Image
O mar, a montanha nevada e Damien, carregando sua prancha de surf: uma aventura e tanto (Fotos: O’Neill)

Para 99,99% dos simples mortais, “surf” é a última palavra que podemos associar ao Alasca, o estado americano mais próximo do Polo Norte, detentor do recorde de frio daquele país (-62º Celsius na cidadezinha de Prospect Creek em 23 de janeiro de 1971).

Contente por figurar entre as raríssimas exceções desta regra, o surfista e aventureiro francês Damien Castera realizou uma proeza para poucos, bem poucos: passou dois meses viajando por locais remotos deste imenso território invernal, acampando, pescando suas próprias refeições e surfando em águas de temperatura inimaginavelmente baixas.

Image
Damien tentando se aquecer em acampamento

Maior estado americano, com 1,5 milhão de quilômetros quadrados – equivalente a seis estados de São Paulo – , o Alasca é terra de lindas paisagens naturais e rica fauna. Castera e sua minúscula equipe puderam comprovar ambas características ao vivo, como mostra o vídeo abaixo, produzido pela marca americana de roupas de surf O’Neill. Em uma das passagens, pouco depois do minuto 4, o bravo francês é visto dividindo uma onda com o que parece ser uma foca.

Outros ilustres habitantes da região, os ursos, também comparecem. Por sinal, para evitar supresas desagradáveis possivelmente causadas por animais hostis, Damien e companhia carregaram nas mochilas tubos de spray de pimenta. Confiram a odisseia:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =

2 Comentários

Dulce Regina em 24 de janeiro de 2014

Querido Setti, no meio de tanta notícia ruim, olhar uma " pérola " desta, é uma maravilha. As imagens são fantásticas, os participantes do vídeo, têm um espirito aventureiro incrível. Trilha sonora, impecável . As imagens finais, fecham com chave de ouro, toda a adrenalina vivida pelos rapazes e alivia nossa alma. Obrigada pelo presente, Dulce Regina

Maria Augusta em 24 de janeiro de 2014

Lindo vídeo. Mas espero que ele não tenha atropelado nenhuma foca.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI