Com a autoridade de quem recebeu a maior votação proporcional do Brasil nas eleições de 5 de outubro — 77% dos votos válidos do Estado do Paraná, provavelmente um recorde na história da democracia no país –, o senador Álvaro Dias (PSDB) diz porque, em sua opinião, não basta apenas trocar de presidente da República.

Confiram o video:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 5 =

9 Comentários

Kaick em 16 de outubro de 2014

mas e aí, qual vai ser a mudança?

GEROLDO ZANON em 15 de outubro de 2014

Aqui no sul o pessoal sabe votar

weyder de araujo silva em 15 de outubro de 2014

ali baba ficaria envergonhado com a ladruagem do pt e sua cupula fora dilma

sonia juliao em 14 de outubro de 2014

Não entendi o que vcs quiseram repassar. Não "quisemos" repassar nada. Eu, titular do blog, quis apenas divulgar o que o senador Álvaro Dias acha necessário fazer no próximo governo.

Nasdarra Turião. em 14 de outubro de 2014

O sistema como está, não se tira com a mudança de Presidentes, mas com uma profunda e frutífera mudança no sistema político-partidário brasileiro e isso se faz apenas no Congresso e todos seus Tiriricas eleitos pelo voto de obrigação. Pelo que dizem os mais ignorantes, com o voto de protesto. Quanto mais medíocre a composição deste Congresso, mais medíocre, para não dizer, grotesca, é a atuação deste e a qualidade de suas leis e ações. Pelo que deduz-se das palavras do nobre deputado, um dos mais inteligentes e articulados, por sinal. Não haverá, portanto, qualquer mudança significativa na Constituição que possa levar a quer que o tal "sistema promíscuo" foi mudado. Até pela simples razão de que teriam de cortar mordomias, brechas e uso político dos cargos públicos. A privatização em massa, teria este efeito, mas com uma perda de aliados e base política compatíveis com o que aconteceu com FHC. Mesmo assim, sem que o tal sistema estivesse acabado. Por outro lado, a privatização desta verdadeira zona de pilantragem estatal faria um benefício imediato a toda nação. Estatais como a Petrobras, afogada em denúncias das mais graves possíveis, a Caixa Econômica, e seus serviços que não só ruins, são tristes. Entrar na justiça contra a Caixa é entrar contra o Governo. Ninguém sabe quando termina ou se o cidadão terá a justiça garantida.

Mauro ferreira(assinante de Veja a décadas) em 14 de outubro de 2014

O Brasil esta sitiado por um partido(PT) que só sabe fazer políticas assistencialista em nome da manipulação da pobreza com o falso discurso de defender os pobres e depois de 12 anos estão afundando o país, aparelhando totalmente o Estado em nome de seu partido, mais esqueceram de 2 coisas: Competência e previsibilidade.O PT não sabe administrar e suas politicas são rés amadorismo e querem estabelecer uma Cuba ou Venezuela a la Brasil, culpam a imprensa pelos seus devaneios, um mar de lama e de corrupção.

Mauro ferreira(assinante de Veja a décadas) em 14 de outubro de 2014

O Brasil nunca esteve numa situação política e de cidadania tão grave e tão ameaçada por uma verdadeiro aparelhamento em nome de dois partidos(PMDB) comandado pelo PT envolvidos em bilhões de desvios de recursos enquanto isso mentem descaradamente e manipulam em nome do mais pobre, é o maior engodo, num país sério lULA e Dilma estariam presos, pois tem as mesmas deficiências físicas, não sabiam de nada(surdos) e não viram nada(cegos) tudo no nariz deles.Nunca o Brasil esteve tão ameaçado em sua cidadania e na democracia.Aécio terá além de administrar nosso país, reconstruí-lo, pois até no Supremo eles mandam, que horror!!!!!!

João em 14 de outubro de 2014

Esse homem, merece nosso respeito, nossa admiração por ser íntegro, com seu caráter inabalável, esse homem,é um dos poucos políticos, que temos para preservar longe da corrupção e da maldição petista.

Tuco em 14 de outubro de 2014

. É, Grande RSetti... Após a vitória do Aécio o Brasil vai parar. E talvez pare antes até desse tomar posse! E não vai parar nem pela festa, nem pela esculhambação a ser proporcionada pelos descontentes aparelhados. Esses irão parar por perderem os empregos (empregos?). O Brasil vai parar por falta de empreiteiras e empresas que viabilizam grandes projetos! Do jeito que a coisa anda - e se andar como deve! -, muitos serão presos e muitas quebrarão por conta de multas! Que delícia! .

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI