Seria hilariante, se não fosse triste, esse caso do rombo de 23 milhões de reais que apareceu, vejam vocês, justamente em uma associação de juízes, a Ajufer (Associação dos Juízes Federais da 1ª região, com sede em Brasília. A 1ª região da Justiça Federal abrange o Distrito Federal e 13 Estados, inclusive o segundo maior do país, Minas Gerais).

O rombo decorre de empréstimos fictícios que, lançando mão irregularmente dos nomes e dados fiscais de 235 juízes federais, a entidade realizou com outra que reúne funcionários do Estado, a Associação de Poupança e Empréstimo (Poupex), entidade que se define como “um produto” da Fundação Habitacional do Exército, que por sua vez é vinculada ao Exército Brasileiro (veja site).

Se isso ocorre em uma associação de juízes federais, valha-nos Deus, não é mesmo? Seria o caso, como diz a canção inesquecível do compositor Chico Buarque, de chamar o ladrão…

Para inteirar-se de forma mais completa sobre o caso, vale consultar reportagem do excelente site Consultor Jurídico. Notem a ação firme da ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça e corregedora do Conselho Nacional de Justiça, cuja recente entrevista a VEJA transcrevi no post e mereceu um grande número de elogios à magistrada.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =

Nenhum comentário

Klauss Barbaier em 31 de março de 2014

Não publico ofensas e insultos contra quem quer que seja.

CARITA CAMARGO em 04 de fevereiro de 2012

Desmascarar essa cambada de caras-de-pau, precisou exisitir essa sargentona. Parabéns, Doutora Eliana Calmon, nós brasileiros aplaudimos de pé a sua coragem de travar essa verdadeira batalha no Judiciário, mostrando para o Brasil que podemos fazer um Brasil digno de justiça, atacando o mais alto escalão da corrupção brasileira. Não perca a fé, lute sempre.

CARITA CAMARGO em 04 de fevereiro de 2012

Parabéns queridíssima Ministra Eliana Calmon, seu trabalho foi extraordinário para o país. Continua sendo perseverante e corajosa no desempenho de suas funções públicas. Fico feliz em saber que nesse meio medíocre e podre da "corrupção" tem pessoa trabalhadora séria como você. Bandidagem de juízes tem que ser combatida. Mais uma vez parabéns pelo seu trabalho. Que Deus te proteja muito em sua caminhada.

Denio de Oliveira Quadros em 02 de fevereiro de 2012

Então este é o motivo que são empossados às custas do presidente??????Um ditado não tão velho de JK para nossos tempos. TODO POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE.E o porto de CUBA, como fica???????

CARLOS HENRIQUE SIQUEIRA em 02 de janeiro de 2012

Apoio ao CNJ e à Ministra ELIANA CALMON e Equipe... (repassando) Amigas e amigos, Estamos diante de um dos mais significativos momentos da história da Democracia deste país e parece que poucos estão percebendo isto, explico: Trava-se uma verdadeira batalha no Judiciário, pois pela primeira, repito, pela PRIMEIRA VEZ neste país varonil, alguém ousa investigar toda a SUJEIRA que há por debaixo deste tapete chamado Judiciário. Este poder que sempre foi, dos 3 que temos, o intocável. O CNJ, através de uma corajosa Corregedora, Ministra, Dra. Eliana Calmon, vem descobrindo as históricas sujeiras deste poder, em todas as suas esferas, inclusive dos mais altos magistrados da mais alta corte do país, e a reação vem então de forma avassaladora. Quando o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) começa a tornar público o resultado de suas investigações das diversas instancias do Judiciário, a mais alta corte, o Supremo, e as associações de juízes, reagem e querem CALAR a boca desta, que representa até então, a mais inteligente iniciativa para extirpar este Cancer de nossa sociedade, a corrupção, os abusos de poder, a impunidade, e a morosidade do Judiciário deste país. Eu não tenho dúvidas que, ao lado da EDUCAÇÃO, a JUSTIÇA, ambas com os piores predicados que poderíamos ter, são a FONTE PRIMEIRA e todos os demais males neste país. Um povo, uma sociedade que tem sua EDUCAÇÃO deficitária e sua JUSTIÇA lenta e corrupta, JAMAIS, repito, jamais, alcançará a Democracia plena e seu Desenvolvimento Social e economico pleno. Não adianta Copa do mundo, Olimpíadas, Pré Sal, balança comercial forte, nada disto, pois pelo contrário, ao ficar mais rico, ficaremos mais DESIGUALITÁRIOS, claro, pois esta riqueza adicional será acumulada por poucos. Simples assim: Sem EDUCAÇÃO e JUSTIÇA plenas, não há desenvovimento social sustentável. Será que ainda temos dúvidas sobre isto? E mais, não adianta ir às ruas, como vimos fazendo, para combater a corrupção, combater o excesso de carga tributária, combater a falta de segurança, porque estes problemas são sintomas, são consequencias, são efeitos do mal maior, dos "cânceres" a EDUCAÇÃO e JUSTIÇA deficitárias. Logo, proponho uma verdadeira enxurrada de mensagens e posts para APOIAR a CORAGEM do CNJ através da Ministra Dra. ELIANA CALMON e sua Equipe, pois ela representa a nossa voz para iniciarmos a eliminação deste cancer, JUDICIÁRIO LENTO e CORRUPTO. Façamos a nossa parte pois do contrário, assim como a juiza Patricia Acioli foi ASSASSINADA no Rio por policiais que estavam sendo investigados por ela, mais uma mulher de CORAGEM será "assassinada" neste país, só que de uma maneira muito mais letal, será assassinada, calada, pelos Juízes. Quem os julgará? Façamos barulho. Façamos nossa parte em apoio ao CNJ e a Dra. ELIANA CALMON.

Hermes Magnus em 26 de dezembro de 2011

Não ha como confiar na Justiça brasileira. Se alguem esta pensando fazer uma denuncia tomem cuidado, o conteudo podera cair nas mãos do denunciado. Especialmente se confiar na PF ou MP, nao posso afirmar se isso ocorre em todos os estados, mas RS e PR sim... O MPF me parece ainda isento, mas tenho minhas duvidas. No caso dos juizes isso bem mais nojento e tem muito bode mal lapidado aliciando juizes por ai a fora e introduzindo os na network dos politicos. Os militares no passado davam "barretes" e mimos diversos para inflar o ego dos civis e assim aliciá-los. Algumas lojas aliciam figuras do poder com iniciações por telefone... Realmente tem bode por traz da corrupção na magistratura, vergonhosamente.'.

Hermes Magnus em 26 de dezembro de 2011

O triste e que a quadrilha que governa o país fala em justica o tempo todo, disso e daquilo. A inclusão deles e na base do bolsa esmolas. No kit de sobrevivencia do PT deveria ter o vale Justiça, pois a classe menos favorecida jamais tera acesso as lojas maçonicas de ocasião ou outras networks privilegiadas que levam a alguma Justiça . Os litigantes sem dinheiro jamais serão visto da mesma maneira que é visto aquele litigante que pode ter seu Juiz de aluguel.... Isso sim que é ditadura.

Hermes Magnus em 25 de dezembro de 2011

Caro Ricardo Setti, fico Feliz com o levante da Dra. Eliana Calmon. Infelizmente tenho meus motivos para acreditar que será uma luta ingloria. Eu farei a minha parte, estou finalizando um dossie com nomes de juizes, delegados, policiais federais, politicos e promotores de algumas comarcas, prevaricadores e bandidos de toga, nomes que chegaram aos meus ouvidos quando um braço do mensalão tentou lavar dinheiro em uma empresa minha. Dossie completo com gravacões etc será encaminhado para diversas entidades, inclusive AVAZ ... Tudo para a perfeita ilustracao da minha teoria que parte do judiciario tambem teve ou talvez ainda tenha seu mensalão! Grande abraço.

Mariazinh em 23 de dezembro de 2011

E o que os presidentes das Associações de Classe da juizada TEM A DIZER? Acho que nada, basta analisar as expressõe faciais deles, famosos "caras-de-pau" Parabéns Ministra, o Brasil esta com vc, a MENTIRA tem perna curta. Só os BODES PRETOS é que apoiam estes pilantras da Suprema Corte, que agiram como ladrão na calada da noite. Deus o abençôe e ilumine !

Beatriz em 23 de dezembro de 2011

"Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão"... Há muitos anos atrás eu confiava ficar frente a frente a um magistrado e relatar fatos (denuncias)... Hoje? De maneira alguma! E se ele for o chefe da quadrilha????

ilda maria lopes em 19 de dezembro de 2011

Parabens ELIANA CALMOM,SEJA FORTE DEUS ESTA COM VOCE O MUNDO TEM QUE MUDAR AS INSTITUIL]ÇOES FALIARAM PELA GANANCIA DE ALGUNS ESQUECEM QUE NADA SE LEVA SO A HONRAM

jairo cesar locatelli em 06 de novembro de 2011

NOBRE MINISTRA PARABENS POR TER ESTA CORRGEM DE MOSTRAR AO BRASIL A VERDADEIRA REALIDADE DOS QUE OCUPAM AS FUNÇOES ,CARGOS ETC ETC , NAO DESISTA A SENHORA ESTA FALANDO POR MAIS DE 90 POR CENTO DOS BRASILEIROS QUE NAO TEM OPORTUNIDADE DE FALAR ESTAS VERDADES PARA A ELITE QUE SÓ QUER TIRAR LUCROS FINANCEIROS ESCRAVISANDO OS BRASILEIROS QUE NAO TEM NO MINIMO 03 REFEIÇOES POR DIA ,CAFÉ ,ALMOÇO ,E JANTA

José Maria Pereira em 14 de maio de 2011

SENHOR PRESIDENTE DA APRAFA, A COISA TA TÃO FEIA QUE SERIA MELHOR SOLTAR TODOS OS PRESOS DAS CADEIAS DO BRASIL. FALANDO SÉRIO JUIZES FEDERAIS ROUBANDO O DINHEIRO DOS MILITARES DO EXÉRCITO BRASILEIRO, QUE GANHA TÃO POUCO PARA ARISCAR SUAS VIDAS NO HAITI NO MORRO DO ALEMÃO RIO DE JANEIRO-RJ. SENDO QUE OS JUIZES FEDERAIS GANHAM MUITO BEM E AINDA TEM CORAGEM TE ROUBAR O DINHEIRO DO POUPEX. O DILMA TENHA COMANDO NO BRASIL. DA UM REAJUSTE BOM PARA OS MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS QUE NÃO SOBRA DINHEIRO PARA ESTES JUÍZES FEDERAIS LADRÕES ROUBAREM. SALVE A DEMOCRACIA BRASILEIRA.

jorge de freitas em 01 de fevereiro de 2011

Prezado Setti o que nos espanta e nos envergonha é que esses mesmos juízes estão julgando processos imobiliários de militares contra a POUPEX. Como confiar num julgamento sem isenção se há comprometimento financeiro da AJUFER, associação desses magistrados com a POUPEX. Como a POUPEX, rigorosa nos seus empréstimos pode desde 2002 facilitar esses empréstimos sem conferir os dados dos juízes e os contratos firmados. Parece história de gente pequena sem compromisso com a verdade e respeito às instituições e associados. Afinal, o rombo é grande, e cheira a crime financeiro contra o patrimônio público.

DESEMBARGADOR TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA em 31 de janeiro de 2011

O Termo "Desembargador ou, e, Ministros" é de origem do Centenário Tribunal da Santa Inquisição, pois qual seria a surpresa com nossos Juízes/Desembargadores/Ministros? ERASMO SELVAGEM BRASILEIRO DE ROTERDAN - 30/01/2011 às 10:48 Lamento discordar com o conteúdo do texto: “avidez por dinheiro público ofende a memória de Joaquim José da Silva Xavier”, isso só seria verdade se não existissem Documentos Oficiais mostrando exatamente o contrário, ou seja a nossa História, de Caio Prado e outros Famosos Escritores, é um Perjúrio, só!! Existem duas Cartas Denúncia nos Autos MG/RJ, escritas em cada uma destas Colônias, pelo CORONEL SILVÉRIO DOS REIS, mas denunciando o DESEMBARGADOR TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA. Leiam As Cartas Chilenas (se não tiverem tempo e acesso aos Autos), o personagem “Ribério” é (aparece também no Poema “Marília” ou “Mar/ilha” o destino dos exilados) o pseudônimo de Tiradentes (pois todos os Personagens são pseudônimos de alguém vivo a ativo naqueles instantes), entenderão o Nosso Perjúrio Nacional (aliás um Decreto de 1937 do Tirano Vargas o tornou heroi, precisava de demagogia servir de tapa-olhos). Os dois personagens principais (são o próprio Autor da Obra, Cláudio Manuel da Costa) são, quem narra a “Estória” condizendo com a História, Doroteu (“dor-o-teu) e Critilo (de criticar, quem faz as críticas sobre as pessoas e a Sociedade Colonial portuguesa no aqui). ABRAÇÃO.

Siará Grande em 31 de janeiro de 2011

Em compensação, vem CPMF por aí. O povo que elegeu este governo merece.

Tito Livio Bereta Bereta em 31 de janeiro de 2011

Caro Setti Essa questão de justiça é tão antiga quanto a humanidade. E não menos importante. Há um lívro bíblico cujo nome é JUÍZES. E há a citação bíblica sobre justiça: "Bem aventurados os que tem sede de justiça, pois eles serão saciados". Pergunto: -Quando? No Brasil o processo é moroso. Vestiu-se a toga da inatacabilidade. Qualquer coisa que se diga a um policial, delegado, meirinho ou juiz é desacato a autoridade! Atacados somos nós, que recolhemos impostos que pagam os salários, muitos altíssimos, desse pessoal que é pago para nos prestar serviços e prestar contas. Talvez esteja no dna do brasileiro o desejo de dar carteiradas. Viver no lixão embota a capacidade de sentir o cheiro da podridão. Ou, pela necessidade, acostuma-se a ele. Continue gritando, já que tem nas mãos o veículo. Algum dia será ouvido. Algum dia nossos ouvidos terão a cera removida e se dará início a uma revolução neste país. Não de armas, mas de idéias.Assim começam as grandes marchas, sempre pelo primeiro passo.

Esron Vieira em 31 de janeiro de 2011

O que falta é coragem de raros magistrados que são dignos da função que ocupam. Ou será que a maioria é digna, porém medrosa e omissa? Uma associação é o literal espelho de seus integrantes. Um rombo desta magnitude, reflete a corrupção e incompetencia dos associados.

duduvieira em 30 de janeiro de 2011

..Meu prezado Sr. Setti: Não sei o motivo de seu espanto meu caro!!..Elmenentar meu caro Setti.. esse é o país da sacanagem!. Aberrações acontecem nas barbas do profeta.. Não sabia??!! sds.

Jose Figueredo em 30 de janeiro de 2011

Se o EXEMPLO vem de cima,valha-nos Deus aqui embaixo.

Marco em 30 de janeiro de 2011

Caro R. Setti; Não entendi o teu espanto com essa licenciosidade, com sua risada oca e quase infantil, Chico ressoaria uma nova canção: roubar e poupar é a esperança de alguns monumentos intelectuais... Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI