Image
A modelo Karolina Kurkova, fotografada no Arpoador para a edição especial da revista “Vogue” sobre o Rio de Janeiro (Foto: J. R. Duran)

Amigos do blog, J. R. Duran, o fotógrafo, é uma lenda. A fama como fotógrafo de lindas mulheres, que adquiriu graças a mais de duas décadas de trabalho em Playboy, é apenas parte de sua rica trajetória.

O brasileiríssimo Duran, nascido em Barcelona, já trabalhou em Nova York, é um dos grandes fotógrafos de moda em atividade, realizou trabalhos de fotojornalismo notáveis, transformados em livros, em locais tão distintos como a Etiópia ou a cidade de Sevilha, na Espanha, é autor de bons romances — Santos (2002) e Lisboa (2006) –, e, como jornalista de texto, fez e faz reportagens fascinantes, inclusive de aventuras.

Não bastasse, é piloto de helicóptero.

Pois bem, na foto acima, feita para a recente edição especial da revista Vogue sobre o Rio de Janeiro, está a modelo Karolina Kurkova, que Duran também fotografou na Lapa e no Hotel Copacabana Palace.

Se você quer ver como trabalha o mestre, confira no vídeo abaixo, feito enquanto ele fotograva Karolina, andando — muito rapidamente — no calçadão do Arpoador. Com o inseparável fotômetro preso ao cinto, Duran, sem luz artificial, sem nada, persegue em velocidade a modelo pelo calçadão afora, clicando-a de todos os ângulos. O resultado, como você pode constatar acima, sempre é muito bom.

Agora, o vídeo, visto por muito pouca gente:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − três =

17 Comentários

Teresinha em 29 de novembro de 2011

Acho um trabalho lindo, porque mesmo depois de tantas fotos, consegue ainda resultados inéditos com sensação de naturalidade.

jose em 28 de novembro de 2011

wilsoleaks, apenas mostrei que a Petrobrás é uma Empresa como qualquer outra com erros e acertos. Infelizmente os acertos vem diminuindo significativamente e o que outrora era uma Empresa de ponta virou um belo cabide para os amigos do rei... Sou a favor da privatização sim, aliás o pt também é, tanto que privatizou estradas, bancos, distribuidoras de energia, aeroportos, etc. E não vem com esta de "patrimonio dos brasileiros", etc e tal, porque não cola: a Petrobrás é só mais um cabidaço, que produz uma das gasolinas mais caras do mundo aqui e vende a preço de banana fora. Perde dinheiro a rodo, como na refinaria Abreu e Lima, na Bolívia, etc e todos acham que vai bem. Quer um exemplo: veja quanto ela vale e como andam suas ações na bolsa enotará o estrago que esta administração está fazendo.

Wilsoleaks Alves em 28 de novembro de 2011

PETROBRAX é o nome da alienação liberal.

Wilsoleaks Alves em 28 de novembro de 2011

Sr Setti e Sr José Pelo menos agora as plataformas não afundam, né?

jose em 28 de novembro de 2011

Setti, apenas para esclarecer ao "Jeff - 25/11/2011 às 16:12". " Só a Petrobras, a maior empresa do setor, encerrou o ano passado poluindo mais e recebendo um grande volume de autos de infração dos órgãos de fiscalização. Em 2010, a estatal registrou 57 vazamentos, contra 56 ocorrências em 2009. O volume de petróleo e derivados derramado cresceu cerca de 163%, pulando de 1.597 mil barris, em 2009, para 4.201 mil barris espalhados na natureza no ano passado, quase o dobro dos 2.400 barris que teriam vazado do poço da Chevron no campo de Frade (Bacia de Campos), onde a Petrobras tem 30% de participação no consórcio de exploração. Fonte: http://oglobo.globo.com/economia/petrobras-vazou-duas-vezes-mais-oleo-em-2010-do-que-acidente-da-chevron-3332275

Jefff em 26 de novembro de 2011

Se tem vazamento na casa é melhor vende-la do que consertar o vazamento (ai se resume o pensamneto liberal).

Jeff em 25 de novembro de 2011

Claro que vc não é a favor do vazamento, mas image, só image se fosse um vazamento da petrobras. Vc seria o 1º a pedir a privatização do dinossauro para que ela tivesse a qualidade de empresas privadas como a...Chevron por exemplo! Não precisa haver vazamento, não, Jeff. Sempre fui a favor de privatizar a Petrobras, que na maior parte de sua existência tinha como principal objetivo servir a seus próprios funcionários. Houve um tempo, que terminou com o governo FHC, em que a empresa depositava no fundo de pensão de seus funcionários 10 vezes o equivalente, por mês, à contribuição do próprio funcionário. Projeto de lei enviado ao Congresso por FHC e transformado em lei limitou as contribuições de estatais e empresas de economia mista ao limite de 1 x 1 -- a empresa só contribui com o equivalente à contribuição do funcionário. A Petrobras durante muitos e muitos anos tinha no Conselho de Administração, que fiscaliza a diretoria, funcionários de carreira da própria empresa. Bela fiscalização, não? E por aí vai.

Turismo Hospitalar em 25 de novembro de 2011

Ué Ricardo, vc disse em outro post que eu poderia deixar o e-mail... Mudaram as regras ? Desculpe, meu caro. Foi um lapso meu. Por gentileza, reenvie o comentário, tá?

Jose Americo C Medeiros em 25 de novembro de 2011

Muito obrigado pela excelente dica, caro José Américo. A seu pedido, deleto o comentário. Um grande abraço

Marco em 25 de novembro de 2011

Amigo Setti: Por respeito ao Daniel,a o teu neto, enfim tua família. Não faz o q tive q fazer hoje, tive q ir ao centro de Poa. Pq no fim tu pode acabar virando um irresponsável, meu amigo. KKKKKKKK.... Abs.

Jefff em 25 de novembro de 2011

O que tem a comentar do “errinho” de US$ 2,3 bi de Roger Agnelli que comprou navios que não conseguem atracar nos portos?? Qual o interesse desse "brilhante" executivo que vc tanto defendeu em um post em que ele foi defenestrado da vale?

Jefff em 25 de novembro de 2011

O comportamento de vcs da imprensa digo vcs porque até agora vc não se pronunciou a respeito do escandaloso vazamento de petroleo causado pela Chevron. A cobertura da imprensa é tão escadalosa quanto o vazamento. Jefff, você acaso acha que sou favorável ao vazamento? Há milhares de fatos que não comento, é impossível comentar tudo, sobretudo num caso, como este, em que a própria cobertura do site de VEJA mostra os erros da empresa. Publiquei um post em que a senadora Ana Amélia comenta os fatos.

Turismo Hospitalar em 25 de novembro de 2011

E não posso deixar passar o trocadilho. A gente fica duran com essas fotos hein ?

Turismo Hospitalar em 25 de novembro de 2011

Ele consegue fotografar as poucas formas de uma modelo, normalmente magra. OBS : Ricardo, conforme permitido em um post anterior deixo o meu e-mail abaixo, para os colegas que quiserem trocar opiniões : perguntasemacacoquerdiogomainardi@hotmail.com

Wilsoleaks Alves em 25 de novembro de 2011

Senhor Ricardo Setti... O vídeo é muito bom, contudo, não foi isso que me trouxe aqui. O Assunto é um pouco mais sério. Estou aqui para lhe pedir que não deixe passar em branco, isto é, sem divulgação as notícias de que Gilberto Kassab está atolado até o quepe em corrupção, acho que já basta a pizzaria que virou a compra de emendas na ALESP.

Atheneu em 25 de novembro de 2011

Rapaz, pelo video, eh facil essa profissao. O cara tira mil fotos e escolhe uma que sirva. Se a Playboy precisar de fotografo, ja pode me chamar. Abraco!

Tuco em 24 de novembro de 2011

. KKurkova lembrou-me Fernanda... Ahhh... Fernanda! Deixe-se fotografar e nos brinde com esse espetáculo nas páginas da Playboy! http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/cunhada-de-temer-desiste-de-posar-nua-para-playboy-apesar-do-silencio-das-partes-nao-e-dificil-adivinhar-o-que-pode-ter-ocorrido/ .

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI