Eles já são impedidos pelo presidente-troglodita da Assembleia Nacional da Venezuela, Diosdado Cabello de usarem da palavra — direito assegurado na própria Constituição chavista, e pisoteado — caso não aceitem a vitória eleitoral do presidente Nicolás Maduro (que está sub judice, enquanto aguarda a recontagem dos votos da eleição do dia 15 passado).

Eles são xingados, no plenário, nas ruas e até diante de suas casas por tropas de choque chavistas.

O mesmo Cabello, muito ligado à alta cúpula militar,os ameaça de não receber mais seus salários.

Agora, os deputados da oposição, que receberam no ano passado metade dos votos do eleitorado, embora tenham bancada bem menor do que a oficial devido a maracutaias legais promovidas pelo regime, agora começaram a ser vítimas de agressões a socos e pontapés dentro do próprio plenário — e por colegas!

Vejam bem no vídeo: os deputados chavistas, em bom número, usam aquela espécie de agasalho esportivo ridículo com as cores da Venezuela, imitando o falecido caudilho Hugo Chávez, em ver de adotarem trajes usuais.

A “democracia” da Venezuela, que inclui milícias “populares” armadas, lembra, cada vez mais, a Alemanha dos anos 20 e 30.

Vejam com seus próprios olhos:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 20 =

9 Comentários

Kitty em 05 de maio de 2013

Querido Ricardo, Na Venezuela o vale-tudo está se tornando um atentado à democracia. Vendo essas cenas explicitas de violência, protagonizadas por deputados governistas que, inconformados pelo não reconhecimento por parte de Capriles da inglória vitória de Maduro por, apenas dois pontos porcentuais, foi o estopim da descomunal pancadaria onde deputados da oposição foram esmurrados e ainda quebraram suas computadoras. Qualquer um que se aproximasse para salvar uma das vitimas também levava socos. A maior covardia destes brutamontes, foi contra a deputada Maria Corina que teve o nariz quebrado e muitas escoriações no rosto todo que, precisou ser hospitalizada e operada. Outro deputado teve a mandíbula fraturada e assim foi com outros membros da oposição. A Câmara virou uma guerra campal, uma vergonha. O governo mentiroso ainda acusou a oposição de incitar a violência e simular os sinais da violência com maquiagem. Maduro está mostrando fragilidade e medo de ser acusado de mostrar seu lado ditatorial e isso o comprometeria perante outros países que o apoiaram mesmo sabendo das eleições fraudulentas. Um desses países é o Brasil! Isto é o que eles chamam de democracia. Espero que a corajosa deputada Corina se restabeleça logo! Tudo este indigno espetáculo deve ser repudiado por todos nós! Um abraço//Kitty Concordo plenamente, querida Kitty. Um abração!

Ronaldo Barra em 03 de maio de 2013

É uma vergonha! E o Brasil apoiando estes gorilas! Deve ser o que Dilma e Lula sonham para afastar seus opositores. Prá frente Brasil vamos para o segundo turno e afastar democraticamente estes ditadores que querem igualar o Brasil as republiquetas da América do sul.

Dulce Regina em 02 de maio de 2013

Setti, os chavistas com agasalho esportivo parecem mais seguranças, esses que se propõe a enfrentar o adversário, através da violência. Como vemos muitos aqui, do PT. Fiquei chocada com o tamanho da agressão desferida por dois desses animais selvagens. A oposição tem uma mulher corajosa mas, me parece bem franzina para agüentar essas agressões, espero que nada tenha lhe acontecido. Onde isso vai parar ? Por outro lado, admiro a oposição. Eles não vão deixar este governo (???) em paz. Vão lutar, até o fim, por suas convicções.

Corinthians em 02 de maio de 2013

Setti, Com estes vídeos irrefutáveis acabaram sumindo os defensores do chavismo e da democracia Venezuelana... o que será que aconteceu com eles ?

APEOESP a serviço do PT em 01 de maio de 2013

... É essa a democracia que o petê SONHA implantar um dia no Brasil...........mas não conseguirá ....

Jumbal em 01 de maio de 2013

Caro Setti lamentavel , e o povo ainda idolatra esse tipo de politca que deveria ter sido enterrada junto com os 50 milhoes de vidas que a segunda guerra fez

moacir em 01 de maio de 2013

Prezado setti, Desde o dia 10 de dezembro passado, quando a Constituição da Venezuela foi estuprada para acomodar Maduro na Vice-Presidência, - em vez de convocar novas eleições para 30 dias - nós já sabíamos muito bem o que nos esperava mais a frente.Afinal já vivemos a ausência do Estado de Direito. Agora,como assistimos no vídeo - que EXISTE! - os deputados oposicionistas,eleitos pelo povo,não apenas têm negado o microfone e a tribuna na Casa do Povo - a mando de seu presidente e traficante de drogas nas horas vagas Deosdado Cabello - e os seus salários confiscados,mas passaram a ser física e covardemente agredidos dentro da Assembléia da República, diante dos olhos amedrontados da Venezuela.Fica pois comprovado, para além de quaisquer dúvidas que,a Democracia ou o seu arremedo por 14 anos, na Venezuela se esgotou.E que essa Assembléia podia muito bem ser fechada. Testemunharemos daqui para frente à repressão,às perseguições,aos confiscos,às apropriações,ao fim total e irrestrito da liberdade de imprensa,a centenas de prisões arbitrárias,ao Judiciário de joelhos na frente de Maduro.Espero que o garoto propaganda do Pseudo-Presidente Nicólas - nosso valente ex-PresidentO Lulla - esteja com vergonha do papel que desempenhou na campanha, ajudando Maduro a amealhar votos.Mas duvido muito. Acabou aquela história,aquele blá-blá-blá de se fingir que as instituições funcionavam na terra de Bolívar.A Venezuela vive a tradução mais que perfeita da mais old-fashioned das Ditaduras.Não mais será possível qualquer oposição institucional. É guerra civil quase, e oposição clandestina já. Eu creio que as oposições venezuelanas pelo seu tipo de vida,de pensamento,de educação e de ideologia,esteja muito mal preparada para esse tipo de guerrilha ou de guerra civil. Mas não foi absolutamente a oposição da Venezuela que escolheu esse caminho ditatorial,e decretou a guerra NOS X ELLES. Foi maduro - EPA! quase me esquecia !- e seu chiquitito passarinho comandante. Abraço

Bruno Sampaio em 01 de maio de 2013

Mais que lamentável, criminoso. Boa hora para tentar achar aquele vídeo do Evo Morales dando uma joelhada nos testículos de um subalterno durante uma pelada comemorativa. Dá bem uma mostra de como se comprtam os bolivarianos cada vez que tomam um drible...

Angelo Losguardi em 01 de maio de 2013

Não duvide que apareçam tipos por aqui pra defender e justificar esse estado de coisas.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI