Para comemorar 1 milhão de acessos a seu canal oficial no YouTube, o FABVoficial, a Força Aérea Brasileira postou um belo vídeo feito do cockpit de um avião militar turboélice A-29 Super-Tucano.

O Super-Tucano, fabricado pela brasileira Embraer, é uma aeronave que pode ser usada em contra-insurgência (como ocorre na Colômbia, na luta das Forças Armadas contra a narcoguerrilha), para ataques leves ao solo e outros fins, inclusive treinamento de pilotos.

Além do Brasil, vários países utilizam o aparelho, do Chile à Indonésia, sem excluir a mais poderosa força aérea do mundo, a USAF, dos Estados Unidos — há Super-Tucanos atuando, por exemplo, no Afeganistão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 9 =

6 Comentários

Abreu e Lima em 17 de fevereiro de 2015

. Ai, ai, ai... "Super-Tucano"... Que dó... Em uma guerra de verdade deve prestar-se a transportar correspondências (e estou deixando de lado esse mundo de e-mails, comunicadores instantâneos, redes sociais...). . Na Colômbia está dando um calor enorme nos canalhas assassinos que se intitulam "guerrilheiros" das Farc. O aparelho tem bom prestígio internacional. A Força Aérea mais poderosa do mundo, a dos Estados Unidos, incluiu o Super-Tucano entre as aeronaves de treinamento de seus pilotos. O aparelho foi também usado em ataques ao solo no Afeganistão.

Luiz em 16 de fevereiro de 2015

Embraer e Vale do Rio Doce. A tal da "privataria tucana" livrou essas empresas das garras imundas do PT.

Valentim-Pr em 14 de fevereiro de 2015

Rock brabo do bom mas, incompatível com as imagens q deveriam ter. Aquelas quedas, simulação de ataques, mergulho e perseguição, tiros em alvos etc etc... Ficou devendo. Mesmo assim, simples mesmo, não é criação da petezada. Sim, de gente que pensa e progressístas. Se a Embrer estivesse nas garras do pt, estaria entupida de ratos e baratas petístas e fabricando uns téco-técos do tempo da onça.

paulo em 13 de fevereiro de 2015

o título não tem nada a ver com a imagem... onde está a emoção?

Eduardo em 13 de fevereiro de 2015

Fundo musical irritante, sem qualquer manobra a meu sentir, inteligente e o piloto toda hora mexendo em alguma planilha sobre as pernas. A FAB podia fazer melhor e trocar o som ou deixar um som mais de aeronave. Nota 4

Jorge Santos em 13 de fevereiro de 2015

É de se imaginar a situação da Embraer se estivesse, hoje, nas mãos de petistas. Felizmente, a empresa se livrou desse triste destino e está prestes a produzir um jato militar cargueiro de sucesso garantido. O mesmo não se pode dizer da desmoralizada Petrobras...

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI