Image
Praça Esfand, em Teerã, 27 de dezembro de 1978: multidão tenta desesperada escapar dos tiros do Exército do Xá do Irã. A repressão só engrossou as manifestações…

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, não aprendeu lições da história. Atirar no povo derruba regimes — muito mais fortes do que o dele.

Como ocorreu com a ditadura do xá do Irã, Mohammed Reza Pahlevi. Tudo começou com uma coisa ínfima, em outubro de 1977, quando algumas centenas de pessoas saíram às ruas protestando contra o xá, que desde o distante 1941 ocupava o Trono do Pavão, com poderes absolutos e incontestáveis e sólido apoio dos Estados Unidos e de boa parte dos principais países do Ocidente.

Usando os incontáveis bilhões de dólares do petróleo, o xá vinha impondo um programa de modernização industrial e de ocidentalização forçada ao país, deixando de levar na devida conta a fé e a militância da esmagadora maioria dos iranianos, muçulmanos xiitas, e a influência sobre eles exercida pelo líder espiritual então exilado na França, o aiatolá Ruhollah Khomeini.

Image
… que progressivamente levaram a proporções colossais, como esta, diante da Universidade de Teerã, a 13 de janeiro. Três dias depois, o fim: depois de mais de 37 anos de poder absoluto, o xá abdicou e deixou para sempre o país (Fotos: David Burnett)

Quando os protestos cresceram de proporção, em 1978, em vez de liberalizar o regime, libertar presos políticos, reprimir a prática disseminada da tortura, afrouxar a vigilância feroz exercida por sua polícia secreta, a Savak, e permitir canais à oposição, o xá achou-se forte o suficiente para mandar o Exército reprimir, à bala, os protestos.

A cada leva de mortos, os protestos engrossavam e se tornavam mais violentos. No final de 1978, milhões de pessoas já saíam às ruas por todo o Irã, o xá foi perdendo o controle da situação e acabou abdicando no dia 16 de janeiro de 1979, para a seguir vagar, como um pária, de país em país, até conseguir asilar-se, doente de câncer, no Egito, onde morreu em julho de 1980.

O regime semiditatorial da Venezuela começou a trilhar esse caminho. Ele não conduz a um final feliz.

LEIAM TAMBÉM:

VENEZUELA: Manifestantes acusam mascarados baderneiros de estarem a serviço do chavismo

A declaração de apoio a Maduro informa: o Mercosul começou a agir na clandestinidade e está com cara de organização criminosa

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + nove =

49 Comentários

Luis Eduardo em 16 de março de 2014

Você esqueceu de mencionar a Revolução de 1917, que teve como estopim um massacre contra manifestantes. Mas na China no massacre da praça da Paz Celestial foram 5 mil mortos, e o regime não caiu .

Amâncio em 25 de fevereiro de 2014

No final a Persia virou Irã, trocou uma ditadura por outra com a ajuda da França, que abrigou o rancoroso Khomeini. Hoje não se sabe se foi lucro, ou prejuizo. Para o mundo, com o financiamento do terrorismo em toda parte pelos aitolás atômicos do Irã, foi um grande prejuízo. Para os iranianos, a falta de liberdade continua.

Marinaldo Abdon em 25 de fevereiro de 2014

Isso vale pro Brasil?

Eunice Martins em 22 de fevereiro de 2014

Mas,e Cuba? Os irmãos Castros estão no poder há uns 50 anos.

Rodrigo em 21 de fevereiro de 2014

Eu não desejo a morte de ninguém, muito menos do "madruga". Quero apenas ver ele fora o poder, para assistir o povo retomar a liberdade e a Venezuela voltar a crescer. Ninguém merece esses esquerdoides latino americanos. Brasil ao invés de buscar se espelhar na europa, no japão e na coreia do sul, fica perdendo o seu tempo no Mercosul que não serve para nada, só para fazer política socialista com o nosso dinheiro.

José Mário em 21 de fevereiro de 2014

Não é sempre assim. No Egito ano passado o exercito atirou naqueles malucos da irmandade e o regime não caiu até hoje

redskin em 21 de fevereiro de 2014

Prezado Ricardo... Estou simplesmente excitado por ter recebido aquela resposta negativa. Foi negativa mas existiu. Elimina aquela sensacao de que o que vc pensa nao afeta nada. Um articulista se posicionou. Da Folha. Por obrigacao devo deixar claro que ja fui um propagafor do PT. Apesar de sempre ter me posicionado pelo voto nulo, e nem cabe aqui uma justificativa pois este nao e o foco, na primeira vitorua do lulla, fiz propaganda do sujeito. Montei "cola" para todos os parentes. PT de ponta a ponta. Eu acreditava qu3 uma pessoa que teve origem tao humilde pautaria seu governo e direcionaria os proximos focado em possibilitar uma vida decente a todos. Nada de encurralar empresarios. Sei la. Uma formula magica de abrir oportunidades a todos os que procurassem. Uma ideia de american way. Do nada o mito esquece as origens. Os guerrilheiros se tornam, capitalistas da pior especie. Ou seguem uma receita abrasileirada para o metodo "estatizar-cortar capacitados e nomear chegados - ver a producao cair e exigir metas - camuflar - emitir papel moeda"... O que pensar de um lider que renegou suas origens? Eles nos olham e pensam que estamos todos focados neste bipartidarismo. Somos idiotas aceitando suas justificativas de "o outro fez pior"... Nao existe governo e oposicao. Nao existe esquerda e direita. Existem "eles" e existimos nos. ... e os objetivos deles nao estao relacionados com os nossos... O regime de auto gestao e uma utopia impraticavel. E monotono. E sem ambicao. Nao oferece nada alem da igualdade cinza e sem vida. O voto nulo, tecnicamente, nao existe. Uma impossibilidade. (mas seu percentual e um chute na canela. Imaginar marqueteiros bolando uma estrategia para atingir um "publico" que pode fazer a diferenca e impagavel...) O radicalismo pode nao ser solucao, mas vira manchete. Os xiitas falam da estrategia de jogar o povo contra o povo. Os crentes de teorias da conspiracao ficam na conversa de grupos financiando headbangers (odeio o termo baderneiros...) para afastar manifestantes "de verdade", "do bem"... Todos desconsideram os independentes, como eu, que tem nojo compulsivo desta realidade. Que talvez nossa estupidez nao nos permita ver outra forma de incomodar que a perturbacao absoluta...

redskin em 21 de fevereiro de 2014

Prezado Ricardo... Achei sua avaliacao do tema absolutamente pertinente. Ficou mais do que claro o feedback entre as acoes de um governo e o limite a que se submete a populacao. Sera que ja nao estamos no limite? Insisto: porque nossa provacao e menor que dos estrangeiros? Porque nossa causa e menor que a deles? Uma vez que nao somos ouvidos, como ficou claro quando observamos a urgencia de resposta do governo frente as manifestacoes do ano passado e o que de efetivo se fez, porque nao sermos mais "incisivos"? Vi este link circulando agora p3lo face, coisa antiga, mas aterrador que alguem se lembre disso: http://www.militar.com.br/blog26418-O-Ex%C3%A9rcito-n%C3%A3o-teme-nem-serve-ao-PT-por-Gen-Paulo-Chagas... Estamos fadados a retornar a este estado vergonhoso de governo? Pelos seus textos vejo sua acuidade com os assuntos. De sua opiniao de como a populacao deveria agir. Como esta acao geraria resultados. Existem milhares de nos que gostariam de ver a luz no fim deste tunel. E nenhum de nos acredita que esta luz vira, a curto prazo, pelo voto. Assitir a um horario pooitico obrigatorio e uma piada: "vamos mudar o Brasil, venha conosco...". E isto que nos oferecem? Promessas de investimento nas 5 cobrancas????? Seguranca, saude, educacao, transporte e emprego? As conversas que aparecem para falar do que aflige os cidadaos e nao serao cumpridas porque a culpa e do governo anterior??? Chegamos ao ponto de uma jornalista ser perseguida (cade a liberdade de expressao) por expor ideias politicamente in orretas mas que estao disseminadas nq populacao. Liberdade de expressao aqui so existe se o disseminador for coerente com minhas ideias??? Sei que o Sr vai bloquear o comentario mas, particularmente, me envie sua opiniao. Como proporia uma situacao de mudanca. Os meios. O percurso. As interferencias e possiveis alternativas. Mostre seu ponto de vista alem deste ensaio...

Ronaldo Barra em 20 de fevereiro de 2014

E o governo brasileiro dando apoio a uma ditadura de bandidos como o governo deste salafrário do Maduro. Onde estão os representantes dos direitos humanos do Brasil para protestar contra a violência e os assassinatos de jovens na Venezuela.

Rita Rafaeli em 20 de fevereiro de 2014

Querer que esse aí tenha estudado História é um pouco meio muito, não? Mal deve ser alfabetizado. Pra dirigir ônibus, está mais do que bom.

Leomar em 20 de fevereiro de 2014

Que engraçado! Eu estou "governando este país" há 500 anos? Mas meus bisavôs só chegaram ao Brasil no final do século XIX...

Daniel em 20 de fevereiro de 2014

Desse chofer de bus não esperem nada....está perdido sem freios levando os sonhos dos Venezuelanos ladeira a baixo....canalha..

Joana em 20 de fevereiro de 2014

Apenas a comparação não é perfeita,pois no Irã naquela época,o Xá tentava modernizar o pais,ao contrário do Maduro,que tenta levar a Venezuela à Idade da Pedra. A diferença é que uma população movida por fanatismo religioso,ninguem segura. Nem mortes,nem torturas... Na Venezuela de hoje,as milícias armadas do chavismo,que investem contra uma população desarmada e de rosto descoberto,levam a melhor sem duvida. Não tem como manter uma luta desigual dessas e,a exemplo de Cuba em que os ditadores Castro estão há 50 anos,a custa de uma repressão cruel,uma vez no poder,fechadas todas as possibilidades democráticas,dificil tira-los do poder.

Eduardo em 20 de fevereiro de 2014

Ricardo, convém que nós, brasileiros, não esqueçamos que não é só Maduro que está fazendo tais ameaças. Nossa digníssima presidente já disse pretender colocar o exército nas ruas para reprimir manifestações durante a Copa do Mundo.

Joao em 20 de fevereiro de 2014

O que mais me dói na alma, é ter que ouvir a presidente(a)do Brasil congratulando com os governos de Cuba e Venezuela; até parece que o sonho dela e ser igual a eles; por meio de sonho a nossa presidente(a) esta rasgando a nossa carta magna de 1988 q em seus quatro cantos do início ao fim reza que vivemos em uma Nação em "Plena Democracia;" ainda que não seja plena, mais sei que um dia chegaremos lá... Setti, parabéns pelo sucesso desta pagina(blog), você merece, porque, esta página é o caminho verdadeiro que nos conduz a tão sonhada: Plena Democracia...

Redskin em 20 de fevereiro de 2014

Você está maluco se acha que vou publicar comentário incentivando a baderna e a violência. Aqui, não!

Maso em 20 de fevereiro de 2014

Desde a época de Chaves as milícias agem para amedrontar, e agora para horrorizar mesmo. Como pode um governo se aliar a grupos de criminosos externos como as narcofarcs colombianas e a grupos de traficantes internos? Nosso governo é aliado das narcofarcs, mas ainda não abraçou o PCC e o Comando Vermelho para "fortalecer" seu poder. Menos mal! A Venezuela segue a tempo este caminho. Talvez a morte da Genese seja a Gênese de um novo rumo para a Venezuela. O sacrifício da rosa mostra um vaso com excesso de esterco. Os métodos caninos castristas seguem pela Venezuela. Tomara que seja breve!

Branca em 20 de fevereiro de 2014

Parabéns, Setti. Foi a primeira análise certeira que li em toda a imprensa desde quando se dignou a escrever algumas linhas sobre esse tirano filhote da dupla Fidel/Chávez. Por isso, não podemos ficar sem seus comentários. Muito obrigado, Branca. É a primeira vez que me lembro de ver um comentário seu. Portanto, bem-vinda a esta área. Volte sempre! Um abraço.

Corinthians em 20 de fevereiro de 2014

Setti, Maduro vai cair, mais cedo ou mais tarde. Seu governo começou a agonizar. Infelizmente, depois de tanto tempo, o problema na Venezuela é: o que vai sobrar ? Um país economicamente inviável, cheio de estatais improdutivas ? Um país com inflação galopante e desemprego crescente ? Um país desabastecido em energia e alimentação ? Quanto tempo irá demorar para se reerguer ? A reconstrução será demorada e dolorosa - e para isso será necessário um pacto, dado que não tem mais quase nenhum resquício de democracia por lá. Como fazer um pacto em um país dividido ? Como convencer os companheiros que entopem a máquina pública e as estatais ? Como convencer os cegos pseudo-ideológicos que ainda acreditam que socialismo é algo viável e bom ? Como convencer estas milícias que hoje usam de violência para defender a proto-ditadura ? A Venezuela está dividida. E o momento diz que o caso não é saber qual é o ldao mais forte... mas sim que lado irá sobrar.

aparecido f. em 19 de fevereiro de 2014

Cristina, a velha ... caindo em Buenos Aires.. Maduro caindo de podre em Caracas.. os vermelhos daqui , com sua arrogância devem estar preocupados....onde vão se esconder ?

aparecido f. em 19 de fevereiro de 2014

Cristina, a **** ... caindo em Buenos Aires.. Maduro caindo de podre em Caracas.. os vermelhos daqui , com sua arrogancia devem estar preocupados....onde vão se esconder ????

Juliana em 19 de fevereiro de 2014

Eu sou brasileira e vivo na Venezuela, e todos nós aqui sabemos que tudo que acontece em relação a vandalismo e mortes é culpa da GNB, todos aqui sabemos. Olhem esse vídeo, a própria policia é quem faz vandalismo.. Se o mundo não interferir vai ser pior. http://www.youtube.com/watch?v=QYO9pE3A1ss&feature=share

Marcelo Januzzi em 19 de fevereiro de 2014

"Maldito el soldado que levante las armas contra el propio pueblo" Simón Bolivar

Leniéverson Azeredo em 19 de fevereiro de 2014

O Regime dele não é semiditatorial é ditatorial por inteiro.

Virgínia Souza Pereira em 19 de fevereiro de 2014

Que ele cai, seja julgado e punido com muito rigor por seus inúmeros crimes. É uma pena que muitas pessoas tenham que pagar com suas vidas pela liberdade de seu povo.

BBR em 19 de fevereiro de 2014

Maduro ja era.

Vera Scheidemann em 19 de fevereiro de 2014

Penso que Maduro está a um passo da queda. Não deve demorar muito ! Vera

Paulo em 19 de fevereiro de 2014

Setti, só não concordo com a parte do "regime semiditatorial". Pra mim a Venezuela é uma ditadura em estado puro. O fato de ter sido eleito não muda a condição de ditador de Maduro e Chaves antes dele. Se fosse assim, Hitler seria democrata.

Meia Verdade em 19 de fevereiro de 2014

Dilma disse hoje "Vândalos em protestos é criminoso e deve ser tratado como tal"....e governo criminoso presidente como deve ser tratado?

Meia Verdade em 19 de fevereiro de 2014

Dilma disse hoje "Vândalos em protestos é criminoso e deve ser tratado como tal"....e governo criminoso presidente como deve ser tratado?

Paulo Eneas em 19 de fevereiro de 2014

Caro Setti, As forças armadas em geral, na maioria dos paises, tem muita relutancia (eu arriscaria dizer objecoes eticas, mas posso estar sendo ingenuo) em enfrentar seus proprios concidadaoes nacionais. Exercitos sao treinados para combater outros exercitos e nao civis. Quando as forças armadas de um país precisa lida com multidoes, a ideia nao é de combate ou enfrentamento e sim de contencao. É o que o exercito brasileiro faz, e ao que parece muito bem, no Haiti, por exemplo: exerce funcao de policia, mantendo a ordem, desfazendo assim aquele mito repetido ad nauseam por supostos entendidos de que forças armadas nao estao preparadas para exercer papel de policia. Estao muito bem sim, as vezes melhor do que a propria policia. No caso da Venezuela, se Maduro continuar ordenando o Exercito a combater (e nao apenas conter) as manifestacoes, nao existe o risco de dissencoes nos proprio exercito e dessa forma abrir caminho para uma guerra civil?

Ciro Lauschner em 19 de fevereiro de 2014

Setti: Em todas as publicações, desde jornais a revistas claramente chapa brancas, os comentários dos leitores fazem uma relação dos episódios da Venezuela ao futuro que nos espera com uma eventual vitória petista.Há de certa forma alguns exageros pela realidade diferente entre nós e eles,parodiando os políticos do PT, mas acho que é isso que o povo começa a suspeitar.Isso já ouvi falar até de frentistas de um posto de gasolina,para não ficar somente nos leitores de jornais e revistas. Em meu chutômetro acredito cada dia mais que a era PT está caminhando para o fim,baseando meu raciocínio de que a classe média mais culta que já foi a patrocinadora da vitória de Lula-Dilma, hoje está quase totalmente contra e ela tem um poder de influência muito grande.Baseio- me também nas pesquisas que mesmo fora de época o que não dá nenhuma garantia de resultado, está mostrando uma Dilma estagnada e ela é a única claramente em campanha, ou seja contra ninguém por enquanto.Ao meu ver quando ela começar a descer, ela perderá a aura de imbatível e começa o contrário que é a aura de inviável e aí, sai debaixo, que boiada que estoura, quem fica na frente sai atropelado, como se diz no interior.

fred oliveira em 19 de fevereiro de 2014

Será que a américa latina vai continuar optando pelo atraso, pe,lo populismo, pela ditadura esquerdista? E Lula e Dilma, vão lamentar a morte, mais uma vítima do seu presidente, Nicolás Maduro? Vergonha esse amor de Lula, Dilma e PT por ditaduras.

Dominguito Torres Posse em 19 de fevereiro de 2014

miren

Meia Verdade em 19 de fevereiro de 2014

Quero que a oposição e a imprensa cobre qual a posição de nosso governo?

Meia Verdade em 19 de fevereiro de 2014

Setti, muito bem lembrado. Afinal qual a posição do nosso governo?, ficaria o nosso governo em cima do muro dando sinais que se acontecerem por aqui teremos a mesma resposta? Afinal Dilma qual sua posição?

Ataíde em 19 de fevereiro de 2014

Acredito mais que o povo venezuelano irá passar fome quietinhos, sem protestar daqui pra frente. Acredito assim porque no Brasil não seria diferente... Somos parte da mesma América. E nem de alerta isso da Venezuela nos servirá. Haja vista que o lulo/petismo venceria hoje em primeiro turno.

Moacir 1 em 19 de fevereiro de 2014

Prezado Setti, Nos blogs hermanos os rumores começaram.Diosdado teria negociado a rendição de López com a família dele,logo que as ameaças de morte ao líder opocionista começaram.Na realidade foi Maduro quem anunciou que assassinos haviam sido contratados para liquidar com López.No entanto, bobamente ,o Ministro da Justiça negou o delírio do Comandante e - IMAGINE! - desmentiu que a prisão de López tivesse sido decretada antes das negociações terem sido iniciadas por Diosdado Então,para los hermanos, a coisa toda foi uma farsa. Uma coisa, porém, é certa.Diosdado está sendo transformado no Garoto Propaganda do Regime,tendo cada vez maior exposição pública.Ele comandou o ataque aos contrabandistas na fronteira colombiana,tem seu próprio programa de TV, e foi para ele que López se entregou, tendo sido Diosdado a acompanhá-lo até a prisão.Estas coisas nada tem a ver com suas funções oficiais -ele é o Presidente da Assembléia Nacional! Há alguma coisa sendo cozinhada na cúpula Chavista, que precisa da presença do militar-deputado Diosdado na frente da batalha ,dando uma de Grande Líder! Muitos venezuelanos o apontam - face ao enorme desgaste de Maduro por conta das questões econômicas catastróficas - como o verdadeiro autor ,por trás da cortina ,das decisões governamentais.Comenta-se que Diosdado assumirá o poder. A situação é de caos.Mais manifestantes presos em Valencia, estudantes feridos de bala por collectivos,repressão violenta em San Cristóbal,fogos e barricadas nas pequenas e grandes cidades,teorias conspiratórias e inércia por parte dos Governos latinos americanos cumpanheiros. As diferentes uniões de estudantes - USB, UCV; UNIMET; UMA; LUZ; ULA - estão SIM sob algum tipo de liderança.Eles fecham ruas e discursam, protegem-se contra as milícias,distribuem panfletos na estação de metrô de Palo Verde e concedem entrevistas à Globovision.Estranhamente Caprilles não tem sido muito visto. Fala-se ,nos blogs, em 2 alternativas: colocar pressão no governo até que ele rache - para melhor ou para pior! - ou ir com Caprilles " CASA POR CASA" e - quem sabe? - em alguns anos os venezuelanos possam respirar! Ambas as estratégias são arriscadas e podem terminar horrivelmente mal.O fato é que AGORA, o povo venezuelano está FURIOSO Não pense que los hermanos vão ficar sentadinhos assistindo novelas ,enquanto seus jovens são estuprados com rifles de assalto nas prisões chavistas.Los hermanos perderam o medo! Protestam contra a inflação,contra a falta de alimento,de papel higiênico e de pregos,contra a insegurança jurídica, contra a violência,contra todos os abusos aos direitos humanos,contra a presença dos cubanos no país DELES!E embora o slogan estudantil seja estúpido - laSalida! - a maioria dos comentaristas me parece beeeeem objetiva. O propósito inicial de demonstrar ao mundo e aos "doutrinados" a revolta popular,já foi mais do que bem sucedido e delivered.Novas ações estão sendo combinadas para espalhar a mensagem e fazer o Regime suar. Veremos greves,demonstrações em locais governamentais,piquetes defronte de embaixadas e por aí vai. O espírito de resistência dos estudantes acabou com a apatia das oposições após aquela segunda derrota nas urnas em dezembro e escancarou a postura de gangster desse chavismo covarde e insano. Pelo que tenho lido,acredito que os venezuelanos poderão já ter solo fértil , devido à enorme frustação popular - os venezuelanos já não aguentam as filas, os crimes, a carestia, a infraestrutura caindo aos pedaços - para uma campanha de desobediência civil.As sementes foram plantadas pela enorme arrogância e incompetência governamental. Lembra de Violeta Chamorro na sua luta contra o sandinismo repetindo - "Tenemos hambre, queremos amnistía, tortillas más baratas, fuera el servicio militar"? Pois é. E isto foi antes do twitter,da internet,de todos esses valentes jovens venezuelanos terem nascido.Agora lemos por todo lado "Queremos seguridad, no más colas, abajo la inflación". O governo não vai poder segurar essa batata quente por muito tempo.Só espero que os venezuelanos que estão nas ruas compreendam que laSalida não é apenas "FUERA MADURO" e SIM,uma madura opção pela DEMOCRACIA. E muito principalmente, se soubesse rezar eu o faria, para que estes sociopatas chavistas,esses boliburgueses comunistas de salão,esses ridículos e desequilibrados caudilhos, não ordenem que seus tanques abram fogo contra indefesos civis. Abraço

Antonio em 19 de fevereiro de 2014

Em breve, Maduro vai levar um chute na bunda. Existem mentes inteligentes no chavismo que sabe que Maduro é um grande problema porque é um grande idiota.

Marcio S. Lacerda em 19 de fevereiro de 2014

Caro Setti Eu morava no Canada e acompanhei a política americana na época e tenho uma visão um pouco diferente. Em nome dos direitos humanos o Xa foi forçado a liberar da prisão seus inimigos e vários dos seus aliados foram presos. Houve uma política de desestabilização e com seu afastamento seus inimigos deram um banho de sangue na oposição e assim se firmaram pelo terror no poder. Lembra muito a revolução Cubana. Caro Marcio, respeito sua opinião, mas eu era subeditor de Internacional de VEJA na época e fui responsável por duas reportagens de capa sobre a queda do xá. Tínhamos correspondentes internacionais que cobriram o caso e tivemos enviado especial ao Irã. É claro que o caso todo foi muito mais complexo e cheio de detalhes do que as poucas linhas que escrevi -- houve a tentativa de um governo provisório com o moderado político Shapour Bakhtiar, por exemplo --, mas, acredite, sei do que estou falando. Abraço

Luiz Fernando Velho em 19 de fevereiro de 2014

Muito bem lembrado. O que está acontecendo na Venezuela - a revolta da população contra o caos social e econômico, bem como contra a ditadura - terá reflexos em toda a América Latina, já que o chavismo é parte de um projeto para tornar o continente inteiro uma espécie de protetorado de Cuba. Por aqui, boa parte da população ainda não se deu conta do que está por vir. Essa leva de governantes populistas/socialistas já passou do limite da irresponsabilidade e, mais cedo ou mais tarde, enfrentarão os tribunais.

Luiz C. em 19 de fevereiro de 2014

Com mais uma vítima: A Miss que fora atingida, morreu. Que tristeza!!! Maduro, a tua hora está MADURA!!!

Seu Zé em 19 de fevereiro de 2014

Sei não Setti, mas a coisa está tão encalacrada na Venezuela que eu não tenho muita esperança na queda do Maduro. Só se a coisa descambar para uma guerra civil, o que acho difícil. Uma parte importante da população apoia o governo. Ganham suas migalhas estatais, o que está de bom tamanho. Entraram num ciclo de mendicância e dependência do estado que perderam a perspectiva de algo melhor, da liberdade. Para completar, o chavismo é extremista, ou seja, não vão largar o osso por nada, irão até o fim. Pobre Venezuela....

Michel em 19 de fevereiro de 2014

Este é que o grande amigo do pezidenti?Este é que o grande amigo da gerenta?È isto que querem para nós? È isto que os petistas querem para seus filhos,netos ou para si próprio?estamos no caminho,não vai demorar.BRASIL,UM PAÍS DE TOLOS.

marcos veloso em 19 de fevereiro de 2014

Meu amigo Setti; Teerã foi muito triste,lembro-me e,este sr.Nicolás Maduro,ele parece um projeto de ditador que nem sabe o que esta fazendo numa posição de um presidente a sua nação,ele castiga o povo venezuelano,maltrata a vida das gerações,sem rumo,tudo o que ele fala são dizeres fora da democrácia.Se ele pensar bem,nenhum projeto de ditador e ditador de gerações,não tiveram um final feliz,ele esta assinando sua própria derrota. Setti,se ele cair Dilma dará asilo para ele???

Rafael em 19 de fevereiro de 2014

Incrível que a história sempre se repete!

o desPTtizador em 19 de fevereiro de 2014

OFF TOPIC! Adivinhem QUEM SEMPRE está do lado para ajudar BANDIDOS ‘DI MENÓ’? Os canalhas do PT, uai! http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/no-senado-governistas-barram-punicao-mais-dura-a-menores-infratores

Pedro Luiz Moreira Lima em 19 de fevereiro de 2014

Caro Setti: Caso possa divulgar minha carta aberta ao Ministro Celso Amorim Obrigado Pedro Luiz Carta entregue ao Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, em mãos, com vídeos e documentos, no aniversário dos 70 anos do Primeiro Grupo de Caça na Base Aérea de Santa Cruz, Rio de Janeiro em 20 de dezembro de 2013. Estimulado num depoimento publico na mesma Base Aérea dado pelo Ministro Celso Amorim - "Lamento não estar aqui presente, por motivo de falecimento, o MAJOR BRIGADEIRO RUI MOREIRA LIMA, onde aqui na mesma solenidade, o conheci e aprendi lições de heroísmo, defesa da SOBERANIA NACIONAL e finalmente na DEFESA DA LEGALIDADE E DEMOCRACIA..." Hoje dia 18 de fevereiro de 2014 sem receber qualquer resposta e ainda os Direitos Constitucionais de minha família NEGADOS, publico uma carta aberta dirigida a todos que lutam por um PAÍS DECENTE, JUSTO e HUMANO. Rio de Janeiro, 18 de fevereiro de 2014. Pedro Luiz Moreira Lima EMBAIXADOR CELSO AMORIM. Meu nome é Pedro Luiz Moreira Lima, filho do MAJOR BRIGADEIRO RUI MOREIRA LIMA, veterano da Segunda Guerra Mundial,combatente do Primeiro Grupo de Caça,piloto combatente com 94 missões de guerra nos céus da Itália contra um Inimigo Externo, o Nazifascismo. Entrego-lhe o livro Senta a Pua! , já na terceira edição, que conta a história do Primeiro Grupo de Caça, hoje livro referência da História Militar da Aeronáutica na Segunda Guerra Mundial. Entrego no mesmo envelope, trechos de vídeos, de depoimentos dados a Imprensa, à Comissão da Verdade, depoimento do meu pai no Palácio do Itamaraty, em solenidade de lembrança do terrível Holocausto aos Judeus e outras minoria, finalmente artigos diversos que o ajudarão a conhecer um pouco da vida do pai e de seus familiares na luta constante pela redemocratização , defesa do Direitos Humanos, da Soberania Nacional, tão violentamente atacados e destruídos pelo famigerado Golpe Civil Militar de 1964, durante 21/22 ou mesmo 25 anos. Ainda hoje, Senhor Ministro, os Militares Cassados pelos Atos Institucionais, que foram retirados de suas carreiras, impedidos de exercerem suas profissões e outras profissões na vida civil, todos presos, e de uma forma ou de outra torturados, alguns assassinado e desaparecido, pessoalmente ou por suas famílias continuam lutando por seus Direitos Constitucionais reiteradamente NEGADOS pela Administração Militar, e com apoio da AGU. Esse procedimento, inquestionavelmente, viola Preceitos Constitucionais artigo OITAVO do ADCT, que estranhamente têm sido NEGADOS em pleno governos da Nova Republica e de Dirigentes também Cassados e Perseguidos pela Ditadura de 1964. Que crimes cometeram? o de colocar-se ao lado de Governante, legitimamente eleito pelo Povo Brasileiro? Negar-se a rasgar a Constituição para cumprir ordens de Militares Golpistas? Não usar da Força contra o Povo Brasileiro? Senhor Ministro - do funcionalismo publico brasileiro, os Servidores Militares foram os mais os mais atingidos, em maior número, cerca de 8.400, e que ainda estão a lutar, não pela ANISTIA, já que crimes não cometeram, mas sim , por seus Direitos garantidos pela Constituição ARTIGO OITAVO do ADCT, regulamentado pela Lei número 10.559/2002. Não sou advogado , nem jurista e incapaz de escrever arrazoados jurídicos, escrevo hoje como filho e o faço em defesa dos DIREITOS DO MEU PAI E DE MINHA FAMÍLIA. Esperaram sua morte , ocorrida no dia 13 de agosto de 2013, dando-lhe por Direito e Justiça , as HONRAS MILITARES. Sem ser comunicado em vida e pior sendo garantido que os direitos de sua mulher e filhas estavam por Lei e Direito Concedidas e no entanto foi novamente CASSADO e com NOVAS PERSEGUIÇÕES. Cassaram do meu pai a Condição de MILITAR, amparado por seu ESTATUTO, para transformá-lo num ANISTIADO POLÍTICO MILITAR, com Direitos Expressos por uma lei regulamento. Meu pai morreu com a certeza absoluta dos Direitos de Pensão de suas filhas, Sonia Moreira Lima e Claudia Moreira Lima, pois, por mais de QUARENTA ANOS , contribuiu para a Pensão Militar, nos termos da Lei número 3.765, só deixando de contribuir a partir de 2008, porquanto a Lei de número 10.559/2002 Assegura aos Cassados ISENÇÃO de IMPOSTO DE RENDA e de CONTRIBUIÇÃO para a PENSÃO MILITAR, sem que perdessem as mulheres e filhas o direito a Percepção da Pensão. Em 2008, de maneira UNILATERAL e sem avisos, seja da FAB ou MINISTÉRIO DA DEFESA, passaram a alegar que os MILITARES ANISTIADOS, não mais teriam os seus Direitos Regulados pelo ESTATUTO MILITAR, minhas irmãs, até então, desfrutavam por DIREITO, agora negados por se tratar de um ANISTIADO POLÍTICO!!! o que vem sendo atingidos os demais militares punidos pelos Regimes Ditatoriais. O Posto de MAJOR BRIGADEIRO do meu pai foi conseguida pela Justiça Comum, após a promulgação da Constituição de 1988. Entrou na justiça no mesmo ano e, somente em 1992, obteve sua promoção deferida por decisão unânime no STJ. Em 1999, mais uma vez , através da Justiça Comum obteve seu POSTO DE TENENTE BRIGADEIRO, cuja decisão foi confirmada pelo STJ. Todavia o processo encontra-se parado no STF por conta de medidas protelatórias vida da PGR, a pedido do MINISTÉRIO DA DEFESA do qual o senhor é MINISTRO. Essa carta, Ministro Celso Amorim, não é um pedido e tem por objetivo de denunciar ao senhor a violência que vem sendo novamente cometida contra meu pai, sua família e contra TODOS MILITARES que se recusaram a praticar GOLPES E ATENTADOS CONTRA OS DIREITOS HUMANOS. Com respeito e admiração de sua luta pela redemocratização do Brasil. ADELPHI! SENTA A PUA,BRASIL! Pedro Luiz Moreira Lima 20 de dezembro de 2013.

Bruno Sampaio em 19 de fevereiro de 2014

Que Deus te ouça, Setti! Seria um excelente recado aos fãs do ditadorzinho de mierda por aqui. Como o mundo dá voltas! Eu era muito pequeno para ser subversivo nos anos 60/70, e agora sou um subversivo do século XXI, com farta literatura revolucionária aqui em casa que pode me levar para a cadeia um dia! PQP!!!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI