Image
Felipão como garoto-propaganda da Caixa Geral de Registros, de Portugal (Foto: CGD)

A descabida repercussão que os comentários de Felipão sobre o Banco do Brasil tiveram entre funcionários da entidade e sindicalistas bancários – leiam aqui mais sobre minha opinião a respeito do episódio – continua aumentando, mesmo depois das desculpas do terinados, em evento da FIFA ocorrido no dia seguinte à sua entrevista de apresentação — na sexta, 30 –, num hotel paulistano, durante o qual acabou se declarando cliente do Banco do Brasil há 30 anos, mesmo estando à frente de um cartaz com logo do concorrente Itaú, patrocinador da Seleção Brasileira.

“Banco é Caixa”

Pois bem. O vídeo abaixo, uma verdadeira pérola, ajudará a confundir ainda mais os que acham que o técnico é um perseguidor dos bancos estatais, ou que tem, de fato, alguma preferência por alguma entidade específica em particular.

Trata-se da propaganda que ele protagonizou da Caixa Geral de Depósitos, banco público português. O contrato de Felipão com a empresa durou de 2006, auge de seu período como comandante da Seleção Portuguesa – que assumira em 2002, levando os lusos à final da Eurocopa dois anos depois – a 2008.

“Quem sai do seu país, como eu e você, tem que adaptar-se a muitas coisas novas”, diz o gaúcho no começo do vídeo. Em seguida, ele inicia uma rápida aula de sinônimos do português de Portugal para palavras conhecidas no Brasil. “Tive que aprender que aeromoça é hospedeira, e cadarço é atacador; aprendi que açougue é talho; trem… é comboio. Que torcida é uma claque; pebolim é matraquilhos”.

Até que chega o grande final: “e que banco… ah, banco é fácil! Banco é Caixa”

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 14 =

1 comentário

Ismael Pescarini em 03 de dezembro de 2012

Não foi possível inserir comentário no post anterior, mas fica minha observação sobre o "Rosemarygate": o problema de Lula não será a Rose, será a Marisa. Saber que o marido *** **** tudo bem, mas será que ela aguenta a ****** pública?

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI