Image
O helicóptero Gen H-4, individual: preço de um carro esportivo

O menor helicóptero do mundo foi criado por Gennai Yanagisawa, empresário japonês, dono da Gen Corporation, sediada na região central do Japão. O aparelho, vazio, pesa 75 quilos, mas voa a até 100 quilômetros por hora sem problemas levando uma pessoa de até 140 quilos.

O Gen H-4 chega a um máximo de 3 mil metros de altitude e sua autonomia máxima de voo é de uma hora.

A miniaeronave é equipada com dois motores de quatro tempos, com potência máxima contínua de 7,5 hp cada (daí a designação H-4), mais um motor com partida elétrica, em separado, e um paraquedas.

Image
O Gen H-4 suporta uma pessoa de até 140 quilos

As hélices são feitas de Kevlar, um composto de carbono, e trabalham em em direcções opostas.

Yanagisawa projeta e constroi seus pequenos helicópteros desde o início dos anos 90, mas apenas recentemente, com o Gen H-4, conseguiu viabilizar um projeto com capacidade de ser comercializado em escala. Com valor próximo a um carro esportivo – o equivalente a 195 mil reais – , a GenCorp busca parceiros no exterior, pois só é possível vender o artefato em países em que haja suporte de treinamento e manutenção, por ora restrito ao Japão.

LEIAM TAMBÉM:

Vídeo: a simples e genial máquina ecológica que transforma lixo plástico em petróleo

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − seis =

9 Comentários

JESSÉ em 15 de outubro de 2013

Inventores são importantes, pois no início se tem um mini helicóptero rústico, mas necessário para um momento de transporte em que vivemos cada vez mais caótico, acho que precisa sim de investimentos para melhorar o artefato com relação a mais segurança, podendo ser projetado uma cabine, onde haja mais conforto e segurança, aumentando o tempo de vôo de uma hora para quem sabe até 5 horas, no mundo das invenções e dos sonhos, hoje a gente pode ter certeza de que é possível se criar coisas que até pouco tempo atrás, diziam ser impossíveis de ser criadas, só posso agradecer aos inventores, pelas suas brilhantes ideias, e que a tecnologia não seja apenas para poucos, mas para todos interessados, tudo por um melhor transporte, obrigado.

EXPEDITO FIGUEIREDO em 13 de outubro de 2013

Caro Expedito, como venho lembrando incansavelmente aos amigos do blog, as regras para publicação de comentários, em nome da boa legibilidade e da atenção para com os demais leitores, vedam a publicação de textos escritos somente em maiúsculas. Consulte as regras, se quiser, no link http://goo.gl/u3JHm Conto com sua cooperação da próxima vez. Obrigado desde já

Lobo em 25 de janeiro de 2013

Simplesmente genial! É preciso entender que o inventor criou um princípio de vôo que poderá ser muito aperfeiçoado ainda. Naõ se cobre, por isso, uma utilidade já! Um preço mais accessível já ! As perspectivas para esse helicóptero individual são enormes !!!

elizio em 07 de setembro de 2012

Caro Setti: apenas a título de comentário, em um helicóptero, todas as partes similares à uma hélice, são denominadas rotores. Em um helicóptero convencional por exemplo, temos o rotor principal e o rotor de cauda. Abraço.

Paul em 05 de setembro de 2012

E' bom ver que iniciativas como estas prosperam em países sérios; e triste ver que aqui tudo entra pelo ralo da politicagem e nada prospera. Seremos eternos subdesenvolvidos ...

Teresinha em 04 de setembro de 2012

É bem legal ter conseguido criar este helicóptero. Um tanto caro pela pouca segurança, ficar com o corpo exposto, aquelas hastes de apoio para pouso fácil de enroscar, as próprias hélices são perigosas em ambiente urbano. Pode ser usado em fazendas, em eventos, com câmeras para coberturas de carnaval, corridas de carro, etc. Sucesso para ele!

Avelino em 04 de setembro de 2012

Provavelmente há um erro de tradução na frase: "A miniaeronave é equipada com dois motores de quatro tempos, com potência máxima contínua de 7,5 hp cada (daí a designação H-4), mais um motor com partida elétrica, em separado, e um paraquedas." No final do vídeo há uma informação de que a potência é de 80 hp. Além disso, a parte "...mais um motor com partida elétrica, em separado..." é muito estranha.

Tuco em 04 de setembro de 2012

. Boa, Grande RSetti, gostei! Voa mesmo? Tá bom! - vimos isso, né? E ainda existem pessoas que entendem que uma motocicleta é algo perigoso... De toda sorte essa estrovenga está anos-luz à frente da Eagle - lembram-se? Eagle era um treco que foi enfiado goela abaixo dos incautos e tinha a pomposa designação de "módulo lunar"! Tá cheio de gente, até hoje, acreditando que tal engenhoca pousou na Lua. E o pior: que de lá decolou trazendo os pobres cosmonautas para a segurança da tépida Terra! Agora vejam: http://goo.gl/HtgKg Dá pra crer que "isso" voa? Enfim, esse japonês é formidável! Difícil será ver esse treco tendo alguma utilidade e... voando! .

Kitty em 04 de setembro de 2012

Boa noite caro Ricardo, A história conta que Leonardo da Vinci se destacou como cientista,matemático engenheiro, inventor, anatomista, pintor, músico, poeta e escultor. Leonardo é reverenciado por sua engenhosidade tecnológica, concebeu ideias muito a frente de seu tempo como um protótipo de helicóptero.Li que da Vinci era considerado por vários o maior gênio da história. Num estudo realizado em 1926 seu QI foi estimado em cerca de 180. Desculpe caro Ricardo não é a minha intenção dar aula sobre o pintor italiano e precursor do Renascimento, mas apenas entender um pouco mais este gênio florentino. O projeto aqui mostrado é realmente arrojado, mas ao mesmo tempo bastante caro.Entretanto, a minha curiosidade é saber como seria usado e em que circunstâncias seria útil ao nosso cotidiano. Pelo grande investimento que o empresário japonês está fazendo ou pensa em fazer, deve ter considerado os possíveis compradores que estejam dispostos a pagar essa quantia e como o utilizarão. Eu, não sei se teria coragem de voar em um aparelho desses. De qualquer maneira foi interessante de ver que uma ideia de Leonardo está sendo posta em pratica. Como sempre você procura coisas bem diferentes para incrementar as visitas ao blog.Isso demonstra a versatilidade da coluna. Sempre fico feliz quando você aparece no Feed trazendo boas matérias para serem compartilhadas com os amigos. Alguns deles já lhe conhecem e dizem: Kitty adorei o tema do Setti que você enviou...e eu agradeço. O meu abraço de sempre, Kitty

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI