Image
Do Big Bang até hoje, a nossa história, em 2 minutos

Um vídeo eletrizante, inteligente, instigante. Produto de algum diretor famoso? De uma superagência de criação para a web? Nada disso. Trata-se de — vejam só — um trabalho para a faculdade de cinema frequentada pelo americano Joe Bush, de apenas 19 anos.

Bush (nenhuma relação com os presidentes Bush pai e filho) resolveu nada menos do que contar a história do mundo e do homem, que chamou de Our Story in 2 Minutes (“Nossa História em 2 Minutos”), mas só utilizando recortes de imagens que achou espalhadas pela internet.

Adicionou a eletricidade veloz da música de Zack Hemsey, tema do filme Inception, e o resultado, em cravados 2 minutos, é de arrasar!

Senhoras e senhores, com vocês, Our Story In 2 Minutes

LEIAM TAMBÉM:

Vídeo: A curiosa História do mundo, em stop motion

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 8 =

28 Comentários

samara em 15 de agosto de 2014

gostei vc mim ajudou no trabalho da escola!!!:-D:-*:-D;-)

fernando ferreira em 30 de novembro de 2013

E como diz Nietzshe o homen tem que descer do pedestal de divindade e cair na realidade.O homen e tão egoista que se aja a semelhança de Deus e fica fazendo essas atrocidades.Nos samos responsaveis pelos nossos atos com Deus ou sem Ele.

Ronaldo em 11 de janeiro de 2013

Caro Ricardo SEtti, muito bom o vídeo. Para quem tem sensibilidade é prá chorar! Pobre nosso mundo!

neiva maria demoliner em 03 de janeiro de 2013

Setti: Belíssimo trabalho.Àqueles que criticam,apenas um conselho:NÃO CRITIQUE,FAÇA...E MELHOR !

Denise em 03 de janeiro de 2013

Espero que todos reflitam...

moacir em 02 de janeiro de 2013

Setti, Muito bom. O Bush errou no timing do fogo - 300 mil anos atrás. A caça grupal dos grandes mamíferos e a consequente estocagem de alimentos que permitiu nossa sobrevivência durante as geleiras foi esquecida. Assim como a arte paleolítica na Europa,a idade dos metais,o crescente fértil. Não consegui ver referências aos grandes impérios: persa,hebreu,fenício,bizantino,mongol etc. O cristianismo,o islamismo e a ocupação por 700 anos pelos árabes de parte da Europa - Al Andalus, assim como as cruzadas não são sugeridos. Johannes Gutenberg deveria aparecer antes da Monalisa. Faltou a Inquisição,a Revolução Francesa e as Guerras Napoleônicas. Lenin,Stálin,Mao e todo o mal que fizeram tem o mesmo peso de Hitler e não são nem coadjuvantes no filme. De resto, onde foi parar Mikhail Gorbachev,o profeta do fim do muro? É que esssa história só se entende, e mal,se contada toda. Porém,nada disso tira do Joe Bush o brilho e o talento.E o garoto só tem 19 anos!

Gilx em 27 de setembro de 2012

Parece mais uma propaganda anti-republicana e pró democrata (especialmente pró Obama). Lamentável o proselitismo. A quem querem enganar?

Guadalupe em 22 de setembro de 2012

Parte II - o video coloca imagens dos indios, mas *depois* da chegada dos invasores. Ele nao coloca uma abordagem fraternal, historica. Por certo, ele prefere perder cenas com os politicos americanos descutindo numa mesa (no final do video). Creio que para que um filme seja "inteligente", preciso eu ver politicos de um pais "X" discutindo numa mesa? Lamentavel... Mas isso simplesmente mostra a perspectiva arrogante daqueles que se esqueceram a forma como se conquistou e se conquisa outros... Nem por isso devo esquecer dos outros imperios (Romano, Chines, etc...). Falta mto para a humnidade crescer. O fato que possamos clicar enter e numa milenisama de segundos alguem do outro lado do Planeta receba o meu email, no implica progresso humano. Sim, e um progresso tecnologico, mas humano, nos falta. O que precisamos e *solidariedade* com o proximo.

Guadalupe em 22 de setembro de 2012

Senhor Setti - depois de ver o video, me arrepiei sim, pela falta de respeito do editor d video. Como sempr,e a historia e escrito pelos vencedores (desculpe que meu laptop nao tenha acentos). Como e possivel retratar "nossa" historia sem pelo menos colocar como viviam os indios antes da chegada dos conquistadores. Nao importa se o editor do video seja, europeu, americano ou de qq outro continente. O que importa e que tenhamos a memoria viva por tanta injustica praticada pelo homem que impoe a sua cultura, a sua crenca. Isso foi praticado ha muitos seculos nos 4 cantos do planeta. Por certo, ainda e praticado... Nao preciso entrar em detalhes. De qq forma, agradeco que o sr. tenha compartilhado a sua opiniao conosco.

ROSE em 21 de setembro de 2012

Maravilhoso!

Lourival Marques em 20 de setembro de 2012

Em uma palavra: espetacular!

Tico Tico x ESSA GENTE ORDINÁRIA QUE NOS GOVERNA em 20 de setembro de 2012

Prezado Setti. Um primoroso trabalho de síntese, mostrou nossos avanços, guerras, revoluções e injustiças à humanidade. Faltou um quadro que fosse sobre os séculos de inquisição com torturas praticadas pela Igreja Católica, principalmente.

Leo em 20 de setembro de 2012

Bonito trabalho principalmente o começo, depois fica legal mas se torna um visão muito centrada na América do norte,

Izabella em 20 de setembro de 2012

O que andam ensinando para este talentoso jovem de 19 anos? A acreditar mais em teorias do que em fatos? Porque, vejamos: o vídeo contempla o Big Bang -- uma teoria; contempla a evolução do macaco em humano -- uma teoria, a cada nova descoberta mais longe de ser comprovável. Teoria por teoria, faltou colocar a da geração espontânea e outras tantas já devidamente refutadas, mas que ajudaram a construir a nossa pretensiosa e ainda incipiente ciência. Mas, e os fatos? A longa e forte história do povo de Israel, as doze tribos e tudo que daí advém, não conta? A vinda de Jesus Cristo, documentada cronológica e geograficamente, não conta? O autor deste belo vídeo peca por sua miopia ideológica, que o impede de enxergar e contar a História das histórias.

Caroline em 20 de setembro de 2012

Não acho que o Tom Hanks é tão velho assim.

Anselmo Carvalho em 20 de setembro de 2012

Faltou um gol do Palmeiras

pericles em 20 de setembro de 2012

Mais alguns segundos e podiam ter incluído a Idade Média, a revolução francesa, entre outras coisas.

Alex Marques em 20 de setembro de 2012

Realmente é de arrepiar esse video parabens para quem fez.

Neme em 19 de setembro de 2012

A música ajuda muito! Quem é o autor?

Leandro em 19 de setembro de 2012

Não compreendo porque a "guerra" aparece somete após a modernidade no período da primeira e segunda grande guerra. Todas as mudanças da humanidade foram marcadas por grandes conflitos e guerras. Mesmo antes de existir a arma de fogo. Mas ótimo vídeo, excelente arranjo entre imagem e som. Parabéns ao criador!

Tavor em 19 de setembro de 2012

Visão antropocêntrica, grande atenção ao lado americano de ver o mundo. Mas parabéns ao criador do vídeo...

Dolisnky em 19 de setembro de 2012

faltou mostra uma foto de alguma camisinha....a aids mudou a historia do mundo

frederico bueno em 19 de setembro de 2012

Parabéns ao jovem talento e a voces daqui que nos deixam desfrutar desse video!

André em 19 de setembro de 2012

Pô... faltou um Napoleão ali no meio...

Naldo em 19 de setembro de 2012

É incrível, o ser humano acha-se capaz e dotado a ponto de poder mudar o mundo, no entanto só o levamos a destruição. Mas há um tempo determinado por Deus para todas as coisas, começo, meio e fim. Ahhh! não acreditas em Deus?, que pena. Estarás naquele dia bem perdido.

Juliana Nóbrega em 19 de setembro de 2012

Com esse vídeo fica a pergunta: Para onde e até onde a humanidade poderá ir?! Parabéns pelo ideia genial. Muito bom mesmo!

Marbene Araújo Bueno em 19 de setembro de 2012

Grande Setti, boa noite! Obrigado por compartilhar mais esse achado, onde podemos contemplar embasbacados um senhor trabalho desse garoto Buch.

Teresinha em 19 de setembro de 2012

Arrepiante! Deixa um misto de admiração e orgulho ver um jovem de apenas 19 anos com tanta percepção, pois para construir este enredo tem que ter sensibilidade, cultura diversificada até para pesquisar e respeito pela história - coisa rara nos jovens! Merece um Oscar! (categoria didática) espero que criem.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI