RESULTADO DA ENQUETE: Nossos leitores querem mudanças na política. E já está no ar uma nova consulta

Proposta de reforma do PSDB, que inclui mandato de 5 anos e exclui reeleição foi aprovada por leitores do blog

A proposta de reforma divulgada pelo PSDB, que inclui mandato de 5 anos para presidente, governadores e prefeitos e exclui a reeleição, foi aprovada por leitores do blog

Depois das manifestações que tiveram início em junho deste ano, muita gente ficou esperançosa. Aqui mesmo no blog percebemos que nossos leitores são otimistas quanto ao resultados das manifestações na solução de problemas brasileiros: 70% acha que mudanças boas advêm daí.

Uma das coisas que resultou disso foi a confusa promessa da presidente Dilma de impulsionar uma reforma política, inicialmente na forma de uma constituinte, que depois virou plebiscito e que, de toda forma, vem amadurecendo no Congresso e na sociedade.

Muitos são os palpites e sugestões do que deve ser mudado, e o PSDB divulgou há dias sua própria proposta de reforma, que inclui mandato de 5 anos e fim da reeleição.

Foi aí que perguntamos aos leitores: O que você acha do item da reforma política proposta pelo PSDB, que inclui um mandato de cinco anos e o fim da reeleição para os cargos de presidente da República, governadores e prefeitos?

O resultado é algo óbvio: a mudança é desejada.

* 60% (2.038 votos) disseram que sim, são favoráveis;

* 18% (612 Votos) são favoráveis ao fim da reeleição, mas não concordam com mandato de 5 anos;

* 3%, (85 Votos) são favoráveis ao mandato de cinco anos, mas continuam a favor da reeleição;

* 5% (170 votos) são contra o projeto do PSDB;

* 13% (434 votos) acham que deve ficar tudo como está; e

* 2% (52 votos) não sabem o que pensar a respeito.

Foram, no total, 3.392 votos.

Agora , em nova enquete que já está no ar, no lugar usual, à direita desta coluna, queremos saber o seguinte:

Diante do que aconteceu no STF nos últimos dias, com a negação de embargos de declaração para mensaleiros como Delúbio Soares, você acha, que no final, o bando vai mesmo para a cadeia?

Votem na nova enquete, aí ao lado, e não deixem de comentar aqui mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + dezoito =

Nenhum comentário

  • Lol Mongol

    Sou a favor de abolir a ideia de reeleição, mas isso deveria valer também para os mandatos do Legislativo também, para evitar que as pessoas façam da política uma carreira, e tentar garantir uma renovação das ideias que tramitam no governo.

  • Roberto

    Fico preocupado quando o juiz é muito educado, normalmente dão habeas corpus para todo o tipo de criminosos, quando juiz ri o povo chora.

  • Edson Martins - Dom Pedri - RS

    Caro Ricardo
    Tenho medo, mas também tenho esperança que estes PTralhas vão para cadeia.

  • JR Santana

    Caro Ricardo
    Off topic, ma non troppo …
    Senti falta da republicação, em seu blog, da excelente coluna na última Veja de meu colega de Paulistano, o brilhante JR Guzzo,
    Ou fui eu que perdi?

    Deixei o grande, imenso Guzzo para amanhã, sábado. Você sabe, Santana, que curiosamente muitos leitores do blog não lêem a revista? Então é possível fazer isso. E o Guzzo enriquece o sábado, que é um dia morno.
    Um abração

  • diogo

    Além da proposta do psdb,entendo que deve haver o fim da reeleição em todos os três poderes,que os salários dos políticos não podem ser votados por eles próprios e que estes salários deveriam ser reduzidos à 1/3 do que é hoje com corte total de qualquer ajuda extra,enfim que eles recebam seus salários e pagam suas despesas como qualquer cidadão,que eles entrem para o INSS também como qualquer cidadão

  • Luiz Paulo Laureano

    Pelo fim da reeleição e pela redução do mandato de 4 para 3 anos. Pela aplicação do federalismo clássico, com autonomia de facto para os estados da federação, pelo estabelecimento de partidos políticos a nível local sem necessidade de existência destes a nível federal, pelo estabelecimento do voto distrital e da substituição do presidencialismo pelo parlamentarismo republicano. Fim dos impostos, do assistencialismo público, fim do funcionalismo público.