RESULTADO DA ENQUETE: os leitores do blog não concordam com a exumação do corpo do ex-presidente João Goulart

Presidente Dilma e a viúva, Maria Teresa Goulart, depositam flores sobre o caixão recém-exumado do ex-presidente João Goulart (Foto: Beto Nociti / Futura Press)

A presidente Dilma e a viúva, Maria Teresa Goulart, depositam flores sobre o caixão contendo os restos mortais recém-exumados do ex-presidente João Goulart
(Foto: Beto Nociti / Futura Press)

Perguntamos aos nossos leitores: O corpo do ex-presidente João Goulart, morto em 1976, foi exumado para a Polícia Federal determinar se sua morte foi natural ou se ele foi assassinado. Você concorda com esse procedimento?

A esmagadora maioria dos leitores respondeu que NÃO — (75%, ou 2420 votos), não concordam com a exumação.

Nos comentários, percebemos que o motivo de tamanha contrariedade não é o ato em si, nem mesmo que a maioria seja contra à busca da verdade, mas a utilização de dinheiro público e a politização do ato, a exploração da exumação como suposto ato de campanha eleitoral para a presidente Dilma e, ainda, mas não menos importante: a suspeita de que a mise-en-scène, o teatro todo, seja apenas para tentar mudar o foco da prisão de mensaleiros condenados.

Apenas 22%, ou 705 votos concordam com o procedimento.

3%, 86 votos, não souberam responder.

Votaram na enquete 3.213 leitores do blog.

Agora, está no ar uma nova enquete. Queremos saber: condenados à cadeia por causa do mensalão, José Genoino, com problemas cardíacos, e Roberto Jefferson, com câncer de pâncreas, poderão solicitar indulto à presidente Dilma. Vocês acham que…

A nova enquete está ali ao lado, vote e deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − cinco =

12 Comentários

  • Jayme Guedes

    É triste, Setti. A tributação de quase 40% do PIB é toda absorvida pela competição cruel entre o desperdício provocado pela incompetência, de um lado, e os desvios provocados pela corrupção, de outro. Essa é a única verdade a ser enfrentada mas o eleitor permite ter a atenção desviada para a busca de outras “verdades” que são do interesse dos que são eleitos pela irresponsabilidade da maioria.

  • R Q

    O que isso vai mudar na nossa história ?? Os especialistas e historiadores dizem que Jango era alcoólatra e tinha maus hábitos alimentares. Se perde tempo e dinheiro nesse país.

  • me

    Ah, nem vou responder a enquete.
    A Junta Médica da UnB já deu seu laudo: Genoíno não tem problemas cardíacos graves e nem precisa ficar em domicílio. Vida normal.
    Sobre Jefferson também quem decide é Junta Médica.

  • Roberta

    A exploração política da exumação é vergonhosa…

  • AlexRio

    Eu ficaria muito surpreso se concordassem tendo a orientação ideologica de direita que a grande maioria tem…

  • João Gobert

    AlexRio: explique, por favor, o que a discordância geral tem a ver com ideologia. Recursos públicos de vulto foram gastos na politização do ato. Será que qualquer família que suspeite ter tido um parente morto por assassinato em vez de
    morte natural teria o mesmo tratamento do Governo? OK…se é necessário investigar, tudo bem, mas o aparato político e o estardalhaço em torno da exumação foram desnecessários e ofensivos. Ponto. Ideologia é um conceito amplo e controverso demais para ser reduzido a apenas direita, centro e esquerda.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    AlexRio:
    Realmente outro resultado é que seria supreedente.
    Coloca supreedente nisso!
    Abração
    Pedro Luiz

  • nena

    Sobre a exumação de Jango: só interessa ao PT, que não procura a verdade como apregoam, mas achar um cristo para crucificar. Se o laudo afirmar que houve envenamento a credibilidade já está comprometida pois ninguém, a não ser o zé mané, acredita nos laudos e dossiês apresentados pelo pt. O histórico é comprometedor e o diabo está pegando.
    Segunda enquete: o caso do Jefferson parece ser diferente do do genoíno; ele comprovadamente está doente.

  • Corinthians

    AlexRio – 26/11/2013 às 23:10
    A grande maioria tem uma “orientação ideológica” tão de direita que contamos mais de 10 anos com um partido pseudo-esquerdista incompetente no poder…
    Essa maioria é lamentável.
    Assim como verificar que o fato de se justificar o gasto de dinheiro público e a ausência de uma junta isenta com isso seja “opção ideológica”… se a matemática é uma “orientação de direita” então sou direitista com orgulho.

  • AlexRio

    Corinthians – 27/11/2013 às 8:51
    Creio que não entendeu o que pra mim era obvio: ” a grande maioria …. que comenta aqui”. Sds.

    Não tenho nenhuma duvida que vc é direitista com orgulho de se-lo. Não há na verdade, nenhum mal nisso. O mal está na vilania da direita com reação a qualquer coisa feita pela esquerda. Sds.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    AlexRio:
    De pleno acordo!
    Abração
    Pedro Luiz

  • Corinthians

    AlexRio – 27/11/2013 às 14:28
    Bom, portanto, posso ser considerado um vilão, pois sempre que vejo situações absurdas como essa, com uma junta formada com médicos oriundos de uma ditadura e submissos à uma orientação ideológica atrasada e parada no tempo, utilizando de dinheiro público para tanto sem elencar de maneira transparente as evidências que causam a suspeita, eu devo ser muito malvado mesmo – por que vou continuar a criticar.
    Seja exumação, seja Petrobrás, sejam obras que não saem do papel…