A principal manchete da Agência Brasil, da estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC), às 18:03 horas do dia 12 de março de 2012 rezava o seguinte: “Juros para pessoa física recuam e atingem a menor taxa dos últimos 17 anos”.

Parecia uma maravilha, uma comemoração da agência oficial de comunicação para um grande feito do governo do PT.

Logo em seguida, vinha o texto de abertura da reportagem:

“Fevereiro foi o terceiro mês seguido de queda. O índice foi 6,33%, uma queda de 1,09% sobre o resultado registrado em janeiro (6,4%). Isso equivale a uma taxa de 108,87% ao ano, a menor da série histórica, iniciada em 1995 pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade”.

Ou seja, embora realmente esteja ocorrendo uma baixa significativa nas taxas de juros, a agência está praticamente celebrando os juros ao consumidor ainda escandalosamente escorchantes, absurdos, espantosos — os mais altos do mundo –, que devoram a poupança dos brasileiros e escravizam milhões de pessoas a pagamentos mensais intermináveis e mais do que dobram o preço original do produto ou serviço adquirido.

Haja paciência com “este país”.

A íntegra da reportagem está aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =

Nenhum comentário

Corinthians em 13 de março de 2012

É o custo Brasil. Isso é o que pagamos por não ter uma infraestrutura decente. Por não termos leis tributárias e trabalhistas decentes. Enfim por não termos um governo decente. E preparem-se: A inflação deve voltar se o BC continuar agindo assim.

Joe em 12 de março de 2012

Prezado Setti, há algum tempo eu estava em um congresso internacional e o colega de um pequeno país desenvolvido disse-me que em sua terra a taxa de juros do cartão de crédito girava em torno de 18% a.a., perguntando-me quanto era no Brasil. Eu disse que era de mais ou menos 12% e, para não assustá-lo muito, esperei um pouco para completar: AO MÊS, mais ou menos 290% a.a.!!!! Quando vi os olhos esbugalhados dele, não sabia se ria daquela cara de espanto, ou se chorava de vergonha. Vexame completo.

ze do matogrosso em 12 de março de 2012

"vou às compras" disse minha vizinha, recentemente promovida à classe emergente pelo lulopetismo, ao tempo que somava os valores de inumeros carnês...

Marco em 12 de março de 2012

Amigo Setti: Te afirmo com certeza, em várias empresas q trabalhei, se comemorava muito um exercicío contábil, com uma margem de lucro de 7% a 20% a.a. Te pergunto, rentabildade maior q essa só o Governo Sindical do Lula, para os seus funcionários súditos e privados como as Universidades Federais, q sem nenhum risco de Investimento, tiveram aumento de salários de mais de 150% aa. Com todas garantias e privilégios. Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI