Vale a pena conferir esse vídeo, que mostra dois supercaças F-22 Raptor da Força Aérea dos Estados Unidos — de longe um dos aviões de combate mais avançados do mundo — sendo abastecidos em pleno vôo por um avião-tanque KC 135-R.

O Raptor (algo como “ave de rapina” ou “predador” em inglês) é supersônico, faz parte da quarta geração de aviões stealth (invisíveis a radares) e a Força Aérea dos EUA tem 180 deles.

Fabricado pela Lockeed Martin, custa a bagatela de 340 milhões de dólares cada, e sua hora de voo sai por 60 mil dólares.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 17 =

10 Comentários

amanda em 24 de fevereiro de 2011

os caças americanos, todos testados em combate, sempre serão os mais modernos e confiáveis do mundo, pena que nós ainda estamos no f-5.

Elvio em 24 de fevereiro de 2011

Setti,amigos Desculpem, sei que não é forum e não tenho procuração de ninguem. Sr Almeida: Antes de ser grosseiro (eu, o Sr. já foi), lhe faço uma sugestão: Leia um livro chamado "Senta a Pua", escrito pelo Cel Aviador Rui Moreira Lima. Se o assunto lhe é caro, seria bem interessante, se o assunto não lhe interessa, shssst!!! Setti,SérgioD,Lilian,Diana,Jairo, renovo minhas desculpas, mas como tem nego falando besteiras. abs Elvio

Elvio em 24 de fevereiro de 2011

Caro Setti e demais "paxonados": Tiooo, dá um pramim, afinal só peço, não roubo nem mato. Se bem que para abrigar o coiso, teria que despropriar 1/4 da megalópole onde vivo. Lindo vídeo, ainda não tive tempo de ler comentários, acessar links, etc...Chegaremos lá. Nesse assunto, o Blog só tem "cachorro grande". abs Elvio

SergioD em 23 de fevereiro de 2011

Ricardo, tudo bem quanto ao post. Ainda acho que ficou enorme. Vou ficar aguardando seu post sobre as vendas do Super Tucano. Enquanto isso, veja que vídeo interessante com testes de decolagem e pouso dos Rafale no Porta Aviões Foch...., que vem a ser o nosso São Paulo. Um abraço http://www.youtube.com/watch?v=Drus7ANMpcY Beleza o vídeo. Vou dar uma encurtada e publicar num post. Obrigado pela contribuição! E não se preocupe com o tamanho do seu texto, o importante, como eu disse, é a qualidade. Abração

Almeida em 23 de fevereiro de 2011

Equanto isto, a nossa gloriosa FAB, deve estar equipando e modernizando alguns teco-tecos com estilingues. Talvez o Brasil deva comprar caças quando algum neto meu for presidente. E olha que ainda não nasceu nenhum.

SergioD em 23 de fevereiro de 2011

Ricardo, um pequeno detalhe sobre o nome do Raptor. Quando a Força Aérea Americana lançou o projeto, ainda na década de 90, a intenção era dar-lhe o nome de Lightning II, em homenagem ao famoso caça bimotor da Segunda Guerra Mundial P-38 Lightning, por acaso também fabricado pela Lockheed. No entanto, a Força AéreaF propôs que os cadetes de sua academia dessem o nome ao novo aparelho. Era 1993/94, época em que Spielberg lançou o Parque dos Dinossauros. Por conta de suas características de furtividade e da quase total mortalidade dos oponentes, os cadetes não tiveram dúvida em escolher chama-lo de Raptor, dado que essas eram as características do grande vilão do filme, o dinossauro Velociraptor. A designação Lightning II ficou para a próxima estrela da Força Aérea, Marinha e dos fuzileiros, o F-35, que contará com uma versão de pouso vertical e decolagem curta, como o Harrier britânico. Lembro que o T-27 Tucano também teve o nome escolhido pelos cadetes de nossas academia da FAB. Vale a pena dar um espeiada no P-38 no link abaixo, grande avião da segunda guerra, aeronave que equipava o esquadrão da USAAF que destruiu o avião que transportava o Almirante Yamamoto, em 1943, golpe terrível infringido ao Japão. Há diversos vídeos no Youtube com vôos de remanescentes desse fantástico avião. Um abraço http://www.aviation-history.com/lockheed/p38.html Que beleza esses velhos aviões! Tive a sorte de ver muitos deles em museus no exterior. E você entende barbaridade de avião, não? Eu só acho bacana, não sou especialista nem de longe. Um abração PS -- Seu post sai amanhã. Foi atropelado por outro que, por sua natureza, era perecível, por falar, ainda que rapidamente, da situação da Líbia.

Ricardo em 23 de fevereiro de 2011

E o imbecil do Lula ainda diz,que os USA estão quebrados e em franca decadência.O incrível,é que existe uma imensidão de brasileiros analfas ou não que acreditam. Um bichinho desses abateria todos os teco-tecos nacionais em 10 minutos,inclusive a arrogância e burrice do APEDEUTA.

Jairo em 23 de fevereiro de 2011

Ricardo, Se você gostou desse vídeo, dê uma olhada nesse: http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2011/02/video-super-tucano-on-takeoff.html É uma aeronave fabricada pela Embraer, o Super Tucano, realizando provas de decolagem em pista não preparada. Abraço. Muito legal, Jairo. Estou acompanhando algumas operações de venda do Super Tucano ao exterior e, quando publicar o post, usarei vídeo(s) do avião. Obrigado e um abraço

Lílian em 23 de fevereiro de 2011

Setti, Sensacional! Show de tecnologia! E você notou que um oficial está lendo uma revista de carros dentro do avião? Só lamento o objetivo das aeronaves do vídeo, o combate! Obrigada por compartilhar conhecimento! Abraços!

Diana em 23 de fevereiro de 2011

Lindo demais, sou apaixonada por aviões. Esses caçãos são ultra modernos hein??? Por que eles não estão na "lista de compras da FAB"??? Por duas razões, cara Diana: 1) eles custam, cada um, de 7 a 8 vezes os caças que a FAB cogita comprar; 2) têm uma tecnologia espetacular, que, apregoam os americanos, vai asserurar-lhes supremacia "nos próximos 40 anos", e essa tecnologia não será transferida de forma alguma para outros países. São considerados os aviões de combate mais avançados que existem. Abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI