O mais espantoso na notícia de que o novo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), está demitindo 10 mil funcionários em cargos de comissão — ocupados por servidores não de carreira — não é o vulto da varredura.

É o fato de que, com a notícia, ficamos sabendo que o total de funcionários nessas condições é de absurdos, gigantescos, inacreditáveis 20 mil.

Ou seja, o DF, com menos de 3 milhões de habitantes, tem um governo com quase idêntico número de funcionários em cargos de comissão do que os 22 do governo federal, que deve servir aos 193,7 milhões de brasileiros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário

Rielda Cecília Lobato em 27 de janeiro de 2011

Nada à acrescentar,só aplaudir e concordar com o comentário do Joe das 13:12 e o teu complemento, Setti, neste mesmo comentário! Parabéns a ambos, pela lucidez em mais este assunto desagradável(para dizer o mínimo)da politicagem brasileira!! Obrigado pela parte que me cabe, cara Rielda. Abração

Marco em 26 de janeiro de 2011

Caro R. Setti: Isso é q eu chamo de "quando a máquina pública humilha" nós contribuintes com uma escravidão anônima e impessoal. Eles acham q tem q se pagar caro pelo alívio do seu trabalho. Essa é a distinção conferida no caso. Não vejo verdadeiramente simbólico essa estima e reciprocidade em ambas as condições... Abs.

sellba em 26 de janeiro de 2011

Esse foi uma grande contribuição que Juscelino deixou para os brasileiros. Uma cidade para os políticos se refestelarem à vontade, sem cobrança alguma, visto que a maior parte da população brasileira está a milhares de quilômetros de distancia. É uma cidade onde políticos ladrões vivem com suas amantes, suas festas, suas farras com nosso dinheiro. Acho que nós brasileiros estamos nos tornando gradativamente uma raça de idiotas. Mas há muitas contrapartidas ao argumento que você oferece, Sellba. Com Brasília, realizou-se a "ocupação" do Centro-Oeste brasileiro, praticamente vazio quando JK assumiu, em 1956. Hoje vivem na região algo como 30 milhões de brasileiros. Brasília cumpriu um importante papel na integração do país.

Joe em 26 de janeiro de 2011

Até quando os brasileiros que trabalham terão que sustentar Brasília ? E não estou falando de Brasília "Federal", e sim de Brasíia "Distrital". Se Brasília tem Governador, Deputados e toda a burocracia de um Estado, então deveria sustentar-se como tal e não ficar dependendo do orçamento federal, custeado por todos os brasileiros. Aliás, isso leva à discussão sobre Estados e Municípios inviáveis economicamente, que dependem do repasse de verbas para existir. Ora, se um ente federado não é capaz de arrecadar o suficiente para dar o mínimo de assistência aos seus cidadãos e sustentar a sua própria máquina burocrática, deveria ser anexado a outro, que tivesse capacidade para tal. O milagre da multiplicação dos municípios foi um absurdo. Municípios que mal tinham condições de sobreviver e dependiam de repasse da cota mínima, dividiram-se em dois ou mais, passando então a receber duas ou mais "participações mínimas", só que o bolo da arrecadação não aumentou no mesmo ritmo, resultando que coube menos a cada município, prejudicando os cidadãos do Brasil todo. Você tem toda razão, caro Joe. O Distrito Federal hoje é uma unidade rica da Federação, arrecada muito, não há mais razão alguma para ser sustentado em boa parte pelos cofres federais. Por essa e por outras é que o DF é a unidade da Federação que mais gasta em saúde pública -- e tem péssimos índices. A Polícia Militar do DF tem os mais altos salários do país, e os resultados também são medíocres. Em seu último mandato, o então governador Joaquim Roriz comprou, de uma sentada, 400 caríssimas Nissan Pathfinder para a Polícia Militar, só para ficar num item dos gastos suntuários com segurança. Ou seja, como há dinheiro jorrando do governo federal, não existe preocupação em gastar bem.

carlos nascimento em 26 de janeiro de 2011

Falência de Modelo. REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS - REFORMAS!!!!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI