Image
Sessão da CPI do Cachoeira: os depoimentos a portas fechadas serão exceção (Foto: André Borges / Folhapress)

Diante das dúvidas manifestadas por muitos leitores, que estranharam muito o fato de ter sido secreto o primeiro depoimento prestado à CPI de Carlinhos Cachoeira – o do delegado da Polícia Federal Raul Alexandre Marques Sousa, responsável pela operação Vegas –, aproveito para esclarecer certas coisas.

O caso do delegado – cujo depoimento, por sinal, decepcionou a vários parlamentares – é exceção. Ele pediu ao presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que a sessão fosse secreta alegando haver o risco de o vazamento de informações quebrar o sigilo do inquérito e prejudicar investigações ainda em andamento.

Vital decidiu colocar o pedido em votação, e a comissão aprovou a realização da sessão secreta por 17 votos a 11, decisão que vale também para o depoimento de outros integrantes da Polícia Federal e os procuradores da República responsáveis pelo caso. O presidente de uma CPI pode decidir casos como esse de ofício, ou seja, sem consultar ninguém, a menos que um integrante, deputado ou senador, solicite a votação.

A senadora Kátia Abreu (PSD-TO) defendeu a realização de sessões fechadas quando o sigilo dos depoimentos impeça que os investigados tenham conhecimento da estratégia de investigação da CPI.

Excetuados os de agentes da PF e procuradores, os demais depoimentos serão públicos e nenhum dos advogados dos envolvidos apresentou, até agora, pedido para a realização de sessões fechadas. Pedidos desse tipo são analisados com muito rigor e dificilmente aceitos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 4 =

Nenhum comentário

relume romano em 14 de maio de 2012

"Confiar desconfiando é uma regra muito salutar da prudência humana."

ari alves em 14 de maio de 2012

Tudo bem, está esclarecido o problema das sessões sigilosas ou não. Mas volto a protestar contra a presença nessa CPI do comunista "delegado Protógenes", eleito com voto alheio (do Palhaco Tiririca) e sem qualquer isenção para ocupar esse posto. Saudades do Médici. Esse, sim, sabia lidar com comunistas.

JEBANIEL WOLFF em 14 de maio de 2012

Ah, bom! Tens condições de nos informar se as sessões serão exibidas pela TV Senado e/ou Câmara?

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI