Image
Berlusconi e a declaração racista: “Milão não será nunca uma ‘ciganópolis’ árabe”

Amigos, daqui a pouco se saberá o resultado de importantes e simbólicas eleições em Milão, capital econômica da Itália, e em Nápoles, as duas principais cidades cujos governos estão sendo escolhidos em votação de segundo turno iniciada ontem.

Uma possível derrota para a esquerda será complicada para Silvio Berlusconi, o bilionário primeiro-ministro de direita nascido em Milão, sede de seus principais negócios e há 20 anos governa.

Ele se empenhou a fundo no pleito, apoiando a prefeita conservadora Letizia Moratti a ponto de se colocar, ele próprio, na cabeça da lista de candidatos a vereadores de se partido, Povo da Liberdade (PDL), e bater duro nos rivais, com declarações racistas como a de que Milão nunca seria “uma ciganópolis árabe”.

Dos 1,3 milhão de habitantes de Milão, 18% são imigrantes. Terminam de votar hoje, em segundo turno, 6 milhões de italianos que elegem os dirigentes de 6 províncias e os prefeitos e vereadores de 90 cidades, das quais 14 são capitais provinciais.

O envolvimento de Berlusconi em Milão se explica pelo surpreendente resultado obtido pelo Partido Democrata, de centro-esquerda e principal de oposição, com seu desconhecido candidato, o ex-militante comunista e advogado Giuliano Pisapia. Ele alcançou quase 50% dos votos no primeiro turno e, diante do descalabro moral que atinge Berlusconi – envolvido em vários escândalos, inclusive de corrupção de menores –, obteve o apoio até de Cesare Romiti, ex-presidente da Fiat, o maior grupo industrial da Itália.

A despeito de todo o esforço feito em Milão – aliados seus chegaram a prometer a transferência de ministérios inteiros de Roma para a capital da Lombardia –, Berlusconi parece haver jogado a toalha em sua cidade, tanto é que da reunião do G-8 em Deauville, na França, embarcou diretamente para Nápoles. Ali, a candidatura do ex-juiz Luigi De Magistris, deputado no Parlamento Europeu pelo ainda pequeno partido Itália dos Valores, ameaça a vitória do candidato favorito de centro-direita, o empresário Gianni Lettieri. O ex-magistrado afirma que Lettieri é apoiado pela Camorra, a poderosa máfia que espalha o terror, controla parte da economia napolitana e se infiltrou nas instituições da região.

O Itália dos Valores é um partido fundado pelo prestigiado ex-juiz Antonio Di Pietro, justamente como reação à derrocada moral com que Berlusconi vem tingindo o poder na Itália, com seu envolvimento escandaloso com prostitutas, suas manobras para livrar-se de processos por corrupção e abuso de poder e o péssimo exemplo que dá como governante.

Image
Pisapia: surpresa que ameaça Berlusconi em sua cidade, Milão

Sempre fanfarrão, Berlusconi, contra todas as evidências, já declarou que uma eventual derrota em Milão, mesmo que a ela se some outra em Nápoles, não o fará mudar “uma vírgula” nem irá alterar a estabilidade de seu governo, que ainda dispões de 2 anos de mandato.

Na verdade, não é bem assim. O primeiro-ministro está mais vulnerável do que nunca, tanto é que, em dezembro passado, apesar da vasta maioria de que dispõe na Câmara dos Deputados, escapou de uma moção de desconfiança – que o obrigaria a deixar o poder – por apenas 3 votos: 314 a 311, mais duas abstenções.

Além disso, no primeiro turno das atuais eleições, no dia 16 passado, o primeiro-ministro perdeu a disputa nas duas cidadesmais importantes em jogo, Turim e Bolonha.As apurações começam às 11 horas do Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

Kitty em 31 de maio de 2011

Prezado Setti, Imperios cairam;muros,também cairam!!Não poderia ser diferente com Berlusconi.Além do mais,não há males que duram cem anos. Mas também gostaria de frisar que não gosto de nenhuma forma de governo comunista.Se Berlusconi consiguiu se manter 20 anos no poder e porque os chamados esquerdistas fracassaram em varias oportunidades. O Prêmier italiano implodiu pelos seus repetitivos envolvimentos com prostitutas e festas bacanais,sometendo ao país que representa ao rídiculo. Abraços

dom lusitano d'octor silva em 30 de maio de 2011

Vejam só o Iluminismo, após o Nazi-fasci-comunismo, de volta ao seu próprio berço: 30/05/2011 - 09h29 EM MADRI, "indignados" DIZEM CONTINUARÃO ACAMPADOS EM PRAÇA DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS Manifestantes, eles protestam contra a crise econômica prometeram continuar acampados na praça Porta do Sol, em Madri, durante essa semana, em um movimento social e, este já se espalha pela Europa. Centenas de pessoas votaram neste domingo pela permanência no local até pelo menos a quinta-feira (2). Centenas de milhares de pessoas, estas são chamadas de "indignados", foram às ruas de várias cidades da Espanha nos últimos dias. O movimento --batizado de 15-M (devido ao dia, neste começaram os protestos, 15 de maio). - já inspirou outros manifestantes na Europa, estes foram às suas de Paris e Atenas.... (continua...).

dom lusitano d'octor silva em 30 de maio de 2011

Os franceses pós-Iluminismo: 29/05/2011 - 11h41 ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL, SECRETÁRIO DO GOVERNO FRANCÊS RENUNCIA DA EFE, EM SANAA O secretário de Estado da Função Pública do Governo francês, Georges Tron, renunciou ao cargo neste domingo devido ao escândalo que o envolve após duas ex-subordinadas o acusarem de assédio sexual. O primeiro-ministro francês, François Fillon, foi quem anunciou a renúncia de Tron em um breve comunicado no qual ressaltou a "coragem e o senso de responsabilidade" do secretário de Estado, que poderá assim se concentrar em sua defesa na Justiça "com toda liberdade". Tron, de 53 anos, atuava com status de vice-ministro no Gabinete francês, além de também ser prefeito da cidade de Draveil, na região metropolitana de Paris. Ele foi acusado de agressão sexual por duas ex-funcionárias municipais de 34 e 36 anos, chamadas na imprensa de "Laura" e "Éloise". Os incidentes teriam ocorrido entre 2007 e 2010, quando ambas trabalhavam para a Prefeitura de Draveil... (continua...).

dom lusitano d'octor silva em 30 de maio de 2011

Ilustríssimo, essa belíssima Matéria (sobre a "direita italiana") associada às Notícias vinda dos "esquerdistas" franceses (incluisive prevaricando em solo Americano), demonstram ou serve bem de paradigma para dar razão aos Iluminsitas franceses, precipuamente, a Montesquieu e este inclusive, diz,"Deus me afaste da direita e da esquerda, consiga esclarecer-me ao escrever sobre o Abuso de Poder (ah! No Brazzil estes dois - sindicalistas e oligarquias -, Lados estão associados). Enfim, dissera o francês, várias coisas governam os homens, as leis, os costumes, os modos, a moral, a ética, a economia, a política, etc. etc. e etc. Mas, estamos vendo bem e muito bem globalizado a falta de modos, de costumes, de ética, de moral, ou melhor, tudo isto sob as desordens dos Abusos Econômicos e Políticos daqueles se chegam ao Poder. E diz também, há dois tipos de inimigos, os internos (neste caso o mal e o mau é incurável) e os externos (neste caso, as Bandeiras dos USA não estão sendo mostradas sendo queimadas de forma repetida como se via em outros Templos).

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI