Image
Chefes militares venezuelanos, tendo à frente o ministro da Defesa, almirante Diego Molero Bellavia, fazem a saudação com o punho levantado (Foto: Telesur / AFP)

Depois de anunciar ontem que os militares venezuelanos cumprirão a Constituição chavista — como se, num país democrático, fosse preciso militares “anunciarem” que farão sua mais elementar obrigação –, o ministro da Defesa da Venezuela, almirante Diego Alfredo Molero Bellavia, encabeçou uma saudação ao falecido caudilho Hugo Chávez levantando o punho ao alto, no velho estilo comunista do século passado.

Os demais chefes militares que o circundavam no pronunciamento feito pela TV fizeram o mesmo.

Vocês já imaginaram oficiais-generais franceses, australianos ou canadenses fazendo isso?

E nem é preciso ir tão longe: se chefes militares brasileiros agissem assim, o mundo viria abaixo — e com razão.

Esta é a Venezuela “democrática” que o chavismo legou.

Ah, enquanto anunciava o cumprimento da Constituição, o almirante Molero Bellavia deslocou tropas para as ruas de Caracas, por solicitação do vice-presidente Nicolás Maduro, sob o pretexto de “manter a ordem”.

Para isso não existe a polícia?

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 3 =

Nenhum comentário

Diogo em 18 de março de 2013

Quem acha que um jornalista como eu escreve para "amos" é um imbecil, um débil mental, um fanático e um mentiroso.

interrogações à distância em 08 de março de 2013

Não agüento mais essa história de nacionalismos "pardos-vermelhos". Se é verdade que à História é trágica, na AL (por livre e espontânea vontade de muitos, sem falar na ferrenha birra de alguns !) o cálice ainda não cessou de transbordar...

Rose em 07 de março de 2013

Fim da picada!

Luciana S. em 07 de março de 2013

Prezado Ricardo, todas as manifestações das autoridades e da população venezuelanas decorrentes do anuncio da morte do Chávez, são preocupantes e precisamos mesmo acompanhar de perto, principalmente pelo fato da proximidade do nosso governo brasileiro, que sabemos bem, desde 2002 faz questão de cortejar e exaltar regimes autocratas e nada democráticos, que ao meu ver, só expõe a verdadeira ambição do PT em instaurar aos poucos, sistema semelhante por aqui. Outros podem perguntar, afinal, porque não fizeram isso antes, quando assumiram o poder no país? A turma que combateu a ditadura militar nas guerrilhas lá atrás, nos anos 60 (que está infiltradíssima no lulopetismo e sabemos bem quem são)tiveram a chance de perceber que não haveria apoio da população aos ideais revolucionários através da luta armada. Ao fracassar retumbantemente na empreitada, espertamente concluiram que o caminho por aqui seria outro: passariam a posar como "defensores da democracia" e mais cedo ou mais tarde chegariam lá pelo voto. Caminho mais longo que acabou funcionando. Não vão largar o osso de jeito nenhum e é justamente por isso que espaços como o seu e de outros colunistas da Veja são fundamentais para sabermos que existem muitas pessoas que não se deixam levar pela lavagem cerebral que vemos na Venezuela e que infelizmente, está em curso aqui no Brasil tb! Esta imagem do artigo acima é uma amostra do que poderemos colher num futuro próximo e se não quisermos ser a Venezuela de amanhã, precisamos continuar criticando, SIM, o Lula, a Dilma, o Gilberto Carvalho, o Rui Falcão, o Franklin Martins o Marco Aurélio Garcia, os mensaleiros condenados e os não condenados tbém (a lista é enorme)!! Que não confundam isso com obsessão ou admiração pelo ícone dos esquerdopatas, "Lula o Grande", que na realidade é só um instrumento (embora perigoso) de valor pela sua capacidade de comunicação com a massa majoritária menos favorecida intelectualmente. Mantenham-se firmes e não se calem pois seguidores não faltarão. Parabéns a todos os jornalistas independentes, vcs são meu consolo!

Sargent D em 07 de março de 2013

Imaginem essa foto, só substituindo os rostos pelas faces: do Papa Luiz Inacius 171, *******, ******, o ****** de Garanhuns; presid**** ****** diLLma; zé ***** dirceu; poppi pai e poppi filho; martinha R & G; etc etc. Tal foto seria obrigatória em todas repartições públicas como um verdadeiro culto ao LULLO-PETRALHISMO!!!!

Alipio Queiroz em 07 de março de 2013

Pois é... E entre eles, estarão Lula, Dilma, e até o chefe da quadrilha de assaltantes de bancos, Zé Dirceu, que deixou de lado a preocupação com a cadeia, e solicitou ao STF autorização pra ir a Venezuela homenagear o militar e ditador Chávez. Pois é... Zé e Dilma, são os mesmos que, até armados, lutaram contra a nossa ditadura militar, e tudo em nome da DEMOCRACIA, que hoje sabemos ser MENTIRA. Eles são comunistas, que viveram o tempo todo atrás da moita!

Camilo castro em 07 de março de 2013

Carlo: Se não se incomodar gostaria de saber o que voçe entende por figura exótica. Abraço.

Dimas em 07 de março de 2013

E aquelas túnicas horrorosas no melhor estilo Mao? O ajuntamento para foto, atrás do púlpito, denota uma grande desorganização e falta de hierarquia.

[M] em 07 de março de 2013

Esse não é um simbolo simplesmente comunista, é um gesto usado diversas teorias anti-capitalistas ou libertárias. Mais justo usar um gesto que representa a cultura do País. Exemplo de uma sociedade declarada nazista alevantar a mão, uma sociedade cristã fazer o sinal da cruz etc. O exercito provavelmente seja para inibir qualquer tentativa de golpe até as próximas eleições. Meio pesado, mas não vejo grande importância nisso.

jefff em 07 de março de 2013

Mudando de assunto toda essa história me lembrou um filme antigo filmado no Brasil: Luar sobre Parador.

Corinthians em 07 de março de 2013

Setti, Parece-me que muitos milicianos irão para Roma. Segundo fontes bem informadas, eles acharam estranho essa coincidência de datas entre a renúncia do Papa e a morte de Chavez... estão achando que o Papa renunciou para mudar o foco sobre o fato de Deus ter decidido encerrar a vida do caudilho - o que claro configura golpe, já que no terceiro plebiscito feito ficou decidido por votação democrática que Chavez não poderia morrer antes de fazer o juramento solene na frente do judiciário.

carlos nascimento em 07 de março de 2013

Ricardo, Surgem dados interessantes, colocando em xeque os discursos anti-americanos de Chávez; nos últimos anos a Venezuela quadruplicou suas importações /compras junto aos..... EUA, confirmando o que já se sabia, o discurso era apenas de fachada, a mídia de aluguel ajudava criar o factoide do sargento bufão. A conta chegou, o País do petróleo, depende totalmente das importações dos derivados, deixando a turma do "Texas" feliz da vida, eis a razão de Obama ter deixado de lado o bolívar-de-hospício.

carlos nascimento em 07 de março de 2013

Ricardo, Vamos aguardar o sepultamento de Chávez, na próxima semana o cenário vai transparecer os rumos do que está por vir,mas não creio que a corrente do "chavismo"irá entregar a rapadura tão fácil, dias de turbulências chegarão, vai ser briga de foice pela tomada do poder. Há um agravante nisso tudo,a situação econômica é desesperadora, além do vácuo de lideranças, Chávez era centralizador,tudo girava em torno da figura exótica, não tinha sido preparado nenhum substituto para o destino que já estava traçado desde 2011, o vazio de lideranças é terrível. Oremos pelos Venezuelanos, nem pensar em termos novamente na AL, ditaduras militares.

Angelo Losguardi em 06 de março de 2013

Ah... Contagem regressiva pra que aquele "rapaz" que diz que Cuba é um paraíso apareça pra defender a ditadura chavista. 5, 4, 3, 2, 1.....

Angelo Losguardi em 06 de março de 2013

Puxa, como esses americanos são horríveis! Claro que eu acreditei nessas informações que o irmão do Fidel postou! Vamos torcer pra que sejamos logo governados por um regime cleptocrático ditatorial! Coisa horrível esse negócio de democracia!

Angelo Losguardi em 06 de março de 2013

"E nem é preciso ir tão longe: se chefes militares brasileiros agissem assim, o mundo viria abaixo — e com razão." . Não, Setti. Se eles fizessem isso de apoio ao petê não se ouviria um pio nas redações.

Bruno Sampaio em 06 de março de 2013

Que beleza de exército! PQP!

Camilo castro em 06 de março de 2013

Ricardo Setti: Obrigado por fazer do seu blog um espaço de debate sadio e democratico é publicar todos os comentarios apesar da carga ideologica que estes possam conter. Parabens e obrigado. Abraço. Caro Camilo, Nem todos reconhecem isso, por esta razão agradeço a você especialmente. Um abração

Camilo castro em 06 de março de 2013

Eu não sei dizer como os militares de um pais democratico saudam, mais sei como se comportam e comportaram os governos e militares "democraticos" enemigos de Chavez. Lhes conto so uma parte: Irak 500.000 crianças mortas por bombardeios, 70.000 civis na Siria, 25.000 no afganistão, 276.000 na regiao ocupada por Israel, de 2.000.000 a 4.000.000 no Vietnam, etc. Sera que é importante como saudam os militares de um pais?. Quando os militares latinoamericanos estuprabam mulheres gestantes, torturabam jornalistas, jogabam pessoas vivas de avioes, faziam guerras baixo os efeitos do whisky importado contra a inglaterra, etc. ninguem se pergunto como eles saudabam. Não so não se perguntou como saudam, senão que se apoio estas praticas importadas do norte do continente. Disculpem meu portugues. Abraços.

moacir em 06 de março de 2013

E não é que o VOVÔ é de direita.Olha só qual braço ele mal levanta!

Silas S. Carvalho em 06 de março de 2013

A figura deste militar mais idoso, o único de boina vermelha, realmente impõe muito respeito. Chávez deve ter morrido é de medo deste coronel - afffemaria!.

Geraldo de Freitas em 06 de março de 2013

Coincidência: ontem, morte do tirano comunista Stálin completou 60 anos O anúncio oficial do falecimento do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, coincidiu com a morte, num dia 5 de março, há 60 anos, de um dos maiores tiranos da História, que por mais de três décadas conduziu a ferro e fogo o destino da antiga União Soviética, transformando-a numa potência militar e econômica comunista, ao custo de fome, miséria, tortura, guerras, terror e exílio de milhões de soviéticos. Personalidade marcante, paranóico e ambíguo, filho de um sapateiro cruel, Josif Vissarionovitch Djougachvili aliou-se a Hitler, que invadiu a URSS, matando 20 milhões de soviéticos. O império do terror stalinista começou a ruir após a morte dele, com a ascensão de Nikita Kruchiov e o lento fim da censura que erigiu o mito do "Guia genial dos povos

Sergio em 06 de março de 2013

Só vi mais fente chorando no velório de ditador da Coréia do Norte.

O ANTIPETRALHA em 06 de março de 2013

Eu pensei exatamente a mesma coisa quando eu vi esta imagem. Até a péssima cenografia em que os militares estão inseridos dá um ar de país bananeiro. Só faltou um bigode no almirante Molero Bellavia para ser a cereja da cena. O velhinho de boina vermelha também está bem ridículo, porque ele mal consegue levantar o punho. http://oantipetralha.blogspot.com.br/ O ANTIPETRALHA

@MauroVS em 06 de março de 2013

Chávez saudando com a mão esquerda era uma aberração. Estado Maior serrando o punho independente de ordem, se com a direita ou esquerda, dá para imaginar o nível profissional.

Marco Balbi em 06 de março de 2013

Dizer mais o que, meu amigo? Você já disse tudo! Estão dominados!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI