário — razão pela qual não terá mais que pagar impostos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =

Nenhum comentário

Ailton em 10 de março de 2012

Caro Ariel, se meia dúzia estados agissem com lealdade e honestidade em seus registros de homicídios, fatalmente o nosso estado(Bahia) figuraria em 12º, uma vez que em 2010 eramos o 4º mais violento e hoje já somos o sétimo. apesar de toda maquiagem que 'fazem por aí'.

Ailton em 10 de março de 2012

Amigo Ariel; dizer que a Bahia é o estado mais violento do Brasil, é no minimo, para se considerar uma extrema desinformação. um dia meu caro, já fomos o 18° estado mais violento, porém, posição só foi conseguida com muitos dados falsos, com adulterações e com muita omissão de registros, até punições para delegados eram distruibuidas a quem ousassem a descumprir ordens do governo do PFL/DEM e PDSB, naqueles dias, os delegados eram orientados a não registrar assassinatos em seus dominios, tal como acontece em muitos estado nesse momento, Rio de Janeiro também agia dessa forma na era Garotinho e Garotinha, dizia o casal, que era para não prejudicar o turismo, o mesmo pensamento nosso caudilho/alcaide tinha, o que não deixava de ser uma bravata, já que o estado da Bahia com o seus numeros maquiados só recebia 1,4 milhões de turistas em média anuais, e hoje, mesmo com números reais e atualizados, recebe 4.2 milhões de turistas em período igual, assim distribuidos: nacionais(3,1 milhões) e estrangeiros(1,1 milhão). Meu nobre, não fosse os estados com os seus dados maquiados, só para dar uma falsa impressão de segurança, fatalmente o estado da BAHIA estaria entre o 12ª , quiça, 15ª dos mais violentos, uma pena que estados ainda usem desse expediente, um bom exemplo é o Estado de São Paulo, TV Band mostrou que delegacia não registrara seis casos de mortes violentas, imagine em âmbito estadual? Se estados adotassem números reais, fatalmente o estado da Bahia estaria nesse momento bem abaixo dessa 7ª posição hoje, so estamos em sétimo das posições dos mais violentos, devido dados omitidos por cinco ou seis estadois, vide Minas, la o Anastasia abriu os registros de mortes para as estatisticas, e rapidamente seu estado (das Minas Gerais) subiu no ranking dos mais violentos, a ponto de ser noticia em todos canais de TVs do Brasil. "Maquiagem" meu caro, é querer tapar o sol com a peneira, hoje o estado(Bahia) faz todos os registros de suas ocorrencias criminais, e o bom desse atitude adotada pelo governador petista, é que, ainda em 2009, eramos o 4° mais violento, E JÁ NO ANO DE 2010, somos, com todos os registros atualizados, o 7°, e tendencia é descermos ainda mais nessa nefasta estatística, uma vez que a população se cuida mais e não se tornam presas fáceis para marginais. Outros estados mais violentos que a Bahia. MINAS GERAIS e a máquiada SÃO PAULO As Minas governada pelos tucanos descambou em violencia, hoje mesmo(01/03/12) as redes de TVs: Globo/SBT/Record, comentaram sobre o estado viver essa onda de crimes, a violencia nas Minas Gerais tucana, segundo reportagens, davam conta que, atualmente morrem 8 pessoas todos os dias(em média) no estado do Aécio, hoje meu caro, a Bahia DIMINUI as estatisticas, depois da era PT, estado passou a registrar todos os casos a envolver crimes em suas delegacias, diferente de muitos estados, onde maquiaram dados e passaram a oculpar ultimos lugares, esses estados deixram de abrir B.Os para crimes contra a pessoa. Exemplo maior é São Paulo, éele é um desses estados usar numeros subvencionados à realidade dos fatos, a propria TVBand, na pessoa do excelente jornalista Fábio panunzio, descobriu que só a 19ªDP possuia seis casos de assassinatos sem os seus devidos B.Os(boletim de ocorrencia). fico a pensar se reporter, um garimpeiro incansável da verdade, encontrou esses seis assassinato sem registros, por acaso, e como não devria ser nas demais delegacias de policia? Vemos que crimes notórios e publicos(aqueles que TVs e jornais divulgam) aumentaram considderavelmente em matéria jornalísticas, como não deveria ser os crimes a envolver anonimos? Trste não?

tico tico em 20 de fevereiro de 2012

Acho é pouco para a Espanha, Grécia, Itália, França, e Portugal. Os indolentes da europa. Toda generalização é perigosa e preconceituosa, caro Tico Tico. A Itália, por exemplo, tem enorme força criadora em áreas como arte, design, moda, cosméticos, automóveis, produtos alimentícios, bebidas finas, indústria naval, tecnologia aeronáutica e militar etc. A França, a mesma coisa, em campos similiares, sendo que sua indústria aeronáutica e bélica são de qualidade extraordinária e de grande avanço tecnológico -- não vejo qualquer indolência ali, e, sim, um Estado exageradamente gordo e metido na vida das pessoas, tradição da monarquia absolutista e da era napoleônica de que a V República não se livrou. E por aí vai. Abrs

Ariel em 19 de fevereiro de 2012

Os espanhóis que fiquem espertos. Nós somos bonzinhos mas matamos 50 mil pessoas por ano(são duas guerras do Iraque por ano), ademais, a Bahia é um dos Estados mais violentos.

Ailton em 18 de fevereiro de 2012

Bahia começa a receber hordas de espanhóis fugidos da sua crise doméstica. Chegou a hora de 'devolver' todo o 'carinho' como eles recebiam os brasileiros fugidos da catastrofe que foi o governo tucano da década de noventa, porém nos bahianos somos outro tipo de seres humanos a habitar o planeta. . TRATAMENTO DISPENSADO A BRASILEIROS EM MADRI OU OUTRA CIDADE QUALQUER DE ESPANHA. 24 hs presos em anti-salas sem água, sem comida e muitas humilhações, xingamentos, cusparadas nas refeições entregues aos brasileiros barrados nos aeroportos espanhóis.(que sejamos duros porém mais educados que esses animais quem matam outros animais em arenas de touros, só para diversão de uma multidão de doentes e sádicos. Que o Brasil esteja pronto para dar o mesmo tratamento VIP aos refugiados hispânicos que aqui chegam. No ano passado a Bahia expulsou 18 que chegaram em nosso aeroporto, expulsamos com outros requintes, diferente dos que dispensam a brasilerios que desembarcaram por lá ou seja, só os deixamos 24 hs presos em anti-salas, com muita água gelada e fartura de comida e não cuspimos na comida deles, afinal bahiano não é nenhum animal e alem do mais, estamos um pouco a frente deles no quesito desenvolvimento humano. Com esse tipo de gente, tem que ser 'olho por olho' só na expulsão, não nas torturas e humilhação pessoais, estamos muito a frente de espanhóis, (não tiro a razão dos americanos não gostarem deles) A Bahia abriga uma colonia de 350 mil hispânicos e rei de Espanha sabe muito bem disso, o Juan Carlos de Bourbon esteve aqui e foi recebido por sua gente que no passado, realizara essa diaspora ruma a minha Bahia, dispora ocorreu ainda na decada de oitenta, Juan Carlos sabe que seus patricios somam-se a 350 mil em terras bahianas era vir para a Bahia ou morrer de fome por lá. A Bahia é um estado de cultura universal, ela conhece e respeita a cultura do mundo inteiro, graças aos 4.20 milhões de turistas que nos visitam anualmente, porém, não toleramos preconceitos e tratamos da mesmoa forma, quem tratam os brasileiros com preconceitos e idéias de inferioridade com a nossa gente brasileira em terras de quem visitam e espanha é campeãm em preconceito contra os brasileiros. Não queremos esse tipo de gente por aqui!! eles que se dirijam ao combalido Estados Unidos. Estamos de olho.

wilson em 18 de fevereiro de 2012

A piada espanhola pode muito bem ser adaptada ao Brasil, é só o cidadão não dizer que fez escola paga, não ter renda, não dizer ter plano de saúde. etc tudo que o estado tem que fazer e finge que faz.

JT em 17 de fevereiro de 2012

Caro Setti, sumi um pouco dos comentários mas sempre que possível visito seu blog. Ocorre que o tempo disponível para ler e escrever está se tornando um artigo de luxo para mim. Sinceramente, Marina, espero que a economia brasileira tenha capacidade de absorver a mão de obra desenvolvida dos espanhóis, e que o pêndulo dessa história não nos traia lá na frente. Os mais inteligentes são sempre aqueles que interrompem certos tratamentos indignos. Acabo de escrever um artigo que resgata um trabalho muito interessante sobre os arcos do triunfo. O Arco de Tito em Roma é outro grande exemplo de que o mundo gira, lentamente, mas gira: "O Arco de Tito, imperador romano que ocupou Jerusalém no ano de 67, foi construído e decorado com mármore no ano de 81 depois de Cristo. Localiza-se no centro histórico de Roma, no monte Capitolino, e contém símbolos do judaísmo, cujos seguidores se recusaram a passar sob a obra até 1948, ano de criação no novo estado de Israel." Ou seja, tal arco remete ao triunfo de Tito na data de sua construção, e ao triunfo dos judeus libertos, dois milênios depois! Mais a respeito no link a seguir (compreendo se não for possível publicar): http://www.jeantosetto.com/2012/02/arco.html Abraços!

marina silva em 17 de fevereiro de 2012

JT,14:12,sugiro o principio da reciprocidade com vossa colega espanhola,avisa a senhora para deixar de fazer a LISTA(esperta,malandra)e primeiro entrar na fila da burocracia para pedir homologaçao de titulo de estudo no ministério da educaçao dai porque sem isso ela nao é nem analfabeta porque nao tem como comprovar grau de instruçao.Estive aqui na Espanha 3 anos a espera que me homologassem um titulo,durante esse periodo tive que fazer FAXINA porque nao conseguia comprovar nivel de escolaridade.Depois disso a senhora que se diz arquiteta(porque sem titulo homolgado ela pode dizer o que quiser até que é filha do rei Juan Carlos)precisa de permissao de residencia e de trabalho que sao coisas distintas pode se ter um e nao se conseguir o outro.Por favor avise a seus amigos para retribuirem a essa gente o tratamento dado ao profissional de curso superior dado aqui,ou seja,NAO GOSTAMOS DE ESTRANGEIROS SUL AMERICANOS,reciprocidade neles BRASIL PARA OS BRASILEIROS,por favor fiquem por aí a resolver vossos problemas!

Marcondes Witt em 16 de fevereiro de 2012

Como já dito por outros comentaristas, a piada tem uma grande verdade por trás.

Varlice em 16 de fevereiro de 2012

Esse estratagema espanhol se aplica perfeitamente aos aposentados brasileiros.

JT em 16 de fevereiro de 2012

Participo de uma comunidade de arquitetos numa rede social e há alguns dias apareceu uma arquiteta espanhola pedindo emprego em algum escritório brasileiro. Ela foi muito bem recebida pelos colegas de profissão, que se não arranjaram um emprego para ela, lhe deram valiosas dicas para se colocar no mercado. Não escrevi nada nesse tópico, mas fiquei imaginando se fosse o contrário, há cerca de vinte anos. Como uma arquiteta brasileira seria recebida na Espanha? Não me atrevo a responder... Mas o mundo dá voltas, mesmo. Caro Jean, o que você relata sobre pessoas de sua profissão ocorre em maior número entre engenheiros. Há um afluxo de engenheiros espanhóis, de boa qualificação, procurando emprego no Brasil. Abração e... volte sempre. Você andava meio sumido.

Tuco em 16 de fevereiro de 2012

. Há sempre uma grande verdade, numa piada. .

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI