Image
Passeio de arrepiar: adrenalina segura no maior prédio do Canadá (Foto: Edgewlakcntower.ca)

Sim, caros leitores, um passeio a 365 metros de altura — acima de prédios, e uma imensidão de água! Quem oferece essa dose maciça de adrenalina a qualquer mortal corajoso é a EdgeWalk, e o prédio é a CN Tower, de 116 andares, em Toronto, no Canadá.

Lá, um grupo de pessoas, guiadas por um monitor, pode se pendurar na borda do mirante, sem nenhum obstáculo, nenhum corrimão, nada! — seguro apenas por equipamentos.

Image
É adrenalina que não acaba mais (Foto: Edgewlakcntower.ca)

Os bravos que aceitam o desafio são agraciados com uma vista de tirar o fôlego: Toronto inteira, a maior cidade do Canadá, o Lago Ontário e Buffalo, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Essa é a primeira atração do gênero na América do Norte, e a experiência toda dura cerca de 90 minutos. O equipamento de segurança consiste em cintos ligados a um trilho no teto, mas para apreciar a aventura é necessário cumprir exigências de peso e altura.

Image
O CN Tower foi, durante 34 anos, o maior edifício do mundo (Foto: Edgewlakcntower.ca)

Inaugurada em 1976, a CN Tower se tornou o edifício mais alto do mundo, e a torre mais alta do mundo, mantendo os dois recordes por 34 anos até a conclusão do Burj Khalifa, em Dubai e a Torre de Cantão na China

LEIAM TAMBÉM:

VÍDEO DOIDÃO: jovem russo filma as próprias emoções ao pular de bungee jump

VÍDEO DE ADRENALINA NA VEIA: demonstração de perícia quase sobre-humana num carro, em plenas ruas loucas de San Francisco

Vídeo, fotos e ilustrações de alta octanagem: as ousadas e dificílimas acrobacias aéreas da Esquadrilha da Fumaça da FAB

VÍDEO ES-PE-TA-CU-LAR: homens voadores entre florestas e montanhas inacreditáveis na China

FOTOS DE ASSUSTAR: vivendo literalmente à beira do abismo

VÍDEO E FOTOS DE ADRENALINA NA VEIA: o “flyboard”, novo jetski que permite “voar” sobre as águas

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

4 Comentários

Paulão em 16 de abril de 2013

Caraca, Setti. Me lembrei daquelas fotos que você mostrou há tempos, com as pessoas passeando em uma plataforma de vidro sobre um canyon. Senti tontura, de novo! Aliás, estou ficando velho para esse tipo de emoção. Outro dia fui a um parquinho de diversões com minha neta de oito anos e quase desmaiei no brinquedo das xícaras giratórias (enquanto ela vibrava!) Tá louco! Só criança mesmo pra aguentar isso, hahahaha... Um abração, Paulão.

Dulce Regina em 12 de abril de 2013

Setti, não sei como consegui ver o vídeo todo. Meus batimentos cardíacos aumentaram e, ao final senti uma pressão na cabeça... Caramba ! Que loucura ! Já estive nessa torre mas, almoçando no restaurante. Bem mais agradável e, SEGURO.

Luiz C. em 10 de abril de 2013

Eu seria voluntário, mas somente com equipamento de segurança duplo; pela foto, parece que estão usando apenas uma tirinha e uma corda. Já pensou se elas apresentam falhas?!!!

toninho malvadeza em 09 de abril de 2013

Meu amigo Setti .Agora você judiou de mim,meus pés suaram,minhas pernas ficaram trêmulas,minha barriga doeu,minha respiração ficou paralisada.Mas fui até o fim...(acho que vou ter pesadelos hoje)

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI