Amigas e amigos do blog, o vídeo que verão abaixo é espantoso. Embora as legendas estejam em russo, é auto-explicativo.

Mostra como funciona uma barbaridade que existe na Rússia — a “indústria” das indenizações de supostas vítimas de supostos acidentes de trânsito. Na verdade, a tentativa de pessoas de fraudarem empresas de seguros se atirando para cima de veículos em movimento, nas cidades ou nas estradas, em geral tomando certos cuidados para não sofrerem danos graves.

O vídeo compila uma série de diferentes casos — e mostra que, além de se precaverem contra a corrupção de policiais de trânsito, motoristas russos usam câmeras de vídeo em seus carros para se prevenirem desses fraudadores malucos.

O problema existe em várias ex-repúblicas da ex-União Soviética, inclusive na Moldávia, o país mais pobre da Europa.

A dica foi do leitor e amigo do blog Renan Lameu.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − um =

Nenhum comentário

paulo em 26 de fevereiro de 2013

São os resquícios deixados pelo maldito comunismo.

Edson em 25 de fevereiro de 2013

Gente até aqui ja exste isso?

Marcio em 25 de fevereiro de 2013

Agora eu entendi o porque das câmeras nos carros Russos.

Tamille em 25 de fevereiro de 2013

Meu Deus que horror :/

Plínio em 23 de fevereiro de 2013

Não fossem esses pedestres malucos, talvez não tivéssemos tantos vídeos daquele meteoro que atingiu a Rússia...

João Leopold em 23 de fevereiro de 2013

Esta indústria já existe no Brasil, só não temos o hábito das câmaras instaladas no painel do carro. As seguradoras poderiam dar os dados.

SidneyCWB em 23 de fevereiro de 2013

Marcos - 21/02/2013 às 11:32. Já chegou, Marcos. Aqui em Curitiba, na Avenida das Torres, crianças saiam de trás das bases das torres de transmissão de energia correndo em frente aos carros para serem atropeladas e cobrarem indenizações dos motoristas. E já faz bastante tempo, isto.

Cronos em 22 de fevereiro de 2013

A Rússia é um país ateu.E onde a ideia de Deus foi abolida tudo é permitido. Você se engana, Cronos. A Igreja Ortodoxa Russa tem dezenas de milhões de fiéis. Há ainda católicos, protestantes, judeus, muçulmanos... O comunismo não conseguiu eliminar a religião lá, não.

carlos/BH em 21 de fevereiro de 2013

Meu Deus!!!!!!!!! é patético

Marcos em 21 de fevereiro de 2013

Não dou um mês para esse crime chegar no Brasil também. Com o povinho daqui...

Dunia em 21 de fevereiro de 2013

Setti, durante o período em que lá vivi 2002-2003, o mais curioso é que as placas de proibido estacionar eram móveis, ou seja, você poderia encontrar uma vaga daquelas em 45 graus e estacionar, porém ao retornar poderia dar de cara com uma placa dessas(estilo fincada na lata com cimento)em frente a seu carro e um guarda já a postos feito os pedintes que guardam vagas por aqui. Ah...também vale mencionar que ao menos naquele período nada parecia ser mais natural que estacionar sobre calcadas, inclusive bloqueando completamente outros carros. Obrigado pelo depoimento muito significativo, Dunia. Um abraço

valci victot em 20 de fevereiro de 2013

E aqui nos pensamos que é só malandragem de brasileiros , mas é uma malandragem globalizada .

moacir em 20 de fevereiro de 2013

Setti Inacreditável.Ou seja, os motoristas russos são guerreiros do trânsito,sempre em luta contra as corrupção e extorsão policial e os pseudos-atropelados segurados? Que cansaço. Complicado também para os malucos quase suícidas,pois com tantas câmeras o engodo deve ser múltiplo diariamente.Surreal...

Hattori Hanzo em 20 de fevereiro de 2013

maravilhas do pós comunismo.

Caio Ottoni em 20 de fevereiro de 2013

Que ponto chegou o ser humano ...

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI