Image
O esplendor de Armorica em uma viagem de tirar o fôlego

A música eletrizante de Peter Nanasi conduz o espectador nessa viagem deslumbrante de luz e movimento, oferecida pelo cineasta Tanguy Louvigny nesse curta Armorica.

Armórica, a terra de pedras eretas, é  o nome que na Antiguidade se dava à região que compreende, h0je, sobretudo a peculiaríssima paisagem da Bretanha, no oeste da França.

Luzes e movimentos da natureza – e do passar do tempo – exploram a terra onde se encontram menires, os monumentos-esculturas de pedra, muitas vezes gigantescos, restos de alguma antiga e misteriosa civilização, de mais de 5 mil anos.

Image
O simpático Obelix e seu menir

Essas colunas, ou “antas”, como também são conhecidas as pedras eretas, são frequentemente associadas a druidas celtas, magia e forças telúricas, mas ninguém sabe realmente por que e como foram colocadas ali…

Ninguém não, pois quem conhece Obelix, o enorme personagem dos franceses Albert Uderzo e René Goscinny, das aventuras de Asterix, não há mistério nenhum: os menires servem mesmo para achatar os persistentes romanos, que ousam cobrar impostos da corajosa aldeia gaulesa, e também para presentear a amada Falbalá.

Brincadeiras à parte, esse belíssimo time-lapse, que brinca com luzes e sombras em um lugar já mágico, é algo que merece ser apreciado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 4 =

5 Comentários

Paulo em 28 de maio de 2013

Setti, acho que passou despercebido. No titulo, viagem está grafado com J. Oi, Paulo, não passou despercebido não, é uma sugestão, e o verbo está no imperativo: viajem vocês, leitores.... Abraços

moacir em 25 de maio de 2013

Setti, Lindo vídeo.Todos esses locais de monumentos megalíticos -principalmente Stonehedge,Avebury e Newgrange na Irlanda- me encantam. Você sabia que Portugal é um celeiro de dólmens, antas e tholois? Pois é.Eles estão lá,de Bragança ao Algarve. Abraço

Geová Elias em 25 de maio de 2013

Apos ler tanta notícia, é sempre bom olhar para umas imagens deslumbrante desta, serve de terapia e deixa a alma mais leve. Lindo parabéns.

Izabella em 25 de maio de 2013

Amei! Acho até que vi a carcaça de um dos navios afundados dos piratas! rsrs Temos de reconhecer o belo legado de Obelix, eternizado em todos aqueles menires; e nos encantar com a floresta de carnutes, onde acontecia a reunião dos druidas, e com o mar onde Ordenalfabetix jamais pescaria seus peixes. Belo presente, Setti, obrigada!

Vera Scheidemann em 25 de maio de 2013

Demais !!!! Vera

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI