Sou a favor da Comissão da Verdade, sim — mas também os militantes de esquerda que cometeram crimes precisam depor

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, e o senador Paulo Paim (PT-RS), durante audiência na Comissão de Direitos Humanos do Senado

Amigos, eu não esperava concordar com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, um trapalhão que cansei de criticar desde os velhos tempos em que ele, como deputado, foi o relator da reforma constitucional de 1993 — revisão que a própria Carta de 1988 previa para ser obrigatoriamente feita 5 anos depois de entrar em vigor — a qual, por sua falta de habilidade, acabou dando em praticamente nada.

Mas fica difícil discordar de Jobim na questão da Comissão da Verdade, que o governo, desde o lulalato, quer instituir por lei para apurar — sem consequências criminais — e incorporar à história do país os crimes cometidos pela ditadura militar, e que foi uma vez mais defendida hoje pela ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário (leia aqui).

Jobim, que chegou a ser contrário ao projeto, diz hoje que o aprova, desde que a comissão também apure os crimes praticados pelos grupos armados — guerrilheiros ou terroristas, conforme o caso e o ponto de vista — que combatiam o regime.

De minha parte, sempre fui contra a revogação da Lei da Anistia, de 1979, e defendi que se fizesse no Brasil algo semelhante à genial Comissão da Verdade e da Reconciliação da África do Sul — as pessoas confessavam detalhadamente seus crimes perante a comissão, pediam perdão às vítimas e suas famílias mas não eram punidas, os fatos ficavam incorporados a uma História que até então só era contada pelo regime racista que oprimia a maioria negra e o país seguiu para a frente, sendo há 20 anos a única democracia parlamentar digna deste nome na África.

O presidente da Comissão era um homem próximo à santidade, respeitado no mundo inteiro e Prêmio Nobel da Paz — o arcebispo anglicano negro Desmond Tutu.

Aqui não temos ninguém vivo próximo à santidade, nas acho que necessitamos de uma Comissão da Verdade. Só que, como o ministro Jobim, não vejo porque a lei não possa incluir que também os militantes de extrema esquerda que cometeram crimes, não raro bárbaros, e não foram punidos — porque não custa lembrar que muitos deles cumpriram pesadas penas de cadeia — também sejam chamados a testemunhar perante a Comissão.

Não dá para esclarecer os fatos históricos de um lado só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =

30 Comentários

  • Paulo Bento Bandarra

    Não existe a mínima similitude entre o apartaid e a luta pela democracia no país contra o comunismo internacional! Não são comissões que escrevem a verdade, mas o julgamento da história. Não existe verdade alguma quando o lado que queria impor as FARCs brasileiras hoje se dizem que resistiam a ditadura. Muitas das peças chaves jamais falarão a verdade, ou porque já morreram, ou porque lhes convém esta mentira. Por exemplo, o que Brizola foi combinar com Che Guevara, em Punta Del Este, no Uruguai, em 1961, na Conferência Interamericana Econômica e Social da OEA? O que fazia Jango na China, em 61, aprendendo valores democráticos daqueles que iriam financiar a guerrilha?

  • Paulo Bento Bandarra

    Por uma comissão da verdade para saber o que ocorria no Clube da Cidadania, de Diógenes de Oliveira, no Governo Olívio. Uma comissão da verdade para saber a verdade sobre o propinoduto para Zé Dirceu em Santo André, uma comissão da verdade para botar a limpo o Mensalão e o CHEFE que escapou, sobre os aloprados, sobre os dólares na cuecas, até hoje não identificado o dono, sobre Erenice Guerra… Deixemos de ser inocentes! Mentirosos nunca contam a verdade. Nem de ontem, nem de hoje.

  • BRASILEIRO DE LUTO

    ISSO ELES NÃO QUEREM, POIS ATÉ HOEJ SÓ SE COMENTOU, SE FALOU, SE DISSE A VERSÃO DELES, HERÓIS A LÁ BIAKL (bbb… BIG BOSTA BRASIL)… fosse um Paíos sério (vale lembrar o Degaule) e essa turma, o invés de indenizações recebidas, teriam de nos pagar pela irresponsabilidade da luta armada e consequente despesas das Forças Armadas… quan ta grana foi gsta para combater esses canalhas vermelhos????
    ATÉ HOJE só me rendo ao Gabeira que foi o único (pelo menos que soube)a declarar francamente qual o objetivo deles…. O Aloysio, senador PSDB/SP, reconheceu o erro da luta armada, no mais…. o resto (é resto mesmo) só tira vandagens, fazem obnda, tiram uma de machão, de “heróis do BBB”, e mais nada…Há, ganham votos dos …

    MEUS PARABÉNS PELO ARTIGO.

    “No Brasil, prostituta se apaixona, traficante cheira, cafetão tem ciúme, cristão é comunista e comunista é democrata, empresário é socialista, e oligarca se emociona, o investigado e o seu juiz”.

  • Not funny...

    “Não dá para esclarecer os fatos históricos de um lado só.” É verdade, mas quem intuiu que essa “Comessão da Verdade” quer a verdade, querem é vingança e a farsa para justificar a industria das MEGA indenizações.

  • terceira via

    Pessoal, duas perguntas.
    Eles Lutavam para implantar no Brasil qual regime, Inclusive com a participação da presidenta.Era DEMOCRACIA ou DITADURA DO PROLETÁRIADO BOLCHEVIQUE COMUNISTA SOVIETICO, com guerrilha aprendida, estudada em CUBA, na época financiada pelos irmãos CASTRO que recebiam uma graninha da CCCP.????

    Qual militar presidente que saiu do governo RICO, não o papagaio, de GRANA??????

    mais uma pergunta, a terceira, proporcionalmente o Brasil cresceu mais em qual periodo ????? vamos comparar com o periodo do LULA 51.

    Portanto, eu como cidadão Brasileiro dou graças a DEUS os de cuturno terem metido o pé na bunda de toda aquela gente. Muitos lutaram contra o governo militar, mas a favor da DEMOCRACIA, exemplos, Mario covas, Leonel Brizola (apesar de ser sogro do Jango), José Richa, Tancredo Neves, Ulisses Guimarães,Franco Montoro, Teotonio Vilela, entre outros. Então, quero ver os DOIS LADOS da história.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Setti:
    “Na manhã do dia 14 de maio de 1971,tinha sido levado,após 2 dias de tortura,a região de Grajau próxima aAv.28 de setembro onde teria um encontro.Nos interrogatórios pude despistar o horário do encontro,seria as 10 hs,como sendo 8hs e local um pouco mais afastado.Porém as 9hs,quando já me retiravam do local(carregado pois devido as torturas não conseguia caminharStuart ntrou inadevertidamente nas proximidades do cerco.Tinha passado de carro(Volks verde) reconhecido e preso pelos agentes e levado para a Base Aérea do Galeão,onde se localizava o CISA>.Não me levaram pra lá ainda rodaram comigo para outros “pontos”…Na noite de 14 de maio fui torturado ao lado de Stuart Angel.Em um momento retiraram o capuz para ligar os magnetos da maquina de choques e pude vê-lo sendo espancado e depois descido do pau de arara.Logo após me colocaram numa roda e nos interrogaram sobre o paradeiro de uma metralhadora,tendo sido eu espancado com coronhadas nas costas.Ouvia muito bem a voz de Stuart quer era interrogadoao lado sobre o mesmo motivo.As torturas continuaram durante bom tempo.Como era de hábito,após uma sessão de horas de espancamento,pau de arara,afogamento e choques elétricos,cortaram a água das celas para aumentar a sede que ocorre após os choques.Durante todo esse tempo se fica numa cela completamente nu.
    No mesmo dia,14 de maio,os interrogatórios prosseguiam com idas e vindas da sala e tortura.Durante a tarde,ouvi um grande alvoroço no patio da CISA.Havia barulho de carros sendo ligados,acelerações,gritos,perguntas e uma tosse constante de engasgo é que pude notar que se sucedia.Consegui com muito esforço,devido a minha situação física,olhar pela janela que ficava uns 2m do chão e me deparei com algo difícil de esquecer.Junto a um sem numero de torturadores oficias e soldados,Stuart já com a pele semi esfolada,era arrastadode uma lado para o outro do patio amarrao a uma viatura e de quando em quando,obrigado,com a boca quase colada a um descarga aberta,as aspirar os gases tóxicos que eram expelidos.Essa era a causa da tosse uqe misturada a voz de Stuart e dos torturadores,isso durante toda a tarde.Tudo isso ante as chacotas e risoa dos torturadores.Essa fase durou praticamente até o escurecer.Ao anoitecer,houve um grnade reboliço e montaram uma operação as pressas onde dizima que iam pegar “!gente grande”etc.
    A noite,alguem foi colocado numa cela ao lado da minha,esse alguem estava em estado precario e pude ver pelo portigo da porta tratar de Stuart.Tossia e numa tosse angustiante que ouvia durante toda a tarde.Distingui e reconheci-o pela tb pela voz.Tres frases dele sempre se repetiam -“Água”,”vou morrer”,”Estou ficando louco.” A noite,o cel Muniz e o cel Alcantara entre outros,inclusive um enfermeiro,depois de passarem em todas as celas,pararam na de Stuart,alguem lhe disse “Deixe de frescura Paulo,vou te dar uma injeção vc não vao morrer AINDA NÃO”A tosse aumentou,as frase se tornaram sem compreenção e depois cessaram por completo.De madrugada,ruidos,vozes,xingametos e abriram a cela e retiraram Stuart provavelmente morto,na mad rugada de 14 e 15 de maio veio a falecer,ainda captei frases soltas por parte da guarda “Virou presunto”,”Entrou na Vanguarda Popular Celestial”…varias pessoas atestaram a varecidade do meu depoimento.Aquii ele cita diverso preso que tb testemunharam.”São muitos os assasinos direta ou indiretamante responsaveis pela morte de Stuart no CISA na Base Aérea do Galeão – os brigadeiros Burnier e Carlos Alberto Dellamora, o primeiro comandante da 1 zona aérea e o segundo comandante do CISA.Aqui ele cita quem os nomes o torturadores:Brigadeiros Burnier,Carlos Afonso Dellamora,ten celMuniz(CISA)alcunha Dr Luiz,ten cel Abilio Alcantara(CISA) alcunha Dr.Paschoal,cap.Paiva(CISA)alcunha Dr.Pedro paulo,cap Alfredo Poeck(CENIMAR)alcunha Mike ou Dr.Roberto,Mario Borges(DOPS)alcunha cel bob,Jair Gonçalves da Motta(DOPS) e outros.O autor da carta conta que ainda varias vezes foi levado ao DOPS.
    “Estou ao seu inteiro dispor para ajudá-la se não restituir a vida de seu filho,pelo menso tornar as coisas claras e exigir prisão para os responsaveis.Estou pronto a assumir e reafiramar essas declarações com maiores detalhes…
    Minha senhora os mortos sempre retornam.A lembrança sempre presente deles tornará viável um dia novos testemunhos sobre eles.
    Com votos de mais profundo estima e solidariedade
    Alex Polari de Alverga
    Em 23 de maio de 1973”
    Carta de Alex Polari a Zuzu Angel mãe de Stuart Angel,nora de SDonia Sturt Angel tb morta na tortura – Casa da Morte de Petropolis.
    Voce tem razão Setti – Precisamos ouvir a todos que resistiram na luta armada e não armada a um DITADURA ASSASSINA COMO TODAS QUE VIGOROU POR MAIS DE 21 ANOS NO BRASIL.
    Os nomes dos que indiretamente/diretamente que permitiram e participaram de tais atos ainda na escuridão e vergonha dos seus crimes.
    Convocar todos que sofreram atos de violencias de um regime putrido SIM!!! como testemunhs do horror que sofreram, mas como réus???seria mais uma VITÒRIA aos que praticaram atos contra a humanidade.
    A Igreja aceita e concorda com a rebeldia – São Thomas de Aquino -“O tirano é ruim,o tiranocídio não é pecado”

  • Carol

    Concordo, realmente os dois lados devem ser investigados. Entretanto, é preciso levar em consideração as circunstâncias exepcionais que levaram grupos de esquerda a pegarem em armas e assaltarem bancos. Hoje, evidentemente, ninguém pode aprovar uma coisa dessas, mas diante do Estado autoritário que existia na época não se pode julgar tais ações como crimes “comuns”.
    Para mim, a comissão da verdade deveria punir apenas os crimes contra a humanidade – as torturas e assassinatos.

    Prezada Carol, o propósito da Comissão, segundo o projeto de lei apresentado, não é punir ninguém. É saber o que houve realmente, em cada caso.
    Abraços

  • Angelo Losguardi

    Pois é, Setti…

    Aqui é só “ComEção da Verdade”. Tiraram fora a palavra reconciliação, já que o que a tchurma quer mesmo é revanche.

  • Esron Vieira

    A minha opinião quanto ao tema é: criminoso é criminoso, não importa a ideologia. Cada qual quer usar o crime do outro, pra satanizar a ideologia contrária.
    Quanto a comissão da verdade, deveria valer pra colocar todos bandidos covardes existentes dos dois lados(impraticável).
    O bandido com o poder na mão pode ser mais eficiente e (legalmente) letal.
    Todos os subversivos ficam enquadrados ( naturalmente como ilegais criminosos).
    Os que realmente fizeram frente à ditadura sem dispor de armas, foram incluídos no rol dos criminosos, torturados e presos. Posteriormente taxados de potenciais ditadores, mesmo sendo democratas.
    Vejo que os dois lados possuiam; tanto pessoas de bem, quanto criminosas. Pessoas com tendencia à ditadores e democratas. Portanto é fácil condenar a ideologia do oponente como a causa das barbaridades.
    Nelson Mandela é um exemplo de bandido cassado, condenado e preso por sua ideologia de liberdade. Tiradentes, é outro exemplo de bandido preso condenado e executado. Passam séculos para um bandido ser redimido de sua situação. Como a História é escrita por quem está na situação, o poder tem de mudar pra haver a reversão.
    O agitador de multidões (Jesus) foi cassado, condenado e morto ( pelo Império Romano), mesmo sem pegar em armas. Depois de séculos, o próprio Império ( por coveniencia endeusou a vítima ) como exemplo a ser seguido. Ensinando o povão a ter submissão bovina pasmaceira.
    Não tenho natureza de ser guerrilheiro armado, porém adimiro pessoas abnegadas que tem a coragem de enfrentar os déspotas escravisadores. Sem estes abnegados não seria possível a queda da Bastilha.
    Agora devido às falhas e desvios de conduta do ser humano; sempre haverá bandidos e pessoas boas dos dois lados de uma contenda. Uma guerra só é vencida pelo mais letal, e a História só é escrita e difundida, por quem vence.

  • Marinho

    Pegue os petistas e coloquem fora da legalidade e pronto:acabam-se os problemas neste país!!!!

  • Paulo Bento Bandarra

    “Com isto, passariam a existir fundamentos legais para a punição dos que insistem até hoje em enaltecer uma ditadura brutal (a exemplo das penas aplicadas na Europa a quem nega o Holocausto) e dos que utilizam as falácias dos Inquéritos Policiais-Militares do período para denegrir resistentes vivos e mortos.”
    .
    “Postado por Celso Lungaretti”_ http://naufrago-da-utopia.blogspot.com/2010/03/presidente-uruguaio-ex-tupamaro-quer.html
    .
    Conciliação ou retaliação? Comigo não. Brutal teria sido deixar as FARCs brasileiras terem se instalado no nosso país! Como lutou por esta “utopia” Lungaretti.

  • Mauro Pereira

    Caro Ricardo Setti.
    Beira a irresponsabilidade a determinação dessa senhora em querer abrir feridas que ainda não foram totalmente cicatrizadas. Os episódios acontecidos no período da ditadura, envolvendo militares e guerrilheiros, foram sepultados pela Lei da Anistia. O bom senso sinaliza que eles pertencem ao passado e lá devem continuar . Serão extremamentes úteis para que, inspirados neles, possamos reafirmar diariamente nosso comprometimento com as liberdades individuais, em cujos pilares fundamentais sustentam-se nossas aspirações por uma sociedade desenvolvida e justa e democraticamente consolidada. Nada além disso.
    Mais que irresponsável, esse movimento liderado pela secretária de Direitos Humanos resvala perigosamente no campo da vaidade. São visíveis os sinais de que os envolvidos nesta aventura insana e ilegítima buscam, antes de tudo, eternizarem-se como grandes vultos da história política brasileira e entrarem para a posteridade como o seleto grupo dos revisores dos anos de chumbo.
    Além do mais, que verdade essa comissão irá caçar? Com certeza não será a verdade dos mercenários esquerdistas que tinham como único objetivo simplesmente trocar uma ditadura por outra. A esses a verdade já foi estabelecida quando o atual governo lhes pagou o soldo milionário traduzido em indenizações e aposentadoria imorais. A esses senhores a nação brasileira não deve absolutamente nada. Foram regiamente recompensados!
    É mais certo ainda que não irão buscar a verdade sobre o obscuro passado da atual chefe do Executivo Federal, passado esse que ela lutou desesperadamente para ocultar da sociedade brasileira trancafiando-o nos cofres da Justiça durante todo o desenrolar da campanha que culminou com sua eleição para presidente do Brasil.
    Se a secretária Rosário está realmente decidida a fazer justiça que a faça agora denunciando a realidade miserável que ainda vitima milhões de brasileiros e brasileiras e que o governo insiste em desconsiderar, e deixe seu nome registrado como uma grande brasileira defendendo os direitos dos aposentados, dos sem moradia, dos sem saúde, dos sem segurança, dos sem comida. Ou eles não são humanos?
    Poderia também ganhar notoriedade, liderando uma cruzada moralizadora exigindo que os deputados, os senadores e os sindicalistas pelegos alinhados fossem obrigados a sobreviverem com R$ 345 reais como salário mensal. Ou, simplesmente, comprar uma mortadela.

  • SergioD

    Ricardo, sendo o objetivo da Comissão apenas o de expor a verdade, temos que pesquisa-la dos dois lados. Aqueles foram tempos de opiniões exacerbadas, radicalizadas. Alguns utilizaram os órgãos do estado para combater não apenas os que partiram para a luta armada. Torturavam e matavam qualquer um que representasse oposição ao regime, mesmo os que não pegaram em armas, como aí estão os casos mais famosos de Rubens Paiva, Vladmir Herzog e Manuel Fiel Filho.
    Do outro lado, radicais que partiram para a luta armada e que muitas vezes não viram limites aos seus atos causando a morte de inocentes em ações muitas vezes mal planejadas ou inconsequentes.
    O país precisa conhecer os crimes praticados pelos dois lados. Só assim voltaremos a estar de bem com nossa história.
    Tomara que a comissão da verdade seja criada o mais rápido possível e que tenha suas seções transmitidas ao vivo pela TV.
    Ricardo, nesse ponto concordamos plenamente.
    Grande abraço.
    PS: abaixo o primeiro voo de teste do Demo do Gripen NG.
    http://www.youtube.com/watch?v=symoYLO5XaQ

    Concordo inteiramente com seu comentário, caro SergioD. E obrigado pelo link.
    Abração

  • wilson

    Meu heroi é major do exercito boliviano Gary Prado
    que despachou guevara para outro mundo melhor.

  • Jota

    Essa comissão não passa de obsessão de esquerdista militante. O cidadão comum não está nem aí com isso. Como também não está com as comissões de anistia, a não ser os que tentam arrancar uma aposentadoria dali.

  • Pedro Luiz Moreirta Lima

    “A Sra Zuleika Angel:
    Venho,por meio desta,a reafirmar e confirmar o testemunho prestado e enviado a varias auditorias e órgãos ditos e fiscalizadores dos direitos da pessoa humana e que diz respeito ao destino de Stuart Edgard Angel Jones no centro de torturas e assassinato do CISA(Centro de Informação de Segurança da Aeronáutica) para onde foi levado preso…” “Na manhã de 14 de maio de 1971,tinha sido levado,após 2 dias de tortura,a uma região no Grajaú próxima a rua 28m de Setembro onde teria encontro.Nos interrogatórios pude despistar o horário do encontro,seria as 10 hs, como sendo as 8hs e num local um pouco mais afastado.Porém as 9hs,quando já me retiraram do local(carregado pois não conseguia andar devido as torturas)Stuart entrou ina divertidamente nas proximidades do cerco…””Tinha passado num Volks Verde,estacionando,tendo sido reconhecido e preso…””dessa maneira presenciei sua prisão…”…”na noite de o dia 14 de maio,fui torturado ao lado de Stuart.Em um momento retiraram o capuz para ligar os magnetos da maq. de choque e pude vê-lo sendo espancado,depois de descido do pau de arara.Logo após me colocaram numa roda,tendo sido eu espancado durante algum tempo com coronhadas nas costas.Ouvia bem claro a voz de Stuart que era interrogado ao lado sobre o mesmo motivo…” “após uma sessão de horas de espancamentos,pau de arara,afogamento e choques elétricos,cortaram a água das celas para aumentar a sensação de sede que ocorre após os choques.Durante este tempo fica-se num na cela….” “ …durante muito tempo um grande alvoroço no pátio do CISA.Havia barulho de carros sendo ligados,acelerações,gritos,perguntas e uma tosse constante de engasgo e pude notar que se sucedia sempre as acelerações.Consegui com muito esforço devido a minha situação física olhar pela janela que ficava a uns 2m de altura,com algo difícil de esquecer:junto a um sem números de oficiais e soldados torturadores,Stuart já com a pele semi esfolada,era arrastado de um lado para outro amarrado numa viatura e de quando em quando,obrigado,com a boca quase colada ao cano de descarga,a aspirar os gases tóxicos que eram expelidos.Essa era a causa era a razão da tosse misturada a voz de Stuart e a dos torturadores,eu tinha ouvido durante toda a tarde.Tudo isso as chacotas e risos dos torturadores,eu tinha ouvido durante toda a tarde…” “…a noite alguém foi colocado ao lado de minha cela e estava em estado precário,pde ver Stuart pelo postigo da porta.Dintigui e reconheci-o tb pela voz.Três frases eram sempre repetidas ,ÁGUA,VOU MORRER,ESTOU FICANDO LOUCO e sempre a TOSSE…de noite o Cel Muniz e o Cel Alcântara entre outros,inclusive outros.Alguem lhe disse:”deixe de frescura Paulo,vou te dar uma injeção,você não vai morrer ainda não…” “…a tosse aumentou,as frases se tornaram incompreensíveis e depois cessaram por completo…” “…frases soltas por parte da guarda..” “…virou defunto”, “entrou na Vanguarda Popular Celestial”,” mais uma para comida de peixe na Restinga.Essa ultima frase corrobora uma serie de boatos,o destino de grande parte dos assassinados,que eram transportados de helicópteros ate a Restinga de Marabaia(área militar) e de la lancados em alto mar.~
    Aqui o autor da carta cita os torturadores de Stuart – Brig Burnier comandante da primeira zona Aérea, Brig Carlos Afonso Dellamora comandante do CISA,Ten cel Muniz (CISA) alcunha Dr Luiz,Tem cel Abilio Alcântara(CISA)alcunhado Dr.Paschoal,Cap Lucio Barroso(CISA) alcunhado Dr. Celso,Maj Paiva(CISA)alcunhado Dr. Pedro Paulo,Cap Alfredo Poeck(CENIMAR)alcunha Mike ou Dr Roberto,Mario Borges(DOPS) alcunha Cel Bob,Jair Gon;alves da Mota(DOPS)ex guarada ferroviário informante e chefe de setor de captura alcunha Capitão,informante de policia de alcunha Marreco,e APJ(?) Eduardo (DOPS) alcunha Norminha e outros por náo ter certeza não vou nominar mas reconheceria.
    Continuando pelo autor da carta – durante os meses de setembro e outubro,fui fuio seqüestrado do DOPS e levado ao DOICODI para novas torturas(dessa feita na GELADEIRA cela submetida a fortes contrates de temperatura e com alta freqüência onde se fica vários dias sem beber e comer)Dessa feita o Maj Teixeira alcunha De Bruno,o Cap Friedman alcunha Nagib,o Tem Hughes e outros me amea;aram de morte caso continuasse denunciando o assassinato de Stuart.pedi garantias de vida na Auditoria da Aeronáutica onde era processado na época e persistia nas denuncias sempre que possível.
    Termina a carta – Minha senhora,os mortos sempre retornam.A lembrança presente deles tornara viável nossos testemunhos sobre eles.Com os votos de mais profunda estima e solidariedade com sua dor Alex Polari de Alverga,em 23 de maio de 1973.
    A carta era dirigida a Zuzu Angel conhecida estilista nacional e internacional,mãe de Stuart,sogra de Sonia Stuart torturada e assassinada na Casa da Morte de Petrópolis.Zuzu Angel acabou tb sendo assassinada num acidente de carro armado.
    Stuart,Rubens Paiva,Honestino Guimarães…e tantos outros ainda desaparecidos.
    Convocar para depor como testemunhas pessoas que resistiram uma ditadura covarde,assassina,corrupta como todas as ditaduras, testemunhas que resistiram de armas ou sem armas SIM! Mas COMO REUS e um acinte, pior ainda uma vitória a monstros de uniformes ou não que diretamente ou indiretamente cometeram crimes de lesa humanidade,ainda se escondem com a complacência de ex ministros militares,antigos e atuais Chefes Militares.
    Se sentem orgulho dos atos que cometeram apareçam,procurem que a opinião publica os venerem,que temem se jugos heróicos e salvadores do Brasil,utilizando seqüestros,torturas,estupros,mortes,esquartejamentos e desaparecimentos de suas vitimas.
    Imagino a dor dos pracinhas,marinheiros,passageiros e pilotos que deram a vida pela democracia e liberdade na Itália e mares do Brasil,e hoje as Forcas Armadas que cultuam tais monstros da ditadura de 64 a 88.
    COMISSAO DA VERDADE será o resgate das Forcas Armadas para cumprirem com êxito o papel que desempenham hoje os novos oficiais na defesa de nossas fronteiras,mares e ar
    Pedro Luiz Moreira Lima

  • Pedro Luiz Moreirta Lima

    “A Sra Zuleika Angel:
    Venho,por meio desta,a reafirmar e confirmar o testemunho prestado e enviado a varias auditorias e órgãos ditos e fiscalizadores dos direitos da pessoa humana e que diz respeito ao destino de Stuart Edgard Angel Jones no centro de torturas e assassinato do CISA(Centro de Informação de Segurança da Aeronáutica) para onde foi levado preso…” “Na manhã de 14 de maio de 1971,tinha sido levado,após 2 dias de tortura,a uma região no Grajaú próxima a rua 28m de Setembro onde teria encontro.Nos interrogatórios pude despistar o horário do encontro,seria as 10 hs, como sendo as 8hs e num local um pouco mais afastado.Porém as 9hs,quando já me retiraram do local(carregado pois não conseguia andar devido as torturas)Stuart entrou ina divertidamente nas proximidades do cerco…””Tinha passado num Volks Verde,estacionando,tendo sido reconhecido e preso…””dessa maneira presenciei sua prisão…”…”na noite de o dia 14 de maio,fui torturado ao lado de Stuart.Em um momento retiraram o capuz para ligar os magnetos da maq. de choque e pude vê-lo sendo espancado,depois de descido do pau de arara.Logo após me colocaram numa roda,tendo sido eu espancado durante algum tempo com coronhadas nas costas.Ouvia bem claro a voz de Stuart que era interrogado ao lado sobre o mesmo motivo…” “após uma sessão de horas de espancamentos,pau de arara,afogamento e choques elétricos,cortaram a água das celas para aumentar a sensação de sede que ocorre após os choques.Durante este tempo fica-se num na cela….” “ …durante muito tempo um grande alvoroço no pátio do CISA.Havia barulho de carros sendo ligados,acelerações,gritos,perguntas e uma tosse constante de engasgo e pude notar que se sucedia sempre as acelerações.Consegui com muito esforço devido a minha situação física olhar pela janela que ficava a uns 2m de altura,com algo difícil de esquecer:junto a um sem números de oficiais e soldados torturadores,Stuart já com a pele semi esfolada,era arrastado de um lado para outro amarrado numa viatura e de quando em quando,obrigado,com a boca quase colada ao cano de descarga,a aspirar os gases tóxicos que eram expelidos.Essa era a causa era a razão da tosse misturada a voz de Stuart e a dos torturadores,eu tinha ouvido durante toda a tarde.Tudo isso as chacotas e risos dos torturadores,eu tinha ouvido durante toda a tarde…” “…a noite alguém foi colocado ao lado de minha cela e estava em estado precário,pde ver Stuart pelo postigo da porta.Dintigui e reconheci-o tb pela voz.Três frases eram sempre repetidas ,ÁGUA,VOU MORRER,ESTOU FICANDO LOUCO e sempre a TOSSE…de noite o Cel Muniz e o Cel Alcântara entre outros,inclusive outros.Alguem lhe disse:”deixe de frescura Paulo,vou te dar uma injeção,você não vai morrer ainda não…” “…a tosse aumentou,as frases se tornaram incompreensíveis e depois cessaram por completo…” “…frases soltas por parte da guarda..” “…virou defunto”, “entrou na Vanguarda Popular Celestial”,” mais uma para comida de peixe na Restinga.Essa ultima frase corrobora uma serie de boatos,o destino de grande parte dos assassinados,que eram transportados de helicópteros ate a Restinga de Marabaia(área militar) e de la lancados em alto mar.~
    Aqui o autor da carta cita os torturadores de Stuart – Brig Burnier comandante da primeira zona Aérea, Brig Carlos Afonso Dellamora comandante do CISA,Ten cel Muniz (CISA) alcunha Dr Luiz,Tem cel Abilio Alcântara(CISA)alcunhado Dr.Paschoal,Cap Lucio Barroso(CISA) alcunhado Dr. Celso,Maj Paiva(CISA)alcunhado Dr. Pedro Paulo,Cap Alfredo Poeck(CENIMAR)alcunha Mike ou Dr Roberto,Mario Borges(DOPS) alcunha Cel Bob,Jair Gon;alves da Mota(DOPS)ex guarada ferroviário informante e chefe de setor de captura alcunha Capitão,informante de policia de alcunha Marreco,e APJ(?) Eduardo (DOPS) alcunha Norminha e outros por náo ter certeza não vou nominar mas reconheceria.
    Continuando pelo autor da carta – durante os meses de setembro e outubro,fui fuio seqüestrado do DOPS e levado ao DOICODI para novas torturas(dessa feita na GELADEIRA cela submetida a fortes contrates de temperatura e com alta freqüência onde se fica vários dias sem beber e comer)Dessa feita o Maj Teixeira alcunha De Bruno,o Cap Friedman alcunha Nagib,o Tem Hughes e outros me amea;aram de morte caso continuasse denunciando o assassinato de Stuart.pedi garantias de vida na Auditoria da Aeronáutica onde era processado na época e persistia nas denuncias sempre que possível.
    Termina a carta – Minha senhora,os mortos sempre retornam.A lembrança presente deles tornara viável nossos testemunhos sobre eles.Com os votos de mais profunda estima e solidariedade com sua dor Alex Polari de Alverga,em 23 de maio de 1973.
    A carta era dirigida a Zuzu Angel conhecida estilista nacional e internacional,mãe de Stuart,sogra de Sonia Stuart torturada e assassinada na Casa da Morte de Petrópolis.Zuzu Angel acabou tb sendo assassinada num acidente de carro armado.
    Stuart,Rubens Paiva,Honestino Guimarães…e tantos outros ainda desaparecidos.
    Convocar para depor como testemunhas pessoas que resistiram uma ditadura covarde,assassina,corrupta como todas as ditaduras, testemunhas que resistiram de armas ou sem armas SIM! Mas COMO REUS e um acinte, pior ainda uma vitória a monstros de uniformes ou não que diretamente ou indiretamente cometeram crimes de lesa humanidade,ainda se escondem com a complacência de ex ministros militares,antigos e atuais Chefes Militares.
    Se sentem orgulho dos atos que cometeram apareçam,procurem que a opinião publica os venerem, sesentem heróis e salvadores do Brasil,utilizando seqüestros,torturas,estupros,mortes,esquartejamentos e desaparecimentos de suas vitimas que apareçam com nomes e sobrenomes.
    Imagino a dor dos pracinhas,marinheiros,passageiros e pilotos que deram a vida pela democracia e liberdade na Itália e mares do Brasil,e hoje as Forcas Armadas que cultuam tais monstros da ditadura de 64 a 88.
    COMISSAO DA VERDADE será o resgate das Forcas Armadas para cumprirem com êxito o papel que desempenham hoje os novos oficiais na defesa de nossas fronteiras,mares e ar
    Pedro Luiz Moreira Lima

  • Setti, compartilho dessa mesma opinião, pois nada justifica a criminalidade. Claro que a verdade deve ser restabelecida, mas para que a tal Comissão seja digna desse nome deverá, sim, também esclarecer o papel assumido por cada um dos participantes da luta armada; afinal, eles saquearam bancos, mataram inocentes e praticaram o terrorismo em nome de sua ideologia. Muita gente, como eu, se revoltou contra ditadura, participou de manifestações públicas, distribuiu panfletos à população para esclarece as barbaridades cometidas pelos militares, fez passeatas, etc., mas se recusou a entrar para a luta armada por não compactuar com a criminalidade. Quem entrou o fez porque estava disposto a matar e a morrer. Vale lembrar que os terroristas praticaram também atos cruéis contra companheiros que julgavam traidores, reproduzindo, aqui, o que foi feito em Cuba. Não há santos nessa história, embora haja inúmeras vítimas. Que a “Comissão da Verdade” tenha a coragem de demonstrar isto, ou, então, que deixe tudo como está; afinal, o que os terroristas daquela época queriam já conseguiram: eles estão no poder, mas do lado errado, já que “venderam a alma” para chafurdar na mesma lama em se encontram, há muitos anos, Sarneys, Collors e outros que tais.

  • Mauro de Curitiba

    Os crimes cometidos pelos terroristas foram tão ou mais graves que os crimes de tortura da época.
    Muitos foram atos intencionalmente perpetrados contra pessoas inocentes, de preferência testemunhados por pessoas da familia do executado, para “servir de exemplo”.
    Muitos terroristas são assassinos da pior espécie (esses sim o apedeuta poderia comparar com os piores presidiarios brasileiros).
    Não é àtoa que eles querem tanto evitar que os atos que cometeram sejam trazidos a publico.
    Deveria sobre isso ser feita uma ampla campanha de divulgação, nos moldes em que sempre foram divulgados os crimes do nazismo.
    Campanha especialmente necessária quando se considera que a população pós-ditadura realmente NÃO TEM IDÉIA do que esses terroristas fizeram neste país.

  • Ismael Paulista do ABC

    A diferença entre os militares que torturaram e os esquerdistas que mataram em suas ações é que os militares cometeram crimes para defender a sociedade, foi abuso de poder e força, enquanto a esquerda matou por ambição de um impôr seu projeto de poder. A esquerda foi muito mais nociva e temos uma visão deformada de que eles foram os heróis, que os desculpa por isso.

  • FRANCISCO JOSELEIDE DE FREITAS HOLANDA

    Sou policial militar do rio grande do norte com orgulho já passei algumas dificuldades dentro da policia, mais dificuldades e desafios estão ai para serem superados.
    A vida de policial é muito difícil, temos muitos problemas para resolvermos nas ruas, ariscamos nossas próprias vidas para salvar outras sem pensar que deixamos as nossas famílias em casa rezando para que termine logo o dia para podermos voltar para casa salvos.é amigos só sabem o que vou disser agora é quem é policial muitos de nós ao chegarmos em casa logo temos que sair por que temos que fazer o chamado bico, é vocês não queiram saber com é triste você chegar em casa e ter que sair na mesma hora, você ver mulher e filhos pedido para não ir mais temos quer ir pois se não formos faltara as coisa em casa, mais triste é ver um filho pedido algo e não termos para dar e não termos da onde tirar, pois bem muitos de nós saímos de casa já com problemas pós o nosso salário não dar mais para suprir as nossas necessidades.
    Vejo os Jornais e vejo noticias de companheiros sendo mortos trabalhando fico muito triste pois nos vamos para rua para ajudar sem pensar aquém, mais triste fico ainda quando sei que foram mortos fazendo bicos, invés deles estarem próximo das famílias ou descansando para mais uma jornada de trabalho, estavam no bico para complementar o salário pós os mesmo não tinham escolha se não fossem por bico iria faltar as coisas em casa, mais muitas vezes falta a vida para poderem retorna para casa. Eu venho através deste reporte que viu o que esta acontecendo com a policia militar pedir aos nobres deputados que voltem a PEC 300 e vamos acabar com essa desigualdade entre a policia militar e a policia civil, em quanto eles ganham bem agente ganhamos muito mau, não é desfavorecendo a policia civil não eles merecer ganhar muito bem, só queremos é que ambas as polias ganhei iguais.

  • Corinthians

    Concordo contigo Setti.
    Mas em um governo do PT, acho muito difícil isto ocorrer, até por que a Dillma fez parte de grupos terroristas de esquerda.
    Discordo de alguns comentários, principalmente do insistente Pedro Luiz Moreirta Lima. Não foi dito aqui que deve-se deixar de ouvir os militares. Mas sim que deve-se ouvir ambos os lados, pois houveram sim crimes horríveis cometidos pela esquera, e normalmente as vítimas foram civis.
    Para aqueles que dizem que isso deu-se em circunstâncias excepcionais, deve-se verificar o contexto dos fatos – os que lutaram por democracia, o fizeram pacificamente e foram quase todos exilados, enquanto os que lutavam por uma ditadura comunista nos moldes da chinesa/cubana, pegaram em armas e mataram civis. Não vejo por que isso deva ser perdoado ou esquecido.
    Imagine se fosse seu filho, seu pai ou seu irmão que tivesse morrido por uma bomba colocada nas portas de um prédio por um grupo terrorista.
    Aliás hoje a situação já é absurda – o governo dá bolsa terrorista para qualquer pessoa (ou companheiro) que se diga perseguida pelo regime, mesmo quando não houve perseguição, enquanto que para civis que tiveram vidas prejudicadas por ações terroristas dos grupos armados de esquerda não é dada compensação. Esse maldito ideologismo barato do século 19 vai ainda causar muitos danos pra o país.
    Devemos ouvir ambos os lados, só para esclarecimentos, respeitando a lei de anistia que não prevê punição (mas como o governo é do PT não vejo como a parte dos esclarecimentos venha a ocorrer).

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Corithians:
    Enquanto houver pessoas como vc,onde o sequestro,tortura,estupro,assassinato,esquartejamento e enfim desparecimento com suas vítimas por regimes e Instituições é um ato em defesa da Lei e da Ordem.Voce deveria ser o primeiro a pedir que os heróis(segundo voce) que praticaram tais atos tenham seus NOMES E SOBRENOMES e seus ATOS conhecidos para que voce ou outros possam reverenciar quem – SEQUESTROU,TORTUROU,ESTUPROU,MATOU,ESQUARTEJOU e DESAPARECEU COM SUAS VITIMAS INOCENTES em nome da LEI,da ORDEM,DEMOCRACIA,LIBERDADE E DIREITOS HUMANOS.
    Enquanto voces estiverem aqui,serei sempre insistente.
    Meu pai,minha familia fomos atingindos como muitas por uma DITADURA CORRUPTA E ASSASSINA como todas e sua licáo de DEMOCRACIA onde SEQUESTRADORES,TORTURADORES,ESTUPRADORES,ASSASSINOS e ESQUARTEJADORES DE PESSOAS PARA APOS DESAPARECEREM COM SUAS VITIMAS INDEFESAS e justificativa para a DEFESA DA DEMOCRACIA,ao menos apareca com seu nome e sobrenome ao me criticar ou ainda prefere o capuz que me colocaram e a meu pai,para que seus heroicos rostos náo fossem descobertos?

  • Rosa

    Eu sou a favor da comissão! Incluindo para julgar todos os terroristas! Terrorismo não é luta por democracia! É terrorismo!

  • CosmeBR

    Os militantes de esquerda se defenderam da ditadura. Então, devem ser anistiados. Legitima defesa!

  • duduvieira10

    Meu prezado R. Setti;
    Perfeitamente! que se crie essa ‘Comisão da Verdade’, já que anistia aquí não segnifica nada, perdão e esquecimento, então vamos desenterrar cadáveres e olha que alguns pode cair no colo da Pres. Dilma. Poderá começar a investigar a morte da menina Elza Fernandes (16 anos) morta pelo grupo terrorista, supostamente informante da polícia. O roubo do cofre do Ademar, os roubos a mão armada dos Bancos, a morte dos sentinelas. A guerrilha do Araguaia, ainda tem gente vivinha por aí que pode nos contar. O Sequestro de Embaixadores de nações amigas, etc. É impressionane como o Chile lida bem com isso e passou por situação bem pior do o Brasil, aqui morreram uma meia dúzia, lá foram milhares nessa conta. E aquí vira e mexe vem esse recalque, essa sede de vingança! Certamente não sabemo virar a página meu caro RS. |Sds

  • fafa

    Hora Setti, pensei que os militantes já haviam cumprido suas penas, incluindo tortura nessas penas, não foi isso? Agora, resta os militares da epoca pagar a pena tambem, nao?

  • fafa

    Exelente comentario de uma leitora
    Para mim, a comissão da verdade deveria punir apenas os crimes contra a humanidade – as torturas e assassinatos!!!

  • Robson

    Gostaria de saber que papo furado é esse de dois lados? Quem de forma arbitrária, ilegal, imoral e ilegítima tomou o poder desrespeitando a Constituição de 1946? A Comissão da Verdade e da Justiça tem por obrigação investigar primeiramente quem violou a Legislação e os direitos, pois a meu juízo, se não houvesse o vergonhoso Golpe não haveria luta armada, nem lista de mortos e nem famílias chorando. O que me assusta é ver pessoas fazenda a absurda comparação com que esses bandidos fizeram aqui nesse país!
    Não podemos confundir bandidos com idealistas e nem Poder de Autoridade com autoritarismo.
    Pela Comissão da Verdade e da Justiça!

  • luiz alberto

    Servi na base aerea do galeao no periodo de 1981 a 1989. e em 1982 , quando fiz o curso de cabo. certa vez todos os alunos do curso tiveram que ajudar a demolir onde acredito ate hoje seja o clube do mickel… os mais antigos dizia que ali era uma cadeia para os sub-versivos…quem ficou preso lá, concerteza nao saiu muito bem.. as paredes eram cheia de marcas de….