Image
Recuperado de um provável envenenamento, o condor Sayani foi devolvido a seu habitat natural (Foto: Reprodução/YouTube)

Em dezembro de 2012, um condor andino foi encontrado por policiais da província de Catamarca, no noroeste da Argentina. O pássaro, um gigante — é a maior ave voadora do mundo — aparentado com os urubus e os condores americanos, parecia ter sido envenenado: estava com peso baixo e desidratado.

Batizado de Sayani, ele foi posto aos cuidados do zoológico de Buenos Aires para se recuperar.

Depois de um ano e quatro meses de recuperação, Sayani foi devolvido à natureza em abril de 2014. Com várias pessoas presentes no momento, o condor pareceu inibido a princípio, como se estivesse com medo de sair dali. O pássaro esticou as asas várias vezes antes de decidir decolar, apenas alimentando a expectativa para a cena.

Apesar de ter ocorrido já há anos, vale a pena conferir o episódio emocionante. A dica é do leitor José Carlos Bolognese.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − dezesseis =

17 Comentários

Vera Jovaní em 20 de fevereiro de 2015

O homem só atingirá sua completa evolução quando respeitar e amar todas as forma de vida.

JOSE LUIZ FOGGETTI em 10 de fevereiro de 2015

VIDEOS COMO ESTE,DÁ GOSTO CURTIR E COMPARTILHAR

Valentim-Pr em 10 de fevereiro de 2015

Bravo, hermanos de Argentina !!! Emoção total !!!

Jorge LZ em 09 de fevereiro de 2015

Acredito que o mesmo aconteça com as pessoas que perdem a liberdade. Algumas quando libertas ou libertadas, ainda conseguem alçar vôo, outras não, desapredem. Nada é mais importante que a democracia, haja vista ter no seu cerne a liberdade, devemos estar sempre atentos e combater qualquer tipo de opressão. A ave titubeando, com todo o horizonte pela frente e com toda habilidade para voar é muito significativo. Vamos voar...

Júlia em 09 de fevereiro de 2015

Muito Lindo.

dorivaldo em 09 de fevereiro de 2015

uma das imagens mais lindas e emocionantes que ja vi .

JOSE AUGUSTO em 09 de fevereiro de 2015

Em meio a tantas indecências, um lindo vídeo para nos emocionarmos! Parabéns Setti! Parabéns hermanos!

Dulce Regina em 08 de fevereiro de 2015

Querido Setti, duvido que alguém assista este vídeo, não tenha seu coração acelerado, e surja aquela lágrima furtiva no canto dos olhos. A celebração e conscientização , acompanhada silenciosamente por aqueles que ali estavam, tem um significado importantíssimo sobre a LIBERDADE...e enquanto aguardavam o vôo triunfal do condor, este também fez uma celebração, um ritual de esperança e agradecimento...depois alçou seu vôo LIVRE, proporcionado por aqueles que dão valor a esse dom tão valoroso. Que os poucos momentos deste ritual, seja para todos nós, uma esperança de Paz e Liberdade , em todos os cantos do Mundo. Obrigada, sr. José Carlos Bolognese . Ainda existe esperança e gestos de caridade neste Mundo tão sofrido. Obrigada querido Setti, por nos proporcionar emoções como esta, estamos precisando alimentar a chama de amor, fraternidade e compreensão entre os homens. Beijos, bom domingo....o meu tornou-se transbordante de felicidade, graças a esta pauta. Dulce Regina

valter em 08 de fevereiro de 2015

chorei emocionado, quetinho na sala, para minha esposa e minhas duas filhas não perceberem.

Jose Figueredo em 08 de fevereiro de 2015

Caro Setti, o coração ficou apertado,mais apertado.À cabeça veio o gigante da América tentando levantar vôo mas tem as asas aprisionadas pelo descalabro da insensatez dos nossos politiqueiros e dos homens de negócios(grandes negócios).Não medem suas ambições rasteiras e cretinas.Não admitem que o povo precisa também de asas para se desenvolver,alçar vôos solo consistentes e que os leve a alturas que o país merece.Uma enorme gaiola prá essa gente seria um lenitivo e uma grande esperança para algum futuro no "ESPAÇO" para nossos con'dores.

Lucas em 08 de fevereiro de 2015

Noves fora a pantomima inicial estilo Evo Morales, no final o pássaro da um show espetacular.

analu em 08 de fevereiro de 2015

Uma cena belíssima! Ao mesmo tempo em que contemplava o horizonte, querendo ganhar a liberdade, por três vezes o condor se voltou para as pessoas que lhe assistiam, como que agradecendo, e se despedindo. Parece que os animais experimentam os mesmos sentimento que nós, humanos: gratidão, medo, e coragem para seguir em frente. Lindo, não deu para conter as lágrimas. Obrigada por nos emocionar com coisas belas, num momento tão difícil de nossas vidas.

Debora em 07 de fevereiro de 2015

Um belo exemplo da importância da educação de valores para a formação moral dos indivíduos. Chorei de emoção ao assistir. Obrigada, Setti! Quem agradece sou eu, Debora, por visitar o blog. Um abração!

Sergio the original since 1ª Leitura em 07 de fevereiro de 2015

Emocionante! Parabéns pela postagem caro Ricardo Setti!

tutti em 07 de fevereiro de 2015

Ando muito chorona.Esse condor me emocionou.Agora,não toquem o hino nacional perto de mim,que eu desabo.Deve ser de tristeza, pelo país que o Brasil poderia ter sido.

cristina em 07 de fevereiro de 2015

Muito emocionante mesmo! Tenho PAVOR de qq animal engaiolado! A liberdade não tem preço !A liberdade do povo argentino seria alcançada tbm se fizessem isso com a Cristina kischner!!Soltava ela lá do alto e teríamos a certeza de que **** definitivamente não voa!

Winston em 07 de fevereiro de 2015

Só você mesmo, Setti. Uma maravilha! Um exemplo de beleza extraordinária que demonstra como a vida pode ser recuperada, cuidada e conservada. Uma pérola de sensibilidade. Obrigado, caro Winston, pela mensagem gentil. Um grande abraço

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI