Image
A aranha constroi sua teia no jardim

O fotógrafo francês que, modestamente, se identifica apenas como Jean-Michel — nome muito comum na França –, postou no Vimeo esse vídeo fabuloso de uma aranha construindo sua teia. Com grande determinação e paciência, Jean-Michel fotografou o trabalho da aranha por uma hora e meia, clicando a cada quatro segundos com sua Nikon D4 no modo time-lapse.

O resultado:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 17 =

6 Comentários

Dulce Regina em 03 de fevereiro de 2013

Caro Setti, volto para dizer que, você e o querido Augusto me encantam. Isto porque, seus blogs contribuem muito, para melhorar meu aprendizado como pessoa e, como leitora. Revejo sempre, o vídeo da entrevista de vocês, uma amizade verdadeira. Tenho vocês, como dois irmãos muito queridos. A vida é assim, temos que ter determinação e paciência. Que sábias, são as aranhas ! Abraços, bom domingo. Puxa, Dulce, que mensagem legal! Muito obrigado. De fato, o Augusto é meu irmão. Já estivemos juntos em várias paradas: na VEJA, anos 70 e 80 -- seu talento levou-o a redator-chefe, e de colega inicialmente passei a subordinado, com grande prazer --, no inesquecível time do Jornal do Brasil entre 1985 e 1990 (ele como diretor da sucursal de São Paulo, estratégica para o jornal, eu como editor regional, e depois ficando em seu lugar quando ele passou a diretor de Redação do Estadão), no Estadão em ebulição com o ciclo reformista iniciado pelo Augusto em 1988 (passei a integrar o time como editor-chefe em 1990)... e por aí vai. Um abração

Dulce Regina em 16 de janeiro de 2013

Fantástico! Bem vinda, a tecnologia que faz com possamos vislumbrar essa maravilha. Aranha, trabalhadora, persistente, correta na sua tarefa. Meus aplausos! Que bom se, alguns vagabundos pudessem se mirar nesse árduo trabalho.

Kitty em 02 de janeiro de 2013

Olá Ricardo, quando jovenzinha tinha pavor ás aranhas. No jardim tinha muitas teias de aranha, e eu gostava, a uma certa distância, observá-las a tecer a sua teia e ver quando moscas ou muriçocas caiam nessa pegajosa teia, mas nunca vi o processo de fazer a teia. Nesta sequência em time-lapse completei a minha curiosidade da época. Realmente um trabalho de paciência pelas voltas que tem de dar antes de concluir a teia, inclusive as correções. Fiquei fascinada e, claro, sem medo... Ainda hoje não gosto muito dos arácnidos...O fotografo fez um ótimo trabalho!!! um abraço//Kitty

Teresinha em 07 de dezembro de 2012

Muito bonitinho, percebe-se que ela volta para resolver alguma falha. Ela tem responsabilidade com seu trabalho. Cada vez mais gosto do time-lapse, está permitindo revelar os detalhes das belezas simples. É mais um trabalho que engrandece os fotógrafos.

Marco em 06 de dezembro de 2012

Don Setti; Belo ! Abs.

jarvik em 06 de dezembro de 2012

O arquiteto que tendo tanto tempo e oportunidades para conhececer preferiu apoioar ditadores e ditaduras como Fidem e Cuba.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI