Em janeiro de 2015, primeiro mês do segundo mandato do governo Dilma Rousseff, comentei no programa “Aqui Entre Nós” da TVEJA a inacreditável opção da presidente por culpar fatores externos  – queda no preço das commodities, alterações do clima e outros – como motivos da crise brasileira e sua a falta de ação.

“Continua aquele clima de melancolia”, disse. “Não parece um governo alçando voo para mais quatro anos. Parece um governo capengando, aos trancos e barrancos”.

Também apontei as dissonâncias no próprio PT com as políticas econômicas de Dilma, citando críticas públicas feitas por gente como José Dirceu, e o descontentamento travestido de silêncio de Lula diante do caos. “Se o Brasil desandar, o Lula vai se dissociar deste governo”, opinei.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 18 =

TWITTER DO SETTI