Image
Um Afeganistão que pouca gente consegue ver: com pessoas em paz, a vida quotidiana se desenrolando e paisagens de tirar o fôlego

Vocês se surpreenderão com o vídeo que mostramos a seguir — o de um Afeganistão que não é apenas um país devastado por guerras, miséria, fanatismo, rivalidades tribais e intolerância.

Não até o Afghanistan – touch down in flight, curta-metragem do casal de cineastas alemães Lukas e Salome Augustin. O filme não mostra terror, zona de guerra, explosões ou invasão estrangeira, apenas retrata a vida diária de pessoas simples em Cabul e Mazar-e-Sharif — por precaução em um país ainda em conflito, não foram a outras cidades –, com pessoas de semblante tranquilo, crianças sorridentes e brincando, montanhas nevadas e majestosas, flores.

Lukas viveu entre 2006 e 2008 em Cabul, trabalhando em uma organização de ajuda humanitária. Em 2012 voltou com a noiva, Salome, munidos de seus equipamento de filmagem.

A trilha sonora foi composta especialmente para o filme por Lisa-Maria Puy.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − dois =

10 Comentários

razumikhin em 14 de abril de 2013

Que beleza. Também são lindas de ver as enormes e numerosíssimas plantações de papoulas do Afeganistão, de onde se extrai 87% do ópio consumido no mundo, ópio esse que é do povo como diria o kumpanhêro comissário Lenine. Quanta droga de poesia.

José Alberto Batalhone em 11 de abril de 2013

Espetacular. Show de Bola. Um dos pontos fortes do blog são os vídeos, como o de ontem, aquele da câmera posicionada no trem de pouso de um Boeing. Muito obrigado, caro José Alberto. Um grande abraço

Marmo em 11 de abril de 2013

Então...o ritmo da edição, a música, aujsência de diálogos...tudo faz lembrar aqueles filmes iranianos que costumamos ver em festivais. Concordo com um documentário: parecem tristes, sofridos,a escassez estampada na imagem do açougue com dois quilos de carne pendurados. Enfim...

moacir em 11 de abril de 2013

Que belo vídeo,Setti! Por anos, planejei um longa viagem pelo "oriente". E quis muito visitar o Afeganistão,que me diziam amigos que o haviam visitado, ser de uma beleza impressionante.Pisei na Índia no final de novembro de 1979.Um mês depois, os russos invadiram o Afeganistão.Ficou sempre na vontade,conhecer os budas gigantescos,as montanhas,os quatro lagos,as minaretes,ruas sombreadas por arvóres!!! de Kabul e as pipas. Obrigado.

Dulce Regina em 11 de abril de 2013

Parabéns para Lucas e Salome Augustin, pelo vídeo. Mas, você sabe Setti ? Não sei se foi a trilha sonora, achei triste. Os olhos das pessoas mesmo sorrindo estão tristes. Fiquei impressionada com o senhor de olhos azuis (verdes ?), um outro com uma roupa muito bonita, um olhar profundo mas, igualmente triste. E, ainda um menino tb muito bem vestido, com um olhar de cortar o coração. As imagens, foram muito bem captadas. Abraços, Dulce

João Augusto em 11 de abril de 2013

Augusto, boa tarde. Emocionei-me demais com o video.Pergunto-me como um país desse, sempre perseguido por invasões (de Alexandre, passando por Gengis Khan e outros como a Russia e formação de guerrilhas pelos americanos)continuar tao belo. Tive a felicidade em conhecer (era mochileiro)as estátuas de Buda antes dos russos. Apesar das lutas tribais de agora(sempre olharam torto uns aos outros),fanatismo e intolerância, na época encontrei um povo amável e hospitaleiro (apesar das cicatrizes de agora), que tornou realmente inesquecivel para mim.

Ismael Pescarini em 11 de abril de 2013

É um dos berços da humanidade. Lugar bonito e cheio de história, tanto quanto o Irã. Mudando de assunto, faz tempo que não vejo novas dicas e ensaios de música de seu filho jornalista. Que houve, você pôs o moleque de castigo? Caro Ismael, jamais colocaria o filhão de castigo. Ele é um cara sensacional. O que ocorreu foi que, diante do muito trabalho que ele tinha com muito pouco retorno em matéria de leitura, nós espaçamos a publicação. O Música no Blog é publicado aos sábados, duas ou três vezes por mês. Um abração

Oi Gostaria de entrar em contato com o Ismael Pescarini que postou um comentário sobre "Discurso sobre Deus" de um dos livros da Trilogia "Nexus,/Sexus/Plexus" no site revistabula, artigo do Nei Duclós , resenha do livro censurado do Henry Miller , "Pesadelo Refrigerado". Se ele puder me enviar por email o "Discurso sobre Deus" serei eternamente "grato"(de graça, vide "Profeta Gentileza").

Setti
Felipe Goltz em 11 de abril de 2013

Belo presente ao leitores do blog, Ricardo. Lindíssimo vídeo. Há coisas que se encontram por aqui, hehe. Abs, Felipe Obrigado pelo carinho, caro Felipe. Abraços

Elza em 11 de abril de 2013

Obrigada por me apresentar um documentario tao interessante. É um prazer saber que apreciou, cara Elza! Abraços.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI