Apesar de ter deixado o poder, é inevitável falar, e falar muito, em Lula.

Impressionante a arrogância, mesmo que possa ter sido involuntária, contida na frase que deixou escapar em sua última entrevista como presidente:

— Eu temo que tenha pouco a aprender depois de deixar a Presidência. Isso aqui é pós-graduação na quinta potência.

Quem gosta, só deixa de aprender quando morre.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

Nenhum comentário

Jota em 18 de janeiro de 2011

Só mesmo alguém com pouquíssima escolaridade e ego hiperinflado é capaz de dizer uma coisa tosca e tola como essa. Quanto mais se aprende, mais se descobre que menos se sabe e que falta ainda muito mais a aprender. "Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância." - Aparício Torelli, o "Barão de Itararé", humorista gaúcho (1895/1971)

terezinha v do carmo em 18 de janeiro de 2011

VAI VER Q ELE SE REFERE A OUTRO TIPO DE APRENDIZADO KKKKKK

fpenin em 18 de janeiro de 2011

Setti´, César Maia trouxe à cena política os factoides. Lula, os fecaloides...

Rosa Maria Pacini em 17 de janeiro de 2011

Se nós estamos nesta vida, como eu creio, para aprender e evoluir cada vez mais como seres humanos, essa frase do Lula me faz pensar que ele está dando por encerrada sua trajetória terrena. Será que ele sabe disso? rsrsrs. Falando sério, com tanta arrogância e prepotência, aliás características dos verdadeiros pobres de espírito,ele tem muito que aprender, mas só o fará através do sofrimento e da dor. Esse aí não aprende de outro jeito!!!

Marco em 17 de janeiro de 2011

É. Lula saiu da miséria, mas a miséria nunca sairá de Lula. E a ignorância é a maior miséria que há.

Joe em 17 de janeiro de 2011

Como diz um amigo, "A sua [do Lula] ausência preenche uma grande lacuna."

Wagner em 17 de janeiro de 2011

Dizem que ignorância é uma bênção, no nosso caso, uma maldição. Que se perpetuou com um presidente analfabeto e agora uma mulher que mentiu sobre seus títulos

RitaZ em 17 de janeiro de 2011

Oi setti! Ótimo te ler novamente, que grande prazer em sempre aprender com você. Quanto ao falecido, não foi involuntário não, é pura soberba. Estarei por aquí, na moita. Abs, Rita Oi, Rita, que legal você aparecer de novo! Sempre simpática, sempre gentil. Obrigado pelas boas vindas. Um abração.

Nilo em 17 de janeiro de 2011

Ricardo, estas asneiras são ditas motivadas pelo efeito elítico, cachaça mesmo! E se este arruaceiro não trabalhou quando fazia baderna nas portas das empresas e levando empregados simplórios ao desemprego, agora que o cachaceiro ficou milionário não vai ler nem manchete de jornal, o que para ele já era muito difícil.

JT em 17 de janeiro de 2011

Acabo de ler um livro de Marco Túlio Cícero, escrito há quase 2.100 anos, intitulado "Saber Envelhecer", baseado em sua experiência de vida. Cícero era um renomado advogado romano, de brilhante atuação política ainda no tempo da república, que passou seus últimos dias de vida ESTUDANDO.

Telma em 17 de janeiro de 2011

Pois na mente deturpada dessa criatura, sua declaração é de um poço de humildade. Dele, que é caso de psiquiatria, não espero nada além disso. Mas, repito, só chegou onde chegou porque teve seu ego inflado pelos exploradores de plantão,que em função de apoiarem essa nojenta criatura, tiveram seus bônus políticos prorrogados por uma nação convenientemente mantida na ignorância .

gaúcha indignada em 17 de janeiro de 2011

Este analfabeto funcional, assim como todos os seus "cumpanheiros", eu não suporto mais....

Juju em 17 de janeiro de 2011

Pobre Lula...julga-se um Deus e não passa de um pobre diabo que, muito embora tenha tido todas as oportunidades do mundo para engrandecer sua cultura e sua visão de mundo, saiu da Presidência menor do que entrou...alguém que nunca valorizou a educação, a cultura e que, infelizmente, descobrimos, no apagar das luzes de seu mandato, que o que realmente queria era se locupletar das benesses que o cargo de Presidente pode oferecer, fato este provado pela escandalosa distribuição ilegal de passaportes especiais para toda a família da Silva...lamentável! No caso dele, a Presidência não funcionou como pós-graduação na "quinta potência" de jeito nenhum...funcionou, isso sim, como catalisador para fazer explodir seu já mal contido narcisismo e megalomania, características estas que, de tão exageradas, no final das contas, passaram a ser risíveis de tão ridículas.. Obrigado pela visita e pelo comentário, Juju, e mais ainda por sua atuação durante minhas férias. Um abração

Luiz Wood em 17 de janeiro de 2011

Desculpe: doutorado. rsrs (Faça correção, se possível. Grato)

Luiz Wood em 17 de janeiro de 2011

E tão despreparado, que ficou na pós, quando deveria ter ido adiante e falado em mestrado ou talvez doutorado. Isso jamais faria, pois exige mais estudo.

Hugo Leandro Venturini em 17 de janeiro de 2011

Concordo em gênero, número e grau.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI