Image
Certamente é uma das defesas de goleiros mais espetaculares da história do futebol documentadas em vídeo ou em filme.

Por Daniel Setti

O personagem foi o espalhafatoso e legendário guarda-metas colombiano René Higuita, El Loco, célebre por sua imensa cabeleira crespa, pelas roupas amalucadas e, sobretudo, por seu comportamento em campo — adorava sair do gol para driblar atacantes e, debaixo das traves, realizava defesas dignas do Cirque du Soleil, mas também tomava frangos espetaculares e, volta e meia, suas driaburas com a bola nos pés davam errado e levavam terror a sua defesa.

Mas essa defesa sensacional, que ele chamava “picada do escorpião” e repetiu outras vezes, ficou na história do futebol, num amistoso um tanto chocho de zero a zero entre a seleção da Colômbia e a da Inglaterra, em Wembley, a 6 de setembro de 1995. Para defender um chute do meio-campo Redknapp, do Liverpool, El Loco lançou-se para a frente — só que, levantando os pés à medida em que se projetava, alcançou com eles a bola, atrás de seu corpo, e arremessou-a para longe da meta.

LEIAM TAMBÉM:

FUTEBOL: Leitor atento relembra que Zico marcou outro dos gols que Pelé não fez; confiram mais esta pintura do eterno camisa 10 da Gávea

FUTEBOL — O grande Gérson, o “Canhotinha de Ouro”: “Se pegassem os jogadores do passado e trouxessem para o condicionamento físico atual, os jogadores de hoje ficariam vendo a gente jogar”

FUTEBOL – O gol que Pelé não fez na Copa de 70… mas que outros conseguiram depois, em diferentes e incríveis versões

VÍDEO PARA ENCHER OS OLHOS: os gols mais bonitos dele, Zico, que completou 60 anos no dia 3

Nos 60 anos de Zico, uma homenagem: a mais ampla reportagem de VEJA com o craque no seu auge — e os bastidores de sua feitura

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 3 =

11 Comentários

Paulo em 21 de janeiro de 2014

O vídeo sobre o Brasil só tem verdades.Triste!

Cristiano Sousa em 21 de janeiro de 2014

Sabem quais ONGs pagaram a multa do Genuino ? não vejo ninguem pedindo uma auditoria

Caio Frascino Cassaro em 20 de janeiro de 2014

Prezado Daniel: Esse cidadão era uma figuraça!!! Tentou sair jogando contra Camarões na copa de 90 e perdeu a bola para o Roger Milla, desclassificando a Colômbia, que por sinal tinha um belo time. Enfim, o sujeito sempre foi um fanfarrão - no caso da defesa em tela, a fanfarronice deu certo. Mas era sempre uma atração a parte assistir à performance do camarada - menos pelo fato de ele ser um goleiro fantástico, ao contrário, mas porque todo jogo ele aprontava alguma. Abs

carlos nascimento em 19 de janeiro de 2014

Sem dúvida uma defesa incrível, efetivada em um amistoso, o cara era meio louco, mas não era burro de arriscar em jogo oficial. Continuo com a minha preferida, a defesa realizada pelo goleiro do English Team - Gordon Banks - na copa de 1970, numa cabeçada fantástica de PELÉ, o cara caído no chão, dá um salto espetacular e desvia a bola para escanteio, o mundo todo já gritava gol,e Banks com essa defesa cravava sua biografia no Hall da Fama.

rod em 12 de maio de 2013

Nem Ceni, nem Marcos, nem Taffarel, que nada, Higuita é o maior!

Verlaine em 08 de maio de 2013

A seleção colombiana dos anos 90 marcou época, também, por sua estética pouco convencional. Jogadores como Higuita e Valderrama chamavam atenção, não só pelo futebol eficiente, como pelo visual excêntrico. Se hoje Neymares da vida adotam um visual fora do comum, muito se deve aos desbravadores colombianos...

SergioD em 07 de maio de 2013

Higuita, o louco genial.

Jeremias-no-deserto em 07 de maio de 2013

O cara foi doido de tentar essa defesa e teve sorte. Mas se falhasse, acho que os companheiros de time e a torcida iriam comer o seu fígado.

Artur Souza em 07 de maio de 2013

Higuita era mesmo maluco beleza. Mas pagou caro por duas loucuras que cometeu. A primeira na Copa de 1990, quando tentou fintar, na intermediária, o camaronês Roger Milla, que lhe tomou a bola e marcou o gol que desclassificou a Colômbia. A segunda loucura encerrou de vez sua carreira, aos 37 anos: Higuita foi pego no exame antidoping, por uso de cocaína. Um final triste para quem jogava um futebol tão alegre.

moacir em 07 de maio de 2013

Caracas! Tem razão o locutor: um mestre do imprevisísel!

JT em 07 de maio de 2013

Quando eu era garoto sofria de bronquite. Por isso quando comecei a jogar bola fui para o gol, pois não conseguia dar um pique de 15 metros sem bufar. Minha saúde foi melhorando mas fiquei embaixo das traves. Treinava quase todos os dias de manhã, numa escolinha do bairro. Na época o goleiro Zetti jogava no Palmeiras e era em quem me espelhava para fazer as defesas. Infelizmente seu último jogo como titular pelo Verdão foi no Maracanã, contra o Flamengo, quando ele quebrou a perna numa dividida com o atacante Bebeto. Gaúcho, o centro-avante do Palmeiras, foi para o gol, pois já haviam sido feitas todas as substituições. O Flamengo empatou aquela partida nos instantes finais e houve uma decisão de pênaltis. O Gaúcho falou para o repórter: - Eu vou pegar. Nós vamos ganhar. E não é que o Gaúcho pegou defendeu penais? Um deles cobrado pelo Zinho. Isso foi em 1988. Faz tempo. Hoje não jogo mais bola, mas sempre presto atenção nos arqueiros. Infelizmente cantei a maneira que o Brasil seria desclassificado na Copa da África do Sul: com um frango de Júlio Cesar. Ganhei o bolão sozinho, feito um goleiro que vê o time ir para o ataque.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI