Strauss-Kahn: quero ver agora a cara dos linchadores de reputação

Strauss-Kahnn ao chegar hoje ao tribunal de Manhattan

Amigos, quero ver como fica agora a cara dos linchadores de reputação, de veículos da mídia mundo afora, que condenaram sem apelação e assassinaram a reputação do ex-diretor-geral do FMI, o francês Dominique Strauss-Kahn, solto hoje em Nova York pelo juiz do caso em que é acusado de violência sexual contra uma funcionária de um hotel de luxo por solicitação – vejam bem – dos promotores do caso. Os homens que o estavam acusando e queriam vê-lo atrás das grades.

Como se sabe, lhe devolveram também os 6 milhões de dólares da fiança.

Poucas vezes em minha carreira de jornalista assisti a um massacre tão implacável contra alguém que merecia pelo menos o benefício da dúvida e a presunção da inocência, garantia mínima das sociedades civilizadas.

Prato cheio para o politicamente correto

O politicamente correto teve em suas mãos um dos maiores pratos cheios que se possa imaginar com uma “causa” envolvendo, de um lado, como suposto agressor, um graudão do sistema financeiro internacional e candidato favorito à Presidência da França– e ainda mais sendo um homem branco, riquíssimo, dono de um palácio em Marrakesh, no Marrocos, e casado com mulher ainda mais rica do que ele. De outro, como vítima, a mulher que era apresentada como uma pobre imigrante negra da miserável Guiné, fugindo da miséria e das atrocidades africanas em busca do Sonho Americano.

Quem salvou a cara da mídia, uma vez mais, foi o glorioso The New York Times, que, em reportagem publicada ontem, quinta, dia 30, revelou falhas gritantes no processo contra Strauss-Kahn, em boa parte embasadas na baixa credibilidade do testemunho da camareira que denunciou o ex-diretor do FMI.

Parece claro que houve relação sexual do figurão francês com a funcionária, fato evidenciado nos exames médico-legais. O problema é que os investigadores da polícia, a serviço da promotoria pública de Manhattan, terminaram por não crer na versão de violência sexual apresentada pela mulher, que se atrapalhou e se contradisse “várias vezes” ao ser submetida à metralha sistemática de perguntas com que os agentes da lei nos Estados Unidos fazem ao tratar de um crime.

Conversa com um presidiário sobre “lucro” com denúncia

Suspeitíssima foi também uma conversa telefônica, que a polícia rastreou, mostrando que a funcionária conversou longamente com um presidiário exatamente no dia em que teve contato com Strauss-Kahn e o denunciou publicamente, no dia 15 de maio.

Na conversa, gravada em circunstãncias ainda não esclarecidas, a mulher e o detento falaram sobre o possível “lucro” que a camareira teria caso apresentasse acusações contra o então chefão do FMI, cuja fama de mulherengo aparentemente os dois conheciam.

Significativas também são as declarações do advogado da camareira, Kenneth Thompson: “Minha cliente pode ter cometido alguns erros, mas isso não quer dizer que ela não tenha sido vítima de estupro.”

Leia mais sobre o caso no site de VEJA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − doze =

48 Comentários

  • Pimenta

    Caro Setti,
    Fico imaginando o tamanho do dano moral a que ele foi submetido. Tomara que não deixe sequelas profundas.
    Felizmente, no caso dele, a justiça nem tardou, nem falhou.

  • Jefff

    Assassinato de reputações, linchamento moral, beneficio da duvida. Belas palavras Setti! Pena que a indignação seja seletiva.

  • Amadeus


    Setti,

    Só falta agora a moça se apresentar grávida.
    E o garanhão reconhecer a paternidade.

    Nem precisa alguém questionar sobre quem está subsidiando o sustento sortuda.

    É o mercado Setti.
    Essa, nos EUA, deu errado.

    Por aqui o resultado seria diferente.

  • Roberto Sterling

    Se o Jefff está se referindo ao que o PT faz contra seus adversários, concordo ! Caso contrário, lamento por você Jefff.

  • pedro

    Um dos linchadores foi o sr. Caio Blinder juntamente com seus colegas do manhattan connection. E agora grande articulista?

  • Diocleciano

    Setti,

    O Dr Roger Abdelmassi também deve está sendo injustiçado.

    Só faltava essa comparação…

  • Jesus Costa Ourives

    Setti,
    O Reinaldo Azevedo já tinha cantado essa bola, pouco depois do acontecido. Ele levantou a hipótese de “armação” contra um sério candidato político.
    Um abraço,
    Jesus

  • Josenaldo Cordeiro

    Muito boa matéria, e que a presunção de inocência seja sempre respeitada (http://blog-do-naldo.blogspot.com/2011/06/assassino.html)

  • idilio

    O que eu fico intrigado que,só se viu que ele não é tão culpodo assim, um dia ou dois após a eleição da nova presidente do FMI?

  • Henrique Araujo

    Setti, com todo o repeito, é só se olhar no espelho! Você foi um dos que comprou a acusação e teceu loas à Justiça Americana por deter, algemar, expor ao público e prender Strauss-Kahn. Que estória é essa de “agora quero ver a cara dos linchadores de opinião”?

    Elogiei o comportamento da Justiça, que foi exemplar no começo, e, agora, ao verificarem que as provas eram muito frágeis, volta atrás e de novo se comporta corretamente.

  • Homem Sábio

    A direita suja estava festejando a morte da esquerda, logo em seu berço – França.
    Agora veremos quem armou tudo isso.
    Direita, direita, vocês nunca me enganarão! Desde os comicios de Hitler e de Mussoline, o pai da “Nostra Mama Itália”, nunca se viu tanta mentira disfarçada de verdade, tendo como um único alvo. A esquerda.

  • Flavico

    Ora, Ricardo, a tigrada da esquerda, a mesma que se contorceu para inocentar o Padre Lancelotti (aquele doador de SUVs Pajeiro, lembra?), está com aquela cara que os boçais incuráveis sempre ficam no final: de BUNDA!

  • NICOLA FILHO

    Como advogado, o que sinto é inveja do sistema judiciário penal dos Estados Unidos. Aliás, sempre desonfiei dessa camareira. Então, ameaçada de estupro dentro de seu local de trabalho, não gritou e nem feriu, mesmo que levemente, o suposto agressor? Certos estão aqueles americanos que acham politicamente mais correto e cômodo recusar-se a entrar em elevador se dentro só houver uma mulher e ninguém mais.

  • Carlo Germani

    Strauss-Kahn,não é o simbolo da moralidade,porque
    pautou sua vida profissional na conivência,
    subserviência ao “senhores donos do mundo”,do globalismo financeiro mundial,ao presidir o FMI,e
    a tudo que esse orgão representa de negativo para os países e às populações.Há pouco tempo,Kahn,
    programou uma política monetária-financeira mais “humana”,para os países em quebradeira anunciada (vide Europa-zona do Euro).
    Esse foi o ato que desgostou as diabólicas dinastias do sionismo fianceiro mundial.Por outro lado,essa “arapuca” do assédio sexual,teve a meta
    de destruí-lo politicamente,uma vez que,estava cotado para vencer a eleição presidencial francesa em 2012.Strauss-Kahn,foi atingido pelo feitiço do farsante e fantoche Sarkozy.A partir de agora,
    Strauss-Kahn,deixa de ser um homem perverso
    e passa a ser vítima.É o feitiço voltando contra o feiticeiro (Sarkozy).Te cuida Sarkozy,teu plano fez água.

  • Anonimo

    Esse velhinho estava, no mínimo, no lugar errada, na hora errada, com a mulher errada
    .
    Azeite…

  • SergioD

    Ricardo, quero ver como o advogado da acusadora vai provar que houve estupro. Estranha essa justiça em que se prende uma pessoa baseado na acusação de um outra, destrói-se sua reputação, e depois chega-se a conclusão que não é bem assim. Faça-me o favor. Há algo muito errado nos procedimentos judiciais dos EUA. Por aqui nem se fala, não é mesmo.
    Gostaria de ver o que vai acontecer se DSK se candidatar e vencer as eleições para a Presidência da França no ano que vem.
    Um abraço e bom fim de semana.

  • Paulo Bento Bandarra

    Eu no início achei que era armação. Depois se confirmou o sêmen na roupa da camareira. Acho que uma pessoa na posição dele foi irresponsável e culpado pelo que passou. Deve se sentir aliviado pois poderia ter sido pior. Em vez de uma amadora, poderia ter caído numa trama real ou até mesmo ter saído com vírus da AIDS. Serve para ser presidente???

  • Silvia

    Se ele mantivesse o zíper da calça fechado não tinha entrado nessa encrenca. Aprontaram com ele, mas como ele colaborou…

  • Pedrão

    Será que essa ‘camareira’, antes de ir prá lá, não esteve cá, em algum acampamento à beira de estradas?
    Essas táticas são bem conhecidas pelos homens dos ‘dossiês’.

  • Corinthians

    Destruir sua reputação – que já não era muito boa – éo normal. O problema é que da maneira que ocorreu, por ser o homem que é, por estar na frente nas pesquisas eleitorais na França, a destruição foi absurda, muito forte e implacável.
    Os jornalistas principalmente, como você citou, movidos ao politicamente correto, “detonaram” o acusado.
    Agora sabe-se que não foi assim.
    Fica só a inveja da justiça americana – enquanto aqui quadrilhas inteiras se beneficiam da prescrição de um crime, terroristas são soltos à revelia da constituição e assaltantes de galinha e inocentes apodrecem na cadeia.

  • Horlando-Halergia

    Não apenas a cara dos linchadores deve ser vista e revista. Também algumas autoridades americanas que – sem qualquer evidência (além de simples denúncia da suposta vítima) – fizeram a maior cena cinematográfica com a prisão e todos os procedimentos seguintes e que resultaram em execração pública, perda de emprego e da candidatura à presidência da França, entre outras mazelas.

    Parece que ninguém quer aprender com os fatos, com a História, com o passado. Aqui mesmo no Brasil, tudo indica, muitos (imprensa incluída) não aprenderam com o lamentável caso da Escola Classe. Alguém lembra?

    Aguardemos os fatos, pois muito ainda vem por aí em relação a este caso do suposto assédio em que o então acusado pode – pelo menos em parte – ser vítima que caiu em sórdida armadilha!

  • patricia m.

    Homem Sabia, das 16.04: sabe quem vai ganhar na França? A filha do Le Pen, sabichão. As esquerdas estão mortas na Europa desde a crise econômica, criadas por elas próprias, ou você não lê jornal? Quem está no comando da Inglaterra, da França, da Itália, da Espanha em breve, de Portugal, o socialismo RUIU meu amigo, só sobrevive essa coisa jurássica aqui na América Latrina porque afinal nós somos atrasados mesmo, terceiro mundo, o que acontece na Europa leva 100 anos para chegar aqui.

  • Antonio Marmo

    Caro Ricardo Setti

    Você reconhece que no carro dos “linchadores de reputação” pegou carona também sua revista Veja, não? Agora,nós leitores, queremos ver informações aprofundadas e seguras sobre o que ele foi fazer nos Estados Unidos naqueles dias, sobre negociações em barras de ouro que os EUA devem ao FMI, sobre o lastro do Tesouro americano caindo em Fort Knox,etc…quem vai aprofundar esses detalhes?

  • Janjão

    Setti,
    Essa conversa com o presidiário foi antes ou depois de ter contato com o DSK?

    Janjão, não minto para meus leitores: não sei. Vou tentar saber.
    Pelo que entendi, porém, foi depois.
    Abração

  • Bia

    pois é né lugar errado, hora errada, se ele é fácil e vai com qualquer uma cai em armadilhas mesmo.

  • Reynaldo-BH

    Como tomei porrada por ter estado – meio que sozinho entre meus amigos e amigas! – na oposição à espetaculização da prisão de DKS! Algumas amigas chegaram a me chamar de “estuprador enrustido”! Sempre achei que DKS era efetivamente culpado! Mas JAMAIS admiti que fosse tratado como animal em jaula de exibição circense! A Justiça americana, endeusada e tida como EXEMPLAR (quanto ingenuidade!)é pródiga neste tipo de erro! Os promotores de justiça (os famosos prosecutors, tão famosos nas telas de Hollywood!) tem o chefe escolhido em VOTAÇÃO, prometendo absurdos e tendo que – com no jogo político – buscar holofotes!
    Quanto vale a prisão do presidente de FMI? E pelo que foi acusado?
    SEMPRE me perguntei: e se a relação foi consensual? Seria problema para a ESPOSA de DKS e filhos, etc. JAMAIS para Justiça! E se foi PAGA? Idem! E se foi forjada? IBIDEM!
    DKS pelo dinheiro que tem e poder que tinha, poderia contratar “as lindas mulheres” que desejasse, ainda mais em New York onde a prostituição é ofertada pelo concierges dos hotéis! Quem já esteve lá sabe disto!
    Os detalhes sórdidos (poupo a todos nós dos mesmos) eram no mínimo, risíveis. Sexo oral, por duas vezes, de modo obrigatório???
    Em um bar (excesso de whyskie às vezes nos faz falar bobagens), junto a amigas, disse: ” me lembra a defesa que Ruy Barbosa fez de um acusado injustamente de ter cometido estupro! A vítima contava ao juiz o fato. E dizia que, embora o agressor tivesse somente 1.55m de altura, o mesmo havia agarrado-a com os dois braços e, mesmo em pé, perpetrado o ato! Ruy, calmamente após o depoimento fez somente UMA pergunta: “Senhorita: quem guiou o ceguinho?!”
    E agora? Mais que um mea culpa da imprensa mundial, cabe outra pergunta: e quem pagará pelos 6 dias em uma prisão junto a traficantes? Quem pagará pela interrupção de uma carreira aos 60 anos? Quem pagará pela vergonha de familiares e amigos?
    Não foi só a imprensa que julgou e condenou DKS. Foi a opinião pública mundial.
    Mas, Meu Deus, é para isto que existe a Justiça e o Estado de Direito! Para evitar erros, que cometidos, não são reparáveis.
    Não vou procurar os amigos e amigas (estas em maior número!) que me acusaram de ser grosseiro e desrespeitoso com uma “pobre africana!” Espero ansioso, encontrá-los.
    Prometo não tocar no assunto.
    Mas, espero que a lição tenha ficado. Chega de “escolas-base”, “irmãos naves”, “dreyfus” e “mota coqueiros”!!
    Concordo que a imprensa deva fazer um exame deste linchamento espetaculoso de DKS. Até onde (e foi a maior parte!) todo o mundo foi influenciado pelas posições da imprensa? Até onde o imediatismo acelerado pela WEB desprezou o rigor que deve direcionar a notícia?
    Enfim, prezado Setti, não posso deixar passar o que disse na época: A IMPRENSA TODA ESTÁ PARECENDO UM IMENSO PROGRAMA DO RATINHO!
    Abraços.

  • Carlo Germani

    Aplausos para Patricia m.-01/7-18:20

  • Eh-a-Vovozinha

    Muito bem, muito bem!
    Já que a suposta vítima (a camareira) mentiu e tem passado mais nebuloso do que o suposto culpado, quando a cara dela será também mostrada aos quatro cantos do mundo? Sim, porque até agora só o suposto culpado foi massacrado na mídia.
    . . .
    Além disso, será que os que “se enganaram” com os procedimentos da prisão (sem apuração) e da aplicação da fiança (sem provas) serão também punidos? O que eles fizeram não é crime muito mais grave do que o eventual assédio sexual?
    Hein?

  • Jeremias-no-deserto

    A opinião popular é massa de manobra fácil. Nesse caso. parece até que as pessoas não raciocinavam, agiam por instinto e partiram para o linchamento de DKS. Não pesaram as possibilidades, as contradições e a personalidade da acusadora, como se essa estive acima de qualquer suspeita.Em nome de uma falsa moralidade colaboraram com a destruição de uma reputação.Certamente as ditaduras sabem manipular bem essa reação das massas e induzí-las a cometer crimes contra minorias.Jamais se viu tantos Blogueiros e comentaristas raivosos e sedentos do justiciamento de Strauss-Kahn. Agora esses linchadores devem estar com caras de idiotas.

  • Ailton

    No codigo penal, existe um capiulo que fala da ‘presunção de inocencia’, a imprensa devia estudar um pouco de direito e em especial esse capitulo, para não fazer o que a GLOBO fez com a Escola Base e mais recentemente fizeram com o Dominique Strauss-Kahnn, Se dependesse das TVs e Jornais americanos e alguns países, o Strauss-Kahnn já estaria condenado a 60 anos de cadeia.

    (Conhecemos essa comportamento jornalístico, já que o Brasil aparece como campeão em julgar e condenar, e pena é aplicada sem direito ao sursis.)

  • Ailton

    Segundo o jornal francês LeFigaro de hoje, a Polícia técnica americana se pegou em três itens para inocentar o Sr. Dominique Strauss-Kahnn.
    .
    .

    1)-Camareira aparece toda arranhada por unhas, Dominique é onicofagivoro, ou seja, roe unhas e perícia diz que marcas são de unhas longas e femininas e havia micro resíduos de acetona e esmalte nos ferimentos, mesmo com unhas limpas, perícia acha micro partículas desses produtos nos ferimentos da camareira.
    .
    .
    2)-Camareira já havia processado em um outro caso identico um homem rico, para arquivar processo exigiu e recebeu U$100mil, episódio ocorreu em seu país de origem.
    .
    .
    3)-Camareira disse que foi obrigada a fazer sexo oral, depois retirou da acusação, ficou constrangida depois de saber que nunhum homem em sã consciência faria isso, devido os riscos que corre de ser violentamente mordido.
    Eo retirar essa ecusação de sexo oral forçado, Camareiria destroe as acusações e justiça inocenta Dominique.

  • Ailton

    Lamento pela imprensa do mundo inteiro e especial pela fancesa e brasileira.

    Devido a esse episódio, a França deve eleger Strauss-Kahnn o seu novo presidente.
    Tal qual a Globo no caso da bolinha de papel, em que períto jurava em seu laudo, que uma página de caderno pesava meio quilo e ambos foram humilhados pela WEB.
    Na França ocorre o mesmo nesse momento, armação de orgãos de imprensa francesa “deram tiros que sairam pela culatra e acertou os próprios pés”.

    Podemo dizer que franceses já tem o seu novo presidente.

  • Sam Spade

    O que o Robert de Niro, vestido de policial, está fazendo logo atrás do DSK??? heheheh

  • Janjão

    Ailton,
    Pare de mentir, moço. Que coisa feia!
    Até a situação do DSK serve de pretexto para mentir a favor do PT?
    Essa história de bolinha já foi exaurida. O Serra foi atingido por uma bola de papel E outro objeto em outro momento. As imagens dos dois momentos estão disponíveis para quem quiser ver.
    P.S.: A mulher ligou para o namorado 2 dias depois de fazer a denúncia.

  • João Canali

    De um lado temos os politicamente corretos, prontos a abocanhar uma causa do aborrecido “coitadismo” mundial (negra, humilde, imigrante, mulher, etc.) para feito Don Quixotes linchadores execrarem quem passar pelos moinhos de vento que devem estar gerando energia aeólica, limpa, renovável… Do outro lado temos os “conspiraCIAnistas”, como o menino que vivia chamando os caçadores para protegê-lo do imaginário lobo… Alimentando com informações esses dois grupos, temos uma mídia absolutamente controlada por anunciantes (governos são os maiores anunciantes) que é incapaz de realizar as perguntas mais simples… O fato é que o lobo apareceu de verdade, pegou o cara que falava de cesta de moedas e era adversário político do aliado Sarkosy (um presidente francês capaz de sujar as mãos em defesa dos interesses ocidentais!!! olha ele aí, até fornecendo armas aos insurgentes da Líbia…). Os politicamente corretos desfraldaram suas bandeiras, os “conspiraCIAnistas” foram debochados mais uma vez e a mídia jamais perguntou como seria possível um estupro oral, a aberração mais evidente desde as primeiras informações. A NYPD não iria atrás de ninguém com essa acusação, podem crer… O lobo fez um plano próximo do perfeito, agora é só segurar esse processo e deixar alguém lembrar que um camarada como DSK, com a responsabilidade que já tinha e aquela que pretendia (dirigir uma potência nuclear) não poderia se deixar levar pelo batido conto da Mônica Chupinsky.

  • Ailton

    Janjão

    Continua a acreditar, não faz mal nenhum.
    Só meu jovem, o jornalista da Folha, (o próprio cinegrafista que fez as filmagens pelo celular), diz em diversos sites que não foi visto nenhum segundo objeto, as cenas foram decompostas na íntegra em diversos momentos, e em nenhum quadro aparece o Serra a ser agredido, ele não se abalou ou reagiu como reagiaria alguem que foi atingido por um objeto de meio quilo na cabeça, ele seguiu incolume até o fim da filmagem que foi usada na farsa globomoliniana.
    Os próprios funcionários da Globo em São Paulo, tentaram persuadir o AliKamel a não públicar ou transmitir aquela farsa, seria muito vergonhoso se fossem desmascarados, tentativa foi em vão e globo pagou o maior “mico” da história da TV brasileira.
    coisa feia é não ser bem informado e acreditar nas farsas que estão prontas para ser lançadas aos incautos.

    Abraços

  • Ailton

    Janjão

    Eu não falava do caso do metéorito bolo de celulose de 15 gramas que atingiu o Serra e sim da facilidade que imprensa tem em julgar e condenar ou mesmo criar factóides para dar maior sencionalismo aos casos que divulgam,
    julgam e condenam com rapidez estonteante, rapidea que a própria justiça comum nunca teve e não tem.
    Era isso que eu comentava, usei o exemplo para ilustrar o que falava.

    Foi só isso meu caro amigo

  • Janjão

    Ailton,
    Deixa de ser mentiroso.
    Por que algum jornalista da Globo tentaria convencer o diretor de jornalismo da Globo a abafar apuração da Globo?
    A verdade está aqui para quem quiser ver http://www.youtube.com/watch?v=RZLY1eJtp24

  • Ailton

    Seu comentário, contendo pesadas críticas a jornalistas que não trabalham nesta coluna, foi suprimido tendo em vista as regras de civilidade do blog. Veja o link
    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/amigos-depois-de-mais-de-8-meses-de-blog-e-40-mil-comentarios-nao-havera-mais-asteriscos-comentarios-com-linguagem-inconveniente-serao-deletados-vejam-minhas-razoes-e-as-regras-para-comentarios/

  • Ailton

    Janjão.
    Me refiro a segunda agresão, aquela da fita de crepe com meio quilo, ela não aparece nas filmagens do jornalista da Folha, até o das filmagens, Italo Nogueira distribuiu as imagens a todos os canais.

    Janjão, a primeira agressão realmente existiu, Serra foi agredido VIOLENTAMENTE por uma bolinha de papel, foi internado na emergência por 24hs, fez tomografia computadorizada, guardou repouso de mais dois dias, assim que saiu o resultado todo o Brasil respirou aliviado, resultado dizia que, ele sobreviveu a bolinha de celusose de 15gr, GRAÇAS A DEUS! A BOLINHA NÃO CAUSOU UM TRAUMATISMO CRÂNIANO.

    Janjão, esteja a vontade para acreditar no que você quiser amigão, agora, se até o dono do video o jornalista da Folha de SP, o dono legitimo das filmagens polemicas, faz questão de entregar esse vídeos para analise de todas as emissoras além da Globo, para outros peritos analisam, e não encontram o SERRA com nenhuma reação de alguém que recebeu um rolo de fita com meio quilo, reação natural a quem foi agredido dessa forma, reação iidêntica a que ele proprio teve na primeira agressão com a bolinha de papel, ele para olha para o chão e segue, jã com o rolo de 1/2kg, ele segue INCOLUME DO INCIO AO FIM nem percebe a fita, só “leva as mão 20 minutos depois que o SERJÃO GUERRA DO PSDB manda ele desmaiar, então ´refere apena levas as mãos ao crânio.

    http://www.youtube.com/watch?v=CwcIELvBCXA&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=3BomU46CRko&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=VSQD2sRNBUc&feature=related

  • Janjão

    Ailton,
    Assisti os três vídeos.
    Um pior que o outro. Um mais patético que o outro.
    Quais as hipóteses oferecidas por eles?
    Os dois últimos querem que exista edição dos vídeos, conspiração da imprensa e do perito para inventar a agressão.
    E o primeiro link é o melhor de todos. A farsa apontada por ele é a edição feita entre o momento que o jornalista abaixa o celular e o momento em que ele levanta o celular de novo. O problema é que isso é anunciado pela narração da reportagem.
    O seus 3 links são um complemento excelente ao que eu mandei. Assistindo os 4 ficam claras as mentiras da companheirada e o quanto vocês petistas acham que somos todos idiotas para acreditar em mentiras sem pé nem cabeça.

  • Ailton

    Janjão, Felicidades para você meu amigo e muito cuidado com os rolos de fita crepe, ele podem ser muito perigosos já que são invisiveis, eles podem nos acertar sem percebermos, e o que é pior, só vir a tomarmos conhecimento que fomos agredidos através de uma ligação de celular ou pelo noticiário da Globo veja que nem o serra sabia que ele foi atingido por um, alguem ligou e o avisou.
    Trauma de fita crepe com meio quilo tem reação retardada, a pessoa agredida só cai 20min depois, e quando é avisado da agressão por telefone celular.

    Ficamos assim, subentendidos.
    Um abraço Janjão

  • Janjão

    Ailton,
    Até a próxima!
    Vou tentar restabelecer a verdade sempre que flagrar uma inverdade vinda de você.
    Se depender de mim, a tática de repetir a mentira até que ela vire verdade não vai funcionar.

  • Cesar Barroso

    Prezado Sr. Aílton,
    Desafio o sr. a provar através de colocação de link nessa seção que “Camareira aparece toda arranhada por unhas, Dominique é onicofagivoro, ou seja, roe unhas e perícia diz que marcas são de unhas longas e femininas e havia micro resíduos de acetona e esmalte nos ferimentos, mesmo com unhas limpas, perícia acha micro partículas desses produtos nos ferimentos da camareira.””
    Mostre o link do Le Figaro, por favor. É sua responsabilidade mostrar a fonte de sua acusação contra a camareira.
    Está com a palavra…

  • Cesar Barroso

    Prezado Sr. Aílton,
    Já que o sr. não encontrou o link do Le Figaro, informo-lhe que fiz uma pesquisa, e aquela informação sobre as unhas não foi dada por NENHUM órgão da imprensa americana. Estranho, não? Será que o Figaro deu o furo em toda a imprensa americana, que depois não deu seguimento ao assunto? Muito estranho, não acha?
    Vou passar agora agora à segunda afirmação que o sr. disse ter sido veiculada pelo Le Figaro:
    “”2)-Camareira já havia processado em um outro caso identico um homem rico, para arquivar processo exigiu e recebeu U$100mil, episódio ocorreu em seu país de origem.”
    Quem engole uma patranha desse tamanho? Numa cultura onde o clitóris das mulheres é arrancado na infância, uma mulher tira 100 mil dólares de um homem rico, com uma acusação desse tipo?
    Conte outra, por favor.