Image
Câmeras de vigilância tendo ao fundo a torre do venerando Big Ben, em Londres: o Reino Unido é recordista mundial nesse terreno (Foto: news.bbc.co.uk)

Existem 4,2 milhões de câmeras de vigilância em ruas e outros locais públicos do Reino Unido – Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

O total significa uma câmera para cada 14 habitantes e representa um quinto de todos os dispositivos de vigilância desse tipo em operação no mundo.

Em média, cada habitante do Reino Unido é filmado 300 vezes por dia.

Image
Um dos centros de monitoramento em Londres: organizações de direitos civis reclamam de abusos, como a instalação em banheiros de escolas (Foto: guardian.co.uk)

O país é considerado o mais vigiado por câmeras no mundo — e exageros intoleráveis, sobretudo para a libertária sociedade britânica, como a recente revelação, feita pelo jornal The Guardian, de que, para prevenir e combater vandalismo e assédio sexual, 207 escolas instalaram 825 câmeras em banheiros e vestuários, estão sendo combatidos por manifestações de protesto e ações na Justiça por várias organizações de direitos civis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + catorze =

Nenhum comentário

Cézar em 20 de fevereiro de 2013

As cidades brasileiras também são.Inclusive as prais do Rio, Natal, Recife, Salvador.Até onde sei tem sido útil pra coibir o velho fetiche de transar no mar.

Roberto em 14 de fevereiro de 2013

E eu que fiquei impressionado quando soube que na cidade do RJ a policia tinha ja cerca de 1000 cameras distribuidas pela cidade!! A seguranca maxima dos cidadaos sera a desculpa que os governos darao para nos vigiar 24 horas por dia...alguem se lembra das teletelas de 1984.... Seguranca maxima eh sinonimo de escravidao maxima. Pessoalmente eu prefiro passar certos riscos do que viver monitorado para sempre!!

Bruno em 10 de fevereiro de 2013

Sim, há um excesso de câmeras, e crescendo. Mas, quando um assaltante te aborda, você prefere que ele seja filmado e depois identificado, ou não? E quando um vãndalo destrói patrimônio público ou privado, você prefere que ele seja apanhado ou não? Cabe a nós não permitir que a tecnologia seja utilizada para perseguir pessoas de bem. E é bom nos acostumarmos às câmeras, pois vieram para ficar, e estão cada vez menores e mais baratas.

Marco em 02 de fevereiro de 2013

Don Setti;É uma das poucas tribunas q acredita e se importa q os cidadãos sejam realmente livres. D qualquer coação de grupos políticos e corporativista. Os outros morrem d medo e diz amém com louvação para qualquer doutrinador social. É o caso aqui da RBS, principalmente da mulherada, em relação ao LF Veríssimo. Mas vamos em frente... Isso é para poucos, principalmente os q não tem medo de popularidade ou de ser odiado. É para macho na concepção da palavra. E claro q não tenha medo d prejuízo tb. Escrever para o corporativismo é o q dá mais dinheiro nesse país, Se fica milionário rapidinho e com todas as garantias. Abs.

Marco em 02 de fevereiro de 2013

Don Setti; Outras coisa urgente q tu tem q apoiar ou criar, depois q o PT se instalou no governo. Para vencer esse corporativismo cão, a criação e representação dessas organizações civis, por enquanto os únicos q ainda tem esse senso, são tu, o Nunes e o Reinaldo. Acho q vcs tem q começar esse movimento. Aqui! Abs. Grande Marco, é sua amizade que me faz ficar com o que não tenho -- essa bola toda que você descreve. Mas, desta pequena tribuna, farei o possível. Abraço

Marco em 02 de fevereiro de 2013

Don Setti; Concordo, é muito querer ver, para não dizer estranho. Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI