Revistas, jornais e blogs -

Vivi em Brasília durante cinco anos e meio, poucos meses antes de ingressar na Universidade de Brasília -- vésperas do golpe militar de 1964 -- até poucos meses depois de formado...

Eram, portanto, os anos do auge da curiosidade pelo mundo, e, leitor de jornais desde o começo da adolescência, devorava três e até quatro por dia.

Até então, vivendo no Paraná, tivera pouco contato com jornais do Rio como O Globo, que passou então a fazer parte do cardápio de leituras.

Anos depois, a partir de 1971, já vivendo e trabalhando em São Paulo, adquiri uma espécie de vínculo sentimental com o jornal, pois meu primeiro grande mentor na profissão ainda em Brasília, o grande jornalista e amigo Evandro Carlos de Andrade, se transferira para o Rio e começara a realizar a profunda reforma que modernizou e aumentou a relevância do jornal fundado em 1925.

Pelas mãos generosas do diretor de Opinião do jornal, Luiz Garcia, passei a colaborar com O Globo com Evandro ainda no comando, em 1993 -- ele assumiria o jornalismo da TV Globo dois anos depois.

Ler mais Ler menos