Image
Foto de uma escultura viva de U-Ram Choe (Divulgação)

Tudo começou no primeiro ano da universidade, quando lhe deram como tarefa uma escultura que se movesse e ele fez, lançando mão de um motor velho e de elásticos.

A partir daí, o originalíssimo artista sul-coreano U-Ram Choe não se satisfez mais com obras que não tivessem movimento. Ele planeja suas “esculturas cinéticas” em computador, utiliza uma vasta série de materiais em seu trabalho e mantém uma relação tão intensa com suas obras que costuma visitá-las, como elas fossem seres vivos.

U-Ram Choe gosta de enfatizar que as obras são o produto de um trabalho de equipe, referindo-se aos artistas que integram seu estúdio. “Pessoas diferentes se reúnem com suas experiências diferentes, e o grupo pode fazer muito mais do que o indivíduo”, diz. “É assim que me sinto com minha equipe. Nos dedicamos a fazer uns aos outros felizes.”

Vejam suas notáveis esculturas neste vídeo, indicado pela querida Domitila Becker, que, depois de contribuir muito com o blog, está percorrendo outros caminhos profissionais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − seis =

6 Comentários

Clóvis Melo Cardoso em 20 de agosto de 2012

Simplesmente belíssimo! Obrigado!

Nelson Pisoni em 07 de outubro de 2011

Nuca vi um site tão medíocre como esse da Veja. Uma linguagem que expurga raiva e despeito. Não é a toa que experimenta vendas cada vez mais mirradas. Não merece ser vista. É, as vendas vão muito mal. A revista só vende 1,2 milhão de exemplares por semana. Uma lástima. Se não gosta do site, convido-o a ir a outro menos medíocre. Talvez Ofuxico, o que você acha?

rossini thales couto junior em 06 de outubro de 2011

Caro Ricardo: Excelente o vídeo enviado pela nossa querida Domitila Becker. Somente hoje fiquei sabendo que aquela que foi sua eficiente colaboradora partiu para trilhar novos caminhos profissionais. Assim sendo, aproveito a oportunidade para desejar a ela os meus mais sinceros votos de uma brilhante carreira, coisa que ela é e sempre será merecedora. Também nunca vou esquecer as inúmeras vezes em que ela dedicou sua atenção aos meus e-mails que eu lhe enviava. No mais, caríssima Domitila, sucesso, muito sucesso nessa sua nova trajetória profissional. Abraços do sempre amigo Rossini Em nome dela, agradeço, caro Rossini. Um abração

Aninha em 05 de outubro de 2011

Fascinante, Ricardo! Agradeça a Domitila! Muito bom!

Marco em 05 de outubro de 2011

Amigo Setti: O Rey está certo, vou fazer uma brincadeira com o Bandarra, até pensei q tinha sido declarada a 3 Guerra Mundial. Abs.

Reynaldo-BH em 05 de outubro de 2011

Setti, peça ao seu pessoal de TI ver o erro que este post contém. Ao entrar em seu blog, o vídeo (sem demandas do usuário) é automaticamente acionado e começa uma voz em japones a assustar os leitores.. hehehe. Ou seja, entrou no blog, o vídeo das plantas é startado! Abraços.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI