Image
Multidão toma avenidas de Caracas para acompanhar o traslado do corpo de Chávez para o Museu de História Militar e grita: “Chávez, te juro, voto em Maduro”: os funerais foram o ponto alto no vale-tudo para eleger o candidato chavista (Foto: Ariana Cubillos / AP)

Pobre oposição na Venezuela. Jogar as regras do jogo dentro de uma virtual ditadura é um caminho áspero, como sabem os brasileiros que acreditavam no então MDB e nas enormes dificuldades que o partido, seus candidatos e adeptos encontravam durante o regime militar.

E as regras, mais as circunstâncias, são todas esmagadoramente voltadas para no próximo dia 14 eleger a qualquer custo Nicolás Maduro, o vice-presidente biônico indicado pelo falecido coronel Hugo Chávez que se tornou presidente interino com a morte do caudilho, no dia 5 de março.

Vejam só como a coisa tem funcionado: a campanha presidencial só começou oficialmente anteontem, dia 2 de abril, e terminará na próxima quinta-feira, dia 11 — dentro de uma semana. O candidato da oposição unida, Henrique Capriles, só está tendo, portanto, míseros 10 dias para fazer propaganda na TV, comícios e outros eventos. Enquanto isso, Maduro está em campanha “não-oficial” desde meses antes da morte de Chávez, com massacrante cobertura da dominante mídia oficial para cada passo, cada declaração, cada ato público de que participou, fosse a inauguração de uma granja de frangos ou uma declaração sobre a saúde do chefe.

Image
Presidente e candidato, Nicolás Maduro, em ato em Barinas (Foto: Ariana Cubillos / AP)

Morto o caudilho, a mídia oficial transmitiu a comoção popular, o velório e os traslados do corpo de Chávez e mais as falas e atitudes de Maduro durante as duas semanas seguintes, 24 horas por dia. O país está soterrado de cartazes, vídeos e sons de Chávez. Nos comícios de Maduro, por exemplo, ele fala o tempo todo do falecido coronel, jura e repete que é seu “filho” e leva multidões ao delírio quando faz soar a voz de Chávez — entre outras coisas, cantando o hino nacional.

A coisa toda, do lado do ex-motorista de ônibus e ex-sindicalista que Chávez tornou chanceler em 2006, chega a extremos espantosos sem que Maduro mova um músculo da face diante do grotesco e do ridículo, como a história da “reencarnação” de Chávez num… passarinho. A história, contou-a o próprio Maduro na abertura oficial de sua campanha.

Estaria o candidato rezando “numa capelinha de madeira” (não se sabe por que de madeira) quando, pela janela, entrou “um passarinho pequenininho” que, após dar exatas três voltas sobre sua cabeça, pousou e começou a cantar. Maduro assoviou para o bichinho e jura que, nele, “sentiu o espírito” de Chávez, sentiu-o em sua “alma” — e mais: o passarinho-caudilho lhe disse que, naquele dia, “começa a batalha, rumo à vitória”.

É esse tipo de demagogo vulgar, cuja principal virtude sempre foi a vassalagem a Chávez, que poderá ser o presidente de um dos países mais importantes da América Latina e em cujo solo repousam as maiores reservas de petróleo do planeta.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − quatro =

29 Comentários

antony de molay em 12 de abril de 2013

pobre venezuela!mal se livram de um imbecil e já vem um igual ou pior!komo sempre o medo é k o câncer do populismo e de tranformar o povo em dependentes de esmolas se enraize no brasil.e realmente o chavéz deve ter se tornado um pássaro,uma ave de mau agouro.

roque em 06 de abril de 2013

Sim, prezado Ricardo,deve usar mesmo de expediente,porque gostaria de atentar-lhe aqui para o que está acontecendo na Venezuela. Fora de veículos formais de Governo e a imprensa escrita, veja nas redes sociais ou Globovisión no facebook crescente movimento pró Capriles e não fabricado. Abrs. https://www.facebook.com/globovision?fref=ts Caro Roque, Capriles é um excelente governador e, por sua formação, é mais ou menos 400 vezes mais preparado e, sem trocadilho, maduro do que o ex-guarda-costas, ex-motorista de ônibus e ex-sindicalista bolivariano Nicolás Maduro. Mas, a despeito de seu ótimo desempenho na última eleição, em que enfrentou o próprio Chávez, não vejo a mais remota possibilidade de chances para ele, agora, diante do uso escandaloso da morte de Chávez, da máquina do governo e da mídia oficial que vem sendo feito, há meses, em prol de Maduro -- mesmo antes da morte de Chávez. Todos os dados sobre a economia da Venezuela, porém, apontam para uma catástrofe mais adiante. Creio que, então, a população cairá em si. Capriles é uma reserva de esperança e de modernidade para o futuro do país vizinho. Abração

Paul em 05 de abril de 2013

Isso e fazer o diabo na eleição. Logo teremos uma diaba aqui, ou melhor já temos, esta disfarçada ...

Amauri em 05 de abril de 2013

Para ilustrar... Se é o famoso "falem mal, mas falem de mim" que o Maduro está buscando, conseguiu. Estratégia Janista, digamos de passagem ;) http://america.infobae.com/notas/69275-Las-redes-se-rien-del-pajarito-de-Maduro

Renato em 05 de abril de 2013

E é esse mal carater que o nosso "querido" Lula (mal carater também) está dando apoio!

Ismael Pescarini em 05 de abril de 2013

Uma verdade para meditar: todo otário cai no conto do vigário por ambição. Se o povo prefere populistas que lhe prometem o céu sem esforço, é natural que o país afunde. Cuba foi por esse caminho, Venezuela, a Argentina já chegou lá e o Brasil é o próximo da lista.

ney em 05 de abril de 2013

A Venezuela com mais de 50% da população vivendo de benéficies do estado, com um povo tão alienado que o demagogo de plantão tem o descaramento de inventar história de passarinho mensageiro, o Capriles já virou coadjuvante, desta vez vai apenas ajudar a dar a aparência democrática a ditadura de plantão.

Alberto Porem Jr. em 05 de abril de 2013

Cada país tem o bufão que merece. O nosso fez tomografia devido a uma bolinha de papel e ainda contou com um perito para tentar transformar ela em um objeto letal em cadeia nacional. Sorte nossa que aqui perdeu e ao que tudo indica lá vai ganhar.

cjm em 05 de abril de 2013

Esse passarinho deve ter saído do mais novo jogo "progressivo", Angry Birds Boli-Wars...

roberto em 05 de abril de 2013

O Chávez é um carcará, que come os recursos do petróleo.

roberto em 05 de abril de 2013

Por trás desta campanha está o Sr. Santana: O que ajuda a eleger até poste. Aqui no Brasil , comprovadamente já elegeu dois.

Gean Carlos Sorbinho em 05 de abril de 2013

Em nosso país as pessoas morrem nas filas de hospitais, dormem nas filas para colocar o filho na creche e os professores são totalmente desvalorizados. Na venezuela isso não acontece, há mais medicos la para atender a todos que em nosso país que é a 5ª maior economia do mundo, enquanto aqui ainda há quase 20 MILHÕES de analfabetos, lá o analfabetismo foi erradica em 14 anos - segundo Unesco. Não sei o que é melhor: a ditadura do povo ou a democracia da burguesia sanguinária?

Marques em 04 de abril de 2013

O cretino aprendeu a contar istórias inventadas da cabeça, com o FDP do chaves, que o diabo o tenha do lado direito. Não vou gastar meu tempo comentando lixo.

@miltonbsg em 04 de abril de 2013

Que pobreza Setti, o que não faz um mal político, para ludibriar o povo crédulo e crente, e o pior é que está acontecendo o mesmo no Brasil.

Casca Fina em 04 de abril de 2013

O quê?! Chávez como um passarinho? Nunca! Tá muito mais pra um hipopótamo com asas!

Aluizio Amorim em 04 de abril de 2013

Muito bom, Ricardo. Seu texto resume de forma exata o que ocorre na Venezuela. Forte abraço.

alex em 04 de abril de 2013

Este Nicolás Maduro parece o Saddam Hussein quando era novo ,os venezuelanos estão ferrados com bandidinho metido a comunista de araque .

Antonio em 04 de abril de 2013

Era um PAJARITO ou um PAJARALHO!

jamir abreu em 04 de abril de 2013

Esses comunas mentirosos, hipocritas e ladroes da Venezuela são iguaizinhos aos nossos daqui: Dilma e Lula ****** ficam o dia inteiro na mídia, especialmente na TV, fazendo propaganda de si mesmos, se aquto proclamando descobridores do Brasil, enquanto seus seguidores PTcomunas vão passando a mão boba no dinheiro do Tesouro. É uma gang para assaltar o Tesouro...E recem palmas. Pobre Venezuela, pobre Brasil. JAbreu

erre em 04 de abril de 2013

E saber que nós, brasileiros, vivenciamos realidade tão semelhante à da Venezuela.

Diego Lopes em 04 de abril de 2013

Don Setti, esse cara aprendeu direitinho com o pai postiço como enganar, ludibriar, e acabar com o país. Só espero que a Venezuela acorde. Abraços.

moacir em 04 de abril de 2013

Setti, De todos os absurdos que já li,ouvi e vi sobre a campanha do Maduro,sem dúvida o mais louco de hospício é esse PAJARITO CHIQUITITO.Quase não acreditei quando o assisti imitando "plufplufpluf" o som das asas e assoviando "psiupiupspspsiu" a canção do bichinho.Esse cara tem que procurar um médico! E mais,se a gente olha os rostos encantados dos apostólos chavistas,conclui,assustado, que trata-se de histeria coletiva e/ou lavagem cerebral Acho que o Comandante-Passarinho governará a Venezuela com as patinhas amarradas nas costas enquanto assovia e que encontrou seu São Francisco. Abraço

marcelo em 04 de abril de 2013

Eu só acho um pouco injusta a comparação com os militares do Brasil, pois apesar do jogo pesado, nenhum deles quis fazer culto à personalidade, ou coisa parecida. Nenhum militar ficou rico, ao contrário da família do Chavez. A Venezuela está quebrada, ao passo que os militares fizeram crescer o PIB em 7,5% ao ano, o que faz parecer ridículo o 1% da Dil-má.

carlos nascimento em 04 de abril de 2013

Pobre Caracas, no ritmo atual vai se transformar em uma subsidiária de Havana, com seu alto padrão de vida(sic), faltando quase de um tudo....estão explorando vergonhosamente a morte do bufão. Em política pode se fazer quase tudo,vide os atuais líderes da AL, já na esfera econômica, sinto dizer, o veneno quando não mata, deixa aleijado.

Luiz Pereira em 04 de abril de 2013

Setti, boa tarde, "Reencanado" é o termo exato. O país vai continuar sua trajetória de "entrar pelo cano", hehehe. abs

Henrique Barros em 04 de abril de 2013

É bom que esse maduro ganhe para que os governos socialistas (?) da AL saibam com quem está lidando. Esse já, já cai de maduro.

ricardo em 04 de abril de 2013

Não é bem assim !Na verdade o Chávez apareceu também pra mim,ainda ontem,podes crer,juro,só que era um pássaro bem maior.Era na forma de um urubu,kkkkk.

sidney em 04 de abril de 2013

Setti Esse ai junto com o - PASSARINHO ELEITO...... - deveriam sim levarem umas - ESTILINGADAS !!!! Infelizmente parece irreal mas ; eeee um - FATO - desconsertante simmmm !!!! Baita abraco

PAULO ROBERTO URBANO DA CRUZ em 04 de abril de 2013

Dizem que o passarinho era o popularmente chamado de VIRA BOSTA.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI