Image
As luzes de Dubai (Foto: Geoff Tompkinson)

Geoff Tompkinson é fotógrafo e cinegrafista. Cidadão do mundo, mais que inglês, há 30 anos vem colecionando os melhores ângulos de diversas cidades ao redor do mundo.

dubai-

Seu projeto “Round the World in Timelapse” (ou Volta ao Mundo em timelapse, em tradução livre), chegou a Dubai, e arrasou!

Imprimiu, em um vídeo dinâmico, alegre, com uma trilha de sacudir o espectador, aquele ar de mistério e modernidade que ronda a cidade destino de VIPs e que mais mexe com o imaginário dos meros mortais.

dubai-marina

Confira:

LEIAM TAMBÉM:

Dubai, a “Disneylândia financeira”, acusa o golpe da crise e ensaia rever seu modelo econômico

O bilionário emirado de Dubai, “onde o dinheiro não tem qualquer outro objetivo que não seja sua multiplicação e endeusamento”

Vídeo para não perder: em três minutos frenéticos, a transição do dia para a noite na gigantesca Los Angeles

Vídeo espetacular: A Terra vista do céu, como se você estivesse parado e ela, girando

Vídeo realmente espetacular: “TimeScape”, o filme – o primeiro do mundo em tecnologia 4k, com cinco vezes mais definição do que a do cinema atual

Vídeo para melhorar o seu dia e que é uma obra de arte: Veneza, do amanhecer à noite, em pouco mais de 3 minutos

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 12 =

4 Comentários

Kitty em 15 de setembro de 2012

Caro Ricardo uma cidade de um design arquitetônico ímpar, de um luxo que encandeia. Mas, sem parecer simplória demais, falta-lhe alguma coisa que o vídeo não captou...o coração de uma cidade na qual se respire vivência dos traços que a história deixou, parece uma cidade fria que sou tem um luxo ofuscante...poucas o quase nada de calçadas como se o povo andasse só de carros..sem pedestres. Mas como uma curiosidade valeu. Viajar a um lugar desse, mesmo que seja virtualmente, sempre vale a pena//Um abração caro amigo Ricardo//Kitty Tenho um casal de amigos queridos que trabalham e vivem em Dubai e, segundo eles e outras pessoas de minhas relações que conhecem o país, o que você aponta é apenas um dos fatores negativos de estar lá, ao lado, claro, de outros positivos. Obrigado por seu comentário, simpático e gentil como sempre, cara Kitty. Abração!

Luisa em 01 de setembro de 2012

Disneylandia arquitetônica. Prefiro O Rio.

MARIA DE NAZARE MARQUES em 01 de setembro de 2012

Caro Setti, Obrigada pelo lindo video sobre Dubai!! Vou pelo menos duas vezes por ano a Dubai ver minha filha e meu genro que já moram e trabalham lá há 4 anos, e sempre fico agradavelmente surpresa com o poder de renovação desse Emirado, ao mesmo tempo em que consegue manter suas tradições respeitadas e cultivadas. Acho fascinante o contraste entre o moderníssimo e as antigas tradições cultivadas: lindo demais o Burj Al Arab ao lado da Madinat Jumeirah em estilo árabe, com suas torres de vento; as abras cortando o Creek sem descanço; o Burj Khalifa enorme e tao elegante e delicado; os souks de ouro, tecidos ou especiarias onde se chega num metrô lindo, limpo e rápido; o balé das águas em frente ao maior e melhor shopping center do mundo... Passei 15 dias em agosto em pleno Ramadan e do verão de 48 graus -o que não se faz pra matar saudades de filha- e vi o jejum respeitado por todos: muçulmanos e não muçulmanos. Todos os restaurantes fechados até o por do sol que, sendo verão, só se punha em repouso as 19hs. A partir dai, a festa, o IFTAR: primeiro, as tamaras para quebrar o jejum, depois os buffets com as iguarias árabes e a confraternização entre os amigos. E nós, católicos, unidos a eles no mesmo desejo de saúde e paz. Em fevereiro vai chegar meu primeiro netinho, o Bernardo, que nascerá e, provavelmente, crescerá lá. Aí, vou ter que fazer o "sacrifício" de ir mais e mais vezes a esse lugar que tanto me encanta.

Marco em 01 de setembro de 2012

Dom Setti: Iluminação espetacular e uma clareza arquitetônica de progresso arrebatador! Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI