Image
Um jato de combate F-16 sem piloto, controlado desde sua base na Flórida, participa de manobras militares com outros aviões tripulados sobre o Golfo do México (Foto: Boeing)

Há alguns meses a Boeing anunciou que, num trabalho conjunto com a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), havia convertido jatos de combate supersônicos F-16 aposentados em drones — aviões não tripulados, pilotados de terra.

O vídeo que você vai ver abaixo mostra a primeira vez em que um desses jatos, ainda em uso em diferentes versões por vários países do mundo, inclusive os EUA, decola de uma base aérea na Flórida, navega e aterrissa perfeitamente, com o cockpit vazio.

Inicialmente, os F-16 sem piloto, originalmente construídos por um concorrente da Boeing, a Lockheed Martin,  servirão como alvos no treinamento e aperfeiçoamento de pilotos de caça, mas não se descarta que o futuro reserve outras tarefas para jatos de combate não tripulados.

O Pentágono está feliz com o sucesso da iniciativa e com a possibilidade de progressivamente conferir utilidade a milhares de jatos militares conservados em “cemitérios” de aeronaves, com custos de manutenção de centenas de milhões de dólares anuais.

Os primeiros F-16 transformados em drones vieram, todos, do “cemitério” anexo à base da Força Aérea de Davis-Monahan, no Estado do Arizona. Agora curtam o vídeo, que é narrado em inglês mas cujas imagens falam por si.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =

3 Comentários

Marco em 14 de abril de 2014

D. Setti, outra coisa não entra os comentários, sai avisos dizendo q tu está digitando muito rápido, q tu esta repetindo comentários. Se for do próprio blog, por favor ponha mensagens mais estimulantes. Abs. Meu querido Marco, o blog nunca envia esse tipo de mensagem. Pode ser algo no seu computador ou na sua linha. Tem gente que envia 20 comentários iguais e o site aceita -- quem deleta sou eu ou quem trabalha comigo. Dê uma checada. Um abração!

Marco em 14 de abril de 2014

D. Setti, O teu blog esta cada vez mais impulsivo até o vídeo dispara tb sozinho. Ultimamente ele tem andado meio estranho em causas, aparecendo emails acidentalmente de colegas comentaristas e etc... É melhor tu mandar dar uma olhada. Abs. Se você pudesse me ajudar dando um pouco mais de detalhes será ótimo! Vou falar com o pessoal de suporte técnico. Estou voltando de fora do país hoje e amanhã estarei na Redação. Abração!

Moacir 1 em 14 de abril de 2014

Setti, este vídeo está ligando sem ser acionado,indepedentemente de que post estamos lendo. Abc Grande Moacir, você é o segundo leitor que informa o mesmo problema. Já estou acionando a área técnica de VEJA. Obrigado! Abraço

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI