Image
O espetacular elenco do Barcelona comemora a conquista da Liga dos Campeões de 2011: o melhor time do mundo tem dívidas de quase 1,3 bilhão de reais

Amigos, a surpresa e a estupefação só não foram maiores porque a Espanha está hoje em pleno feriadão.

Mas foi um baque para a imprensa esportiva, os comentaristas e o próprio entendimento do público em geral, todos absolutamente seguros de que a Liga Espanhola de Futebol patrocina “o melhor campeonato do mundo”, saber que o conjunto dos clubes da Primeira Divisão têm dividas que somam astronômicos, incompreensíveis 4 bilhões de euros — algo como 9,2 bilhões de reais, ou umas boas 8 vezes as obras de reforma do Maracanã, dando um espacinho para superfaturamento.

Embora movimente uma fábula de dinheiro, esteja com os estádios sempre lotados e fature uma fortuna em direitos de transmissão de TV, em merchandising e de outras formas, os clubes espanhóis em geral fazem loucuras em matéria de contratações, jogadores contratados por altas somas são depois cedidos a outros por preços irrisórios e há uma permanente febre de reformas de estádios ou construção de novos.

Seja qual for a razão, e para ficar em apenas um caso, o do time que é o melhor do país e do mundo, o Barcelona: o clube deve 550 milhões de euros (quase 1,3 bilhão de reais).

Quanto a ser “o melhor campeonato do mundo”, é verdade que a Liga desfila craques como nenhuma outra e mostra um grande nível de qualidade de futebol. Mas, na prática, é uma disputa entre apenas dois times: o Barcelona e o Real Madrid que, juntos, somam 51 títulos de campeão (30 do Real, 21 do Barça). A terceira força do futebol espanhol há 15 anos, o Valencia, foi apenas 6 vezes campeão — 4 das quais nos anos 40.

Se o campeonato espanhol for comparado a outros certames europeus de primeira linha, veremos que a Premier League inglesa é muito mais competitiva e emocionante — alternam-se como campeões Manchester United, Liverpool, Chelsea e Arsenal, e dois concorrentes fortes estão sempre perturbando os outros, o Manchester City e o Aston Villa. Na Itália, na Alemanha e na França as alternativas são igualmente amplas.

Para não falar de campeonatos importantes, dificílimos, e de onde surgem grande parte dos craques que mais brilham em clubes europeus: o Brasileirão e o campeonato argentino, esnobados pela grande maioria da imprensa europeia, e em especial a espanhola.

“Melhor campeonato do mundo”? Julguem vocês, amigos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezessete =

6 Comentários

PRIVATARIA PETISTA ou PT das PRIVATIZAÇÕES ? em 25 de junho de 2011

... É a BOLHA do Futebol Espanhol ???? A Espanha que já vai mal das pernas na esfera economica dos governos, agora também pode SUCUMBIR na esfera esportiva...... É dinheiro demais nas contratações de craques do mundo inteiro, tinha que ser BOLHA.........e ela vai EXPLODIRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR..............

Seilon em 25 de junho de 2011

Você tem razão:o melhor campeonato nacional do Mundo é o Inglês! O Campeonato Espanhol só tem dois times que realmente podem ser campeões. Até porque,com barcelona e Real madrid recebendo mais da metade dos direitos de TV,é uma covardia querer que outros clubes disputem de igual pra igual o título espanhol.

Franco em 25 de junho de 2011

Ricardo,a LA Liga jamais podera ser o melhor campeonato do Mundo com apenas 2 equipas de topo.Quanto ao Brasileirao e o campeonato argentino,sao esnobados por falta de organizacao.

carlos nascimento em 24 de junho de 2011

Ricardo, Esqueça um pouco os espanhóis, sei que vc continua na Europa, caramba, o SANTOS acabou de conquistar O TRI-CAMPENAONATO DAS AMÉRICAS, o Rei Pelé parecia um menino exultante no dia do jogo, as lembranças da magia de 62 estão afloradas, vc teima em se fazer de ser surdo, estou DECEPCIONADO, nunca imaginei que o espirito jornalistico sensitivo, fosse vencido pela paixão em ser Corintiano extremado, será que estou exagerando,acho que não, apenas cobro de quem prezamos. Até Chico Lang já se rendeu. Carlos Nascimento.

Temre em 24 de junho de 2011

Desde que não fiquem assanhados querendo o dinheiro do contribuinte, podem dever até o limite de tolerância dos credores. Duro é aqui. Os times vivem dando um jeito de garfar nossos impostos. Vamos gastar 1 bilhão de reais para reformar o Maracanã! Se ao invés de reformar, derrubassem, não faria a menor falta! Mas dinheiro para escola pública boa, coisa que reverbera por pelo menos duas gerações, não temos! Não é à toa que estamos mal.

Reynaldo-BH em 24 de junho de 2011

Que coisa! Creio que ninguém jamais poderia imaginar um deficit deste tamanho! É certo que qualidade custa caro! Mas o rombo é imenso. A dúvida que fica é: dívida administrável? O patrimônio do Braça (jogadores, adeptos, instalações) cobrem em que percentual esta dívida? As previsões orçamentárias garantem um pagamento? Ou o futebol espanhol vai de default antes da própria Espanha? De todo modo, lamentável.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI