Image
Ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que sumiu do Brasil diante do cerco que se apertava em seu pescoço, agora virou “patrono” da entidade (Foto: Wilton Junior / AE)

Não há limites para a insânia, dizia o grande jornalista Geraldo Mayrink.

Não bastasse tudo o que o futebol tem de desorganizado, de anti-profissional, de desmoralizado e de podre em matéria de dirigentes, vem essa assembléia da CBF, presidida por um cartola de segundo time e um ex-político de terceiro — o carcomido ex-vice-governador biônico de São Paulo, José Maria Marín –, e coloca a folha corrida do homem que fez e aconteceu na entidade durante 23 anos como seu “patrono”.

E aclamado pela unanimidade das 23 federações de futebol existentes!

Não, “neste país” não há limites também para a falta de vergonha na cara.

LEIA AQUI SOBRE AS DIFICULDADES DO CARTOLA COM A LEI:

Corda aperta no pescoço do cartola Ricardo Teixeira. Sua derrocada, finalmente, está próxima

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dez =

Nenhum comentário

Ebaggio em 17 de abril de 2012

Conto que a classe"C" politize-se para que tenhamos um levante com uma boa quantidade de brasileiros, condição básica para virar esse jogo que a sociedade está perdendo de 10 x 0.

Vera Scheidemann em 17 de abril de 2012

São notícias assim que fazem a gente desanimar e achar que o Brasil não tem jeito mesmo... pelo menos nos próximos cem anos. Vera

ze do matogrosso em 16 de abril de 2012

não devemos estranhar, pois este é o retrato fiel de nossos dirigentes entranhados em todos os nichos do poder...podridão absoluta...pobre Brasil...

Titus Petronius em 16 de abril de 2012

O Brasil tem uma larga tradição de patronos malfeitores. As escolas de samba do Rio tornaram vários deles celebridades nacionais.

carlos nascimento em 16 de abril de 2012

Vejo que acabou a paciência do RS com os vigaristas, acaba de expressar em preto e branco o verdadeiro conceito desses vermes. Seja bem vindo ao clube dos indignados. OBRIGADO por extravasar e deixar tudo às claras. O grande problema da nossa chamada "democracia" é a IMPUNIDADE, que deixa esses vagabundos à solta, para zombar da nossa paciência. Quando será que o poder Judiciário vai providenciar algemas para esses meliantes ? Já passou da hora.

Tuco em 16 de abril de 2012

. Grande RSetti! Não entendi... O Nobre e Notável Jornalista pode ser mais claro neste tópico? Será que precisa, mesmo, Tuco? O homem sumiu do Brasil para fugir do cerco legal que sofre! .

Roberto em 16 de abril de 2012

Caro Setti, só para lembrar, esse senhor é também "afilhado" queridíssimo de um certo Paulo, que foi prefeito e governador de Sao Paulo e atualmente, não ousa sair do Brasil para não ser preso pela Polinter em nada menos de 186 países.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI