Não é por acaso que, volta e meia, Budapeste figura em listas das cidades mais belas do mundo.

O ranking relevante mais recente a encher a bola da capital húngara, fruto da unificação, em 1873, de três outras cidades  – Buda e Óbuda de um lado do rio Danúbio, Pest do outro – foi o realizado pela prestigiada revista americana de turismo de luxo Condé Nast Traveler.

No ano passado, a publicação promoveu votação com mais de 1,3 milhões de participantes para apontar as 25 melhores cidades do planeta, de acordo com diversos critérios, entre os quais qualidade de vida e, claro, beleza.

A majestosa e ao mesmo tempo acolhedora urbe centro-europeia, que no início do século XX passou a ser a segunda mais importante do Império Austro-Húngaro (1867-1918) – atrás de Viena -, divide o segundo lugar com outra, a magnífica Florença, na Itália. O primeiro posto ficou com uma relativa surpresa em este tipo de listas, San Miguel de Allende, no México.

Com o clipe abaixo, da produtora The Delivery Men, de Austin, EUA, o diretor Joe Simon prova que Budapeste é tão bela que menos de dois minutos de imagens bem captadas da cidade são necessários para estarrecer quem assiste.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

16 Comentários

Hungarobrasileiro em 16 de maio de 2014

Oi pessoal. Eu sou budapestino e, primeiro, tenho que corrigir o autor quando escreve que '(Budapeste)...no início do século XX passou a ser a segunda mais importante do Império Austro-Húngaro (1867-1918)'. É equívoco. Nesse compromisso do Reino Húngaro milenar e o Império Habsburgo, Viena e Budapeste viraram as DUAS CAPITAIS do Império, que desde então, chamava-se Império Austro-Húngaro. As duas cidades tinham a mesma importância. Os Habsburgos moravam em Viena, mas a Monarquia não era Monarquia sem a coroação deles com a Santa Coroa Húngara, na Igreja Mátyás, no Castelo de Buda. Não dá para fazer diferença entre Viena e Budapeste neste contexto nem economicamente, nem culturalmente, nem politicamente. Outra coisa que, admitindo que não é fácil criar listas de cidades segundo a caraterística 'beleza', entre tanta maravilha no mundo, e que todas as mencionadas são, sem dúvidas, belíssimas, mas não é muito justo comparar cidades tão diferentes em muitas caraterísticas, como, por exemplo, o tamanho. Comparar uma cidade de Budapeste de 1.7 milhões de habitantes com uma Florença de 370 mil...não faz muito sentido. Outro importante ponto na avaliação é que o lugar tinha na sua história era comunista ou não. A política geral do comunismo foi muito destrutiva na questão da herança cultural, deixando maravilhas arquitetônicas caírem, não renovando as mesmas dignamente depois da destruição da segunda guerra mundial, usando castelos como depósito de materiais químicos, perigosos, ou somente guardavam cavalos dentro etc. Também deixaram para atrás os seus prédios de blocos de concreto visualmente horríveis na região inteira, não só na Hungria. Para Gustavo quero escrever aqui que Budapeste é uma das cidades mais seguras do mundo, as pessoas nem pensam, no dia a dia, em geral, na possibilidade que qualquer maldade poderia acontecer nas ruas ou em casa ou em qualquer lugar. Na Hungria ninguém pensa em crime por que não faz parte da vida das pessoas. Os policiais também somente têm pistolas para mostrar (como na vitrine), mas nunca as usam (talvez nem possam usá-las, rsrsrs). Mas, não entendo por que o seu Gustavo mencionou questões de segurança aqui quando o tema é beleza (visual).

Lilyane em 16 de maio de 2014

É maravilhosa sim, mesmo quando estavam na fase de transição, saindo das mãos do comunismo, que foi quando lá estive. Imagino hoje. A Ópera é considerada a segunda melhor da Europa, depois da de Paris. Lindíssima.

pilarmorais em 16 de maio de 2014

que maravilha, a Europa e linda e muita segurança, limpeza organizacao quem esta poe aqui , ainda acha mais lindo

Carol em 16 de maio de 2014

Morar em Budapeste durante 2 anos não foi o suficiente pra descobrir toda sua beleza. Cada pedacinho é uma surpresa! Amooo!!! PS- o interior da Hungria não fica atrás, muita história e muita beleza, um país inteiro para explorar aos detalhes e se apaixonar. Moro aqui há 13 anos. :)

Gustavo Matos em 16 de maio de 2014

Budapest é uma cidade sensacional e interessantíssima, mas jamais pensaria que ela pudesse figurar no topo de uma lista das cidades mais belas. Certamente existem pontos maravilhosos na cidade, como a Chain Bridge, o Castelo de Buda e o Parlamento, mas a cidade como um todo não é propriamente bela. Ao caminhar pelas ruas, vemos muitos prédios mal cuidados e em desordem, o metrô e os ônibus são velhos e aparentam muito pouca manutenção, além do que, a cidade não inspira segurança. Sinceramente eu adorei Budapust, mas a verdade seja dita, eu não confio numa lista que a põe a frente de Barcelona, Paris ou Viena no quesito beleza.

Alexandre Duguinho em 15 de maio de 2014

A cidade parece um pouco com Paris e Roma. Bendita Europa! Depois tem gente que vai para a Disneylandia!!!!

Roberto FLores Martins em 15 de maio de 2014

Nas diversas vezes que estive em Budapest não só descobri coisas novas e inéditas como também me senti seguro o tempo todo.

Angelo Losguardi em 14 de maio de 2014

Maravilha! Quanta beleza! Obrigado pelo video.

Francisco em 14 de maio de 2014

Budapest - assim como o vídeo - é realmente muito bonita. A foto que ilustra o post, no entanto, é de Florença. Aparentemente, vista da Piazzale Michelângelo. Você tem absoluta razão. Já corrigimos a barbaridade! Obrigado! Abraços e volte sempre.

Policarpo Trintim em 14 de maio de 2014

Setti; Tenho mais um motivo para conhecer o leste europeu, ah! se eu pudesse mudar pra lá e deixar essa terra de ladrão e salafrário!!!

ivana em 14 de maio de 2014

Linda cidade. O que me entristece é pensar que aqui no Brasil não temos rios limpos e nem cidades limpas graças ao nosso povo que joga tudo nas ruas e aos governantes que não fazem saneamento básico para que possamos passear a beira dos nosso rios....

Vera Scheidemann em 14 de maio de 2014

Que vídeo belíssimo ! Vera

Dulce Regina em 14 de maio de 2014

Quando abri a pauta, sabia que vc já tinha passado por aqui ( poeta ), Do lado de cá, vai mais um voto meu para esta surpreendente cidade. Magnífica ! Assistimos um concerto na igreja de Sto. Estevão, que acústica ! Jantamos no restaurante New York, o mercado tem uma arquitetura esplêndida. O passeio de barco pelo Danúbio, é imperdível e muito romântico. Voltaria lá facilmente. Abraços, Dulce

Ronaldo força em 14 de maio de 2014

Budapeste é realmente uma cidade linda, porém me pareceu aguada. Existem cidades que depois que visitamos nunca mais esquecemos como Paris, Berlim, Praga , Viena , New York, Rio de Janeiro e Buenos Aires. Não tive esta sensação com Budapeste.

Linda, sublime... em 13 de maio de 2014

Ammooo a velha Europa...; a do Leste, nem o comunismo conseguiu destruir tanta beleza e encantamento... sonhar ainda é possível... Me fez voltar no tempo... que saudade!...

Moacir 1 em 13 de maio de 2014

Setti, É uma belíssima cidade.Estivemos lá em 2008 ,num luminoso dezembro.Ficamos no Hilton ,em Buda,lá no topo do Hill.O hotel foi construído a partir das ruínas de um antigo mosteiro.De nossa janela - distante 30 metros do Fisherman's Bastion - se descortinava a mais encantadora panorâmica de Pest,com destaque para o Parlamento,à beira do rio. O que ver? O castelo , o Danúbio de dentro de um barco,a Ópera,as galerias de arte e museus,o mercado central -então com as cores d Natal - a ponte das correntes,a avenida Andrássy , a principal rua de pedestres - esqueci o nome! - a praça dos Heróis,os pubs,o parque, o WAMP - feira mensal de design - as lojinhas e galerias de arte de Király,a velha Óbuda,o quarteirão judeu e mercado das pulgas que é super divertido Nos arredores , Etyek e Tokaj - regiões do vinho - são imperdíveis.Onde comer? No Costes ,no Onyx mas - peloamordedeus! - não deixe de ir no Gundel! Abraço

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI