Amigos, vejam que colosso impressionante: é o Antonov An-225 Mriya (“Sonho”, em ucraniano), o maior avião já construído no mundo, e ainda em atividade.

Com 84 metros de comprimento (um Jumbo 747 da Boeing tem 76,3 metros) e 88,4 de envergadura (contra 68,5 metros do Jumbo), o Antonov An-225 Mriya, de concepção soviética e fabricado na Ucrânia, foi originalmente projetado para o programa espacial da então União Soviética: ele transportava, nas “costas”, o ônibus espacial Buran.

O gigante esteve pela primeira vez no Brasil em fevereiro do ano passado, em missão cargueira, trazendo em seu imenso compartimento – com 35 metros de comprimento e 4 metros de altura – 3 válvulas para a refinaria da Petrobras em Paulínia, na região de Campinas, a 119 quilômetros de São Paulo.

Apesar de suas enorme dimensões e de seu peso com carga total (640 toneladas, contra 396 de um Jumbo), ele pousa em chão de terra (com ou sem chuva) e até na neve (incluindo em regiões como a Sibéria).

Compare no gráfico abaixo o tamanho do colosso Antonov com as outras duas maiores aeronaves existentes — além dos 747 da Boeing, o novo Airbus A-380.

Mais abaixo, veja uma galeria de fotos com detalhes desse ícone da aviação.

Um pouco mais abaixo, enfim, assista a um vídeo mostrando em detalhes o colosso sendo preparado para decolar, sob chuva, do aeroporto de Manchester, na Inglaterra, levando material para shows de Beyoncé, Snoopy Dog e de Jay-Z para Lagos, na Nigéria.

Observe o tamanho insignificante das pessoas, dos veículos e de outros aviões em relação ao Antonov, seu “nariz” levantado para receber carga, bem como seu trem de pouso principal, com 28 grandes pneus, e suas potentíssimas 6 turbinas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =

TWITTER DO SETTI