Image
Incrível apresentação: Kohar e as estrelas da Armênia

A Orquestra Sinfônica e Coral Kohar, de Gyumri, no nordeste da Armênia, é conhecida por inovar músicas armênias tradicionais e conferir-lhes uma levada pop.

Foi fundada em 1997 pelo libanês de origem armênia Harout Khatchadourian.

Dirigida pelo maestro cipriota Sebouh Abcarian, com seus mais de 140 músicos, dançarinos e cantores do coral, as apresentações da Kohar geralmente se dão ao ar livre.

A Kohar virá em breve à América Latina para nove shows, três deles em São Paulo, entre 9 e 11 de novembro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − doze =

13 Comentários

Haiganouch Licin Ganatchian Pilli em 29 de outubro de 2012

Setti, jornalista maravilhoso, obrigada pelo presente deste vídeo. Sou filha de Armênios, nascidos lá. Conheço alguns países, mas não tive oportunidade de conhecer o país dos meus antepassados, tão próximos, pai e mãe. Mas vibro e fico tão feliz quando pessoas como você divulgam alguma coisa sobre a Armênia, me emociona muito. Um dia, espero que não demore muito, pretendo conhecer esse país, que por toda informação que tenho é muito lindo!!!!! Mais uma vez obrigada! afinal para mim foi um alento, depois dessa eleição em São Paulo, que também é minha cidade. Presentão.... Puxa vida, fico muito feliz por você ter gostado. Ótimo! Obrigado por suas boas palavras a meu respeito. Um abração

PAULO BOCCATO em 28 de outubro de 2012

http://www.youtube.com/watch?v=Jcli97zn4HM&feature=relmfu repito que Seran D´AMATO É MULHER MAIS LINDA EM QUE COLOQUEI OS OLHOS ! QUEM CANTAÉ O PAIS DELA...UMA FIGURA !

PAULO BOCCATO em 28 de outubro de 2012

SETTI, AQUI VAI UM LINK COMLETO DESDE O INICIO . QUEM CANTA É O PAI DA MOÇA...UMA FIGURA ! http://www.youtube.com/watch?v=Jcli97zn4HM&feature=relmfu REPITO QUE SERENA D´AMATO É A MULHER MAIS LINDA EM QUE JA COLOQUEI OS OLHOS !

Vera Scheidemann em 28 de outubro de 2012

Lindo, lindo, lindo ! Vera

selminha em 28 de outubro de 2012

É muito melhor ver e ouvir esta belíssima orquestra do que acompanhar as eleições por este país, e ver que Haddad vai levar São Paulo de presente. Que Deus proteja os paulistas desta péssima escolha. Os paulistanos, você quis dizer, não é? Paulistas são os que nascem no Estado de São Paulo. Este, por ora, está fora das garras do PT, felizmente... Claro que os paulistanos são paulistas, mas têm essa palavra específica para designá-los. Como cariocas e fluminenses. Abração

Teresinha em 28 de outubro de 2012

Maravilhoso, contagiante, imagina um show completo e ao vivo!

Reynaldo-BH em 28 de outubro de 2012

Setti, só posso agradecer! Ieda (nossa EIDIA) merece! E precisa continuar fazendo o que todos deveríamos fazer. Um obrigado e um abraço!

Reynaldo-BH em 28 de outubro de 2012

E para a Rita (e os amigos cachorreiros!). Hehehe... Bom domingo! http://www.youtube.com/watch?v=NIAX_ZYgEA0

Reynaldo-BH em 28 de outubro de 2012

Sobre o post anterior: os equipamentos médicos em uso no hospital, foram doados por médicos de BH e lojas de material cirúrgico que foram visitadas, uma a uma, pela Ieda.

Reynaldo-BH em 28 de outubro de 2012

Um absoluto off topic. Setti, em meio a tantas notícias de “espertezas” e outros comportamentos de brasileiros, um pequeno gesto, um pequeno grande gesto. Nossa amiga – comentarista aqui do blog, a EIDIA – é uma mulher destas especiais. Que sempre recusou-se a ser ativista somente frente a um teclado. Que desconfia das ações oficiais. E mantem a capacidade de se indignar. Como todos nós. Mas ela vai além. Ieda (este é o nome dela) faz a diferença. Faz da indignação, ação. Sem rancores, bandeiras ou discursos raivosos. Faz porque entende que viver, ao final, é isto. Ela conhece, literalmente, o mundo. Desde Paris – onde morou - ao Iraque. Desde a Palestina à Israel. Desde o Brasil à Índia. Ieda, em uma destas viagens, ficou impressionada com o Brasil na década de 1950 que encontrou na Índia. Pelos costumes e pela extrema pobreza e falta de atendimento à população. Ao lado de um templo budista que visitava, conheceu uma comunidade de lavradores (da qual o motorista que a atendia na viagem) que sobrevivem daquilo que plantam. E festejam a vida, com danças, cores e fé. Ieda imediatamente – já naquele primeiro contato – resolveu que iria fazer algo. E começou a participar de um projeto – idealizado pelo jovem motorista indiano (mais um que acredita na utopia – chamado Prema Metta). Que contava com um pequeno auxílio de japoneses que haviam conhecido o local. Ieda voltou ao Brasil e fez um movimento – solitário a início e com o apoio, pequeno e muito menor que o que é necessário – para angariar fundos para construção de uma escola no local e um posto de saúde. Foram leilões, doações, vendas do que trouxe de lá, etc. E aos poucos, sem NUNCA desanimar, teve a ajuda de boutiques conhecidas, cervejarias e amigos. Fez um leilão e arrecadou o que pode. A sobrevivência dela? Com o próprio dinheiro. Não recebe um centavo para se manter na Índia, seja de hospedagem ou alimentação. Simplesmente porque não dá! Cada centavo tem uma destinação certa e necessária. E lá se foi Ieda. Mala com excesso de bagagem, com bonecas, livros de colorir, panos e tudo o mais que poderia fazer uma criança feliz. Em menos de um mês conseguiu – com os recursos que levantou aqui – colocar energia solar na pequena escola de umas três salas. E ventilador de teto (lá é comum, nesta época, fazer 40 graus!). Idem um estrado coberto com mantas, para tirar os meninos e meninas do chão batido de terra onde estudavam. Doou notebooks para a escola (um) e para o professor. E ontem (27/10) mais um passo do sonho foi dado. Inaugurou o que ela chama de mini-posto de saúde. E os locais denominam de hospital. O que fica mais próximo, fica a horas de distância. Tenho um profundo orgulho de ser amigo de Ieda. De quem NUNCA se acomodou com a situação de injustiça. Esteja onde estiver. Que desconhece fronteiras. Que nunca julgou judeus ou palestinos. Que não acusa americanos ou iraquianos (já morou em ambos países). Mas que nunca desistiu. E nem desistirá. Antes que a acusação – infelizmente comum – de porque não está fazendo o mesmo no Brasil, respondo por ela: já fez a vida toda! Desde a infância! Hoje ela tem 65 anos bem vividos. Plenos e felizes. E seria como se nós, por cá, não aceitássemos a ajuda de tantos de fora que nos ajudam. O jornal da BBC da Índia publicou reportagem com Ieda, ontem. Com foto e título: “Brasileira abre hospital!”. (Nota: vejam o link e entendam o que é este hospital: inteiramente gratuito, fará o básico com o muito pouco que Ieda pode garantir! Mas um HOSPITAL para quem, como a senhora idosa da foto, que estava a 7 dias com uma perna quebrada!). Ieda – nossa EIDIA que estava sempre por cá, indignada com o Brasil – NUNCA contou (aqui ou lá) com um tostão de nenhum governo, ONG ou o que se equipare. Faz com o que tem e com ajuda de quem a conhece. Por isso, apresento a vocês IEDA DIAS: uma BRASILEIRA que faz a diferença. Post sobre a foto da BBC da Índia: http://oquevivipelomundo.blogspot.com.br/2012/10/ja-sonhando-com-proxima-foto_28.html?spref=fb E a inauguração do hospital: http://oquevivipelomundo.blogspot.com.br/2012/10/mais-parecia-inauguracao-de-shoppingrs.html Reynaldo, caro, adivinha o que vou fazer com esse seu texto?... Abraço

Atento em 28 de outubro de 2012

Muito legal! Gente bonita, boa música, danças folclóricas e um excepcional trabalho de edição. Gostei!

PAULO BOCCATO em 28 de outubro de 2012

LA VAI ! http://www.youtube.com/watch?v=rmysG6j8t1E SERENA D´AMATO ! Muito bonito. Vou aproveitar, sim. Um abração e obrigado!

PAULO BOCCATO em 28 de outubro de 2012

AH ENTAO PERAÍ SEU SETTI...SE EU LHE ENVIAR UM VIDEO DA NOSSA TERRINHA COM A MAIS BELA 'BALLERINA' EM QUE JA METI OS OLHOS VOCE COLOCA NO BLOG ? HEI,HEIN,HEIN ...??? Vou examinar com carinho e, dependendo do vídeo, coloco, sim, no blog, caro Paulo. Abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI