É preocupante: menos jovens em todo o mundo estão usando preservativo para manter relações sexuais.

É o que aponta levantamento muito detalhado e trabalhoso da fundação britânica International Planned Parenthood Federation (IPPF), que ouviu 5.426 jovens entre 15 e 30 anos em 26 países. Adolescentes americanos e europeus estão entre os maiores responsáveis pelo aumento de relações desprotegidas: os 38% de jovens americanos que não usavam camisinha em 2009 subiram para 53% agora. Na França, quase dobrou o percentual, passando de 19% para 40%.

Muitos jovens, portanto, não estão se preocupando tanto como desejariam as autoridades de saúde com a possibilidade de doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a Aids, e com a gravidez indesejada, ou não estão sabendo negociar o uso do preservativo com o parceiro: a pesquisa indica como principal motivo para não usar a camisinha o fato de os jovens não tê-la disponível no momento da relação sexual.

Como parte de sua campanha para reverter essa tendência, o governo francês vem veiculando um vídeo realizado pela agência Creativity, Aides: Graffiti – willies and hoohoos, que, lançando mão da ideia de grafittis de banheiros, trata, sem grosseria, com criatividade e bom humor, da questão.

Confiram:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − oito =

7 Comentários

CARLOS MATTOS em 06 de outubro de 2011

Ahhhhhh se a ireny ou coisa que o valha ver isto se suicida!!!!!!!!!!!!

Raphael Fraga em 05 de outubro de 2011

A concientização de se proteger é bem vista nessa propaganda, mas por outro lado, o incentivo a pratica do sexo é muito exacerbado para uma TV aberta onde crianças verão essa propaganda, despertando nelas o desejo sexual muito cedo. O certo é se guardar para o casamento conforme diz a Bíblia que é a palavra de Deus.

Victor em 01 de outubro de 2011

Isso me fez lembrar um vídeo hilário no Youtube de um comercial francês de camisinha chamado "Mama m'a dit que je peux". MUITO criativo (e politicamente incorreto).

Jeremias-no-deserto em 01 de outubro de 2011

Ótimo comercial, além de tudo um dos mais aplaudidos na propaganda europeia.O tema é bastante árido, mas os criativos da agência sairam-se bem da tarefa.E é bom obervar que usaram a técnica mais tradicionbal de animação, ao invés de optarem pela imagem gerada por computador,ou animação 3D, um modismo recorrente em nossa publicidade.

Eduardo em 01 de outubro de 2011

Já tomaste banho no chuveiro com capa de chuva e luvas?

Marco em 01 de outubro de 2011

Amigo Setti: Não existe nada menos atrativo na sexualidade q o uso da Camisinha, mas d qualquer forma serve para se pensar mais. Abs.

danir em 30 de setembro de 2011

Ainda bem que a Iriny (é assim que se escreve? Que nome estranho?) não tem ação sobre o Conar da França.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI