Numa campanha de conscientização sobre bebida e direção para ser divulgada como viral pela internet, dois conhecidos bares de São Paulo, o Aurora e o Ferraz, encomendaram para a agência de publicidade Ogilvy um filmete mostrando a reação — captada na vida real — de clientes diante de um suposto manobrista (um ator) completamente de porre.

O filmete ‘Drunk Valet’ ou ‘Manobrista Bêbado’ foi premiada com um Leão de Prata na Categoria Promo no Festival Publicitário de Cannes este ano.

Veja que interessante:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − quatro =

7 Comentários

Carlos em 05 de outubro de 2011

Bacana o vídeo, aliás tudo que não é feito com autoritarismo mas com bom humor e boa intenção é válido.

Jeremias-no-deserto em 02 de outubro de 2011

Embora o comercial seja bom do ponto de vista técnico, penso que seu conteúdo é pouco efetivo para atingir os objetivos que se propõe.Seu humor leve, quase uma piada, é mais adequado a audiências mais escolarizadas como a americana ou europeia.No Brasil, onde esse tipo de contravenção já está atingindo níveis alarmantes, as mensagens publicitárias devem carregar mais nas tintas e mostrar até com certo realismo documental o resultado trágico de um capricho estúpido que quase sempre começa com um simples choppinho.

G. Carvalho em 30 de setembro de 2011

Negativo. Nem seu carro, nem o governo de sua cidade, seu estado e assim por diante. Perigo grave para o pobre transeunte, sempre que esses caras deixam a oca pela uca.

Tuco em 30 de setembro de 2011

. Faz tempo, é certo... Costumávamos nos reunir - todos jovens - mas sem rigorosa programação. A bem da verdade, quase tudo era um bom motivo. E não tínhamos "um" local - havia muitos. Bebíamos "todas" - e a bebida era, confesso, o catalizador. Dois, às vezes três litros de whisky! Altas horas e esgotados todos os assuntos íamos embora. Uns com a namorada, outros indo ao encontro delas (pra limpar a barra!). Os que não tinham carro iam de carona. Todos bêbados. E dirigindo. Demorávamos muito tempo para chegarmos aos nossos destinos, pois a velocidade sempre era reduzidíssima e as conversas, as músicas e as risadas muito mais importantes do que o carro! Não havia bloqueios, não havia assoprar em bafômetros (pois não existiam...), não havia radares. Nunca recebíamos multas. Não havia o que transgredir! Não havia multa por velocidade excessiva pois não não havia o que exceder! Os danos resultavam em, vez ou outra, riscos nas laterais dos carros por pura "barbeiragem" por ocasião de estacionar nas garagens... Hoje recebemos péssimas notícias sobre um ou outro que morreu - invariavelmente por alguma dessas doenças sapecas, aliadas da velhice. Não morremos em acidente automobilístico, nunca matamos ninguém. Nenhum de nós morreu (até agora...) de cirrose. Nem de AIDS. Tampouco de overdose. Como as coisas estão mudadas! .

Reynaldo-BH em 29 de setembro de 2011

Setti, tem jeito não! Mandei pra Joana (minha baixinha) todo orgulhoso de apresentar a propaganda. Postei no Facebook. Veja o que ela falou por lá: "Joana Rocha Essa campanha do bar Aurora é f*! Mas mais inteligente ainda é a primeira estratégia dela...os clientes recebiam uma conta com um valor absurdo e todos ficavam assustados, quando eles ia conferir viam que estavam inclusos os gastos com um acidente de carro, desde danos do automóvel ate o valor de uma hospitalização e de um funeral...é mais impactante, acho mais criativa! Tem um vídeo dessa parte da campanha tb...procura ai que vc acha. ........... Achei: http://www.youtube.com/watch?v=dGEAGqxzq2k Ainda consigo surpreender a baixinha! Conta com sua inestimável ajuda! Hehehe.... Valeu, amigo Reynaldo! Eu também tenho esse vídeo, mas, como ele foi feito o ano passado -- e igualmente premiado em Cannes --, preferi postar o segundo. De todo modo, ainda mantenho o primeiro da série para eventualmente publicá-lo. Parabéns pela filha e um grande abraço!

Reynaldo-BH em 29 de setembro de 2011

ABSOLUTAMENTE GENIAL! Propaganda deveria sempre ser assim! Inteligente. Direta. Sem meias palavras. Que convença. Parabéns aos bares e a Ogilvy. É a propaganda que ganhará prêmios. Mas o prêmio maior, ela já ganhou: convenceu pela mensagem. Atingiu o objetivo!

Paulo Bento Bandarra em 29 de setembro de 2011

Por falar em Drogas, você acha que naquele filme em FHC e Dráuzio Varela falam que nos presídios 100% saem viciados, que vai mudar se a droga for legalizada? Que os presidiários, já que a droga é legal, não vão mais usar nos presídios, para obedecer a lei? Vão se regenerar? O problema está nela ser ilegal, por isto as pessoas ficam viciadas?

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI