Milhões de brasileiros cantarolaram refrões como “diga/ espelho meu/ se há na avenida/ alguém mais feliz/ que eu”.

Assim como esse, muitos outros sambas-enredo de escolas de samba se tornaram clássicos do Carnaval e ficaram guardados, e grudados, na memória dos foliões – inclusive daqueles que nunca pisaram em um Sambódromo.

Confira nos vídeos abaixo três desses grandes sucessos.

Outros virão nos próximos dias.

1 — É hoje! — Escola de Samba União da Ilha (Rio, 1982) Trecho: “Diga/ espelho meu/ se há na avenida/ alguém mais feliz/ que eu”

2 — O que é bom dura para sempre — Gaviões da Fiel (SP, 1995) Trecho: “Me dê a mão, me abraça / viaja comigo pro céu”

3 — Peguei um Ita no norte — Salgueiro (Rio, 1993) Trecho: “Explode coração /na maior felicidade”

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =

15 Comentários

Gilda Pinheiro em 03 de agosto de 2014

O melhor do Rio: MACUNAÍMA O Melhor de São Paulo: NAIRANÃ- Camisa verde de 1977. Sem discussão. Gaviões não estaria em nenhuma lista.

Voto válido!! em 05 de março de 2014

Muito bom mesmo!

Paulo em 05 de março de 2014

Primeiro o nome do rádio do blog: Radio SET. Pelo blogueiro, pelo número de dias da semana nos quais vai haver música e por lembrar estúdios de gravação. Agora o comentário sobre o post: No lugar desse samba da gaviões, teria que ter o inesquecível Macunaíma, da Portela (não lembro o ano): Vou-me embora/ vou-me embora/ eu aqui volto mais não/ vou morar no infinito/ e virar constelação...

PARQUET non petit em 05 de março de 2014

Bernardo - 05/03/2011 às 11:52 ” vejam essa maravilha de cenário é um episódio….” essa é obrigatória em qualquer lista, sem perdão Setti. Você tem razão. São tantos os sambas-enredo geniais que qualquer lista que não seja enorme comete injustiças. Abração Rosa Maria Pacini - 05/03/2011 às 16:33 Setti,não gosto muito do samba-enredo da Gaviões, mas gosto muito das demais. “É hoje”, por exemplo, penso que foi o melhor samba-enredo apresentado pela União da Ilha, mas eu goste muito também de “O Amanhã”, que a União apresentou alguns anos antes, não me lembro exatamente quando, mas dizia: “Como será o amanhã. Responda quem puder. O que irá me acontecer. O meu destino será como Deus quiser”. Há ainda tantos outros sambas-enredos memoráveis, como por exemplo a homenagem que a Mangueira prestou a Monteiro Lobato, que dizia: ” E assim, nesse cenário de real valor. Eis o mundo encantado, que Monteiro Lobato criou”. Também gosto de “Atrás da Verde e Rosa só não vai Quem já Morreu”, que tem um refrão delicioso: “Me leva que eu vou. Sonho meu. Atrás da verde e rosa. Só não vai quem já morreu”.rsrsrs A Imperatriz Leopoldinense criou, na minha opinião um dos sambas-enredos mais marcantes da década de 80:”Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”, mas também há mais dois belíssimos sobre esse tema. O primeiro, mais antigo é “Heróis da Liberdade”, da Império Serrano; “Ô, Ô Ô, Liberdade chegou”. O outro “100 Anos de Liberdade:Realidade ou Ilusão?”, da Mangueira “Pergunte ao criador, pergunte ao criador, quem pintou esta aquarela”. -—-—-— SETTI, Com a devida licença, estas sugestões de leitores substituem a posição do bom samba da Gaviões.

Sérgio Carneiro em 04 de março de 2014

Colocar qualquer samba de escola paulista na frente de pelo 100 do Rio, é bairrismo demais. O que significa Gaviões da Fiel? Daqui a 1000 anos as escolas de São Paulo chegam lá. Releia o que você escreveu e depois fale de novo em bairrismo...

Debora em 04 de março de 2014

Setti, é preciso dizer que a verdade é imprescindível. Saber envelhecer sem ser ridículo é para poucos e poucas. O que se viu neste carnaval 2014 foi um show de horrores!!! Senhoras atrizes globais com garotões, quebra paus pela posição de rainha de bateria (só faltou se unharem e arrancarem os cabelos); atrizes, atores, cantoras e ademais, já bem passadas, pagando mico (como diria meu neto) bêbadas ou drogadas, sei lá... algumas pagando e bancando garotões...Aff! Senhor tende piedade de nós e dê-lhes um óculos e um espelho. Ah, Senhor... não se esqueça da Xuxa. AMÉM. É difícil discordar de você, Debora...

SergioD em 05 de março de 2011

Ricardo, deu algum problema no site? Falo isso por que meu comentário das 16:02 ainda está aguardando. Um abraço Nunca há problemas com seus comentários, amigo SergioD. Eu é que não estava disponível o suficiente e queria não apenas liberar o comentário, como respondê-lo, como fiz. Abração

José Alberto Scur em 05 de março de 2011

uma que eu nunca mais esqueci, e eu nem assisti carnaval é aquela: PUM DUM BATICUDUM BUGURUNDUN, E A MINHA GENTE NA SAPUCAÍ....(claro a letra ta errada, mas é o que me lembro.... Aguarde, que estará no blog neste Carnaval, inteirinho. Naquele ano, lembro-me da emoção que tive quando, trabalhando para VEJA (a revista, que deixaria no ano seguinte, 1983), estive no Maracanã cobrindo um jogaço -- Brasil x Alemanha. Metade da imensa torcida que compareceu na tarde daquele domingo para ver o Brasil vencer por 1 a 0, gol de Júnior, cantava esse samba. Abração

Rosa Maria Pacini em 05 de março de 2011

Setti,não gosto muito do samba-enredo da Gaviões, mas gosto muito das demais. "É hoje", por exemplo, penso que foi o melhor samba-enredo apresentado pela União da Ilha, mas eu goste muito também de "O Amanhã", que a União apresentou alguns anos antes, não me lembro exatamente quando, mas dizia: "Como será o amanhã. Responda quem puder. O que irá me acontecer. O meu destino será como Deus quiser". Há ainda tantos outros sambas-enredos memoráveis, como por exemplo a homenagem que a Mangueira prestou a Monteiro Lobato, que dizia: " E assim, nesse cenário de real valor. Eis o mundo encantado, que Monteiro Lobato criou". Também gosto de "Atrás da Verde e Rosa só não vai Quem já Morreu", que tem um refrão delicioso: "Me leva que eu vou. Sonho meu. Atrás da verde e rosa. Só não vai quem já morreu".rsrsrs A Imperatriz Leopoldinense criou, na minha opinião um dos sambas-enredos mais marcantes da década de 80:"Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós", mas também há mais dois belíssimos sobre esse tema. O primeiro, mais antigo é "Heróis da Liberdade", da Império Serrano; "Ô, Ô Ô, Liberdade chegou". O outro "100 Anos de Liberdade:Realidade ou Ilusão?", da Mangueira "Pergunte ao criador, pergunte ao criador, quem pintou esta aquarela".

SergioD em 05 de março de 2011

Ricardo, quando olhei o BLOG pela manhã eram 7 os sambas-enredo. Por que da diminuição? Adoro os dois da Ilha e o da Imperatriz Leopoldinense, escola que foi minha vizinha por 11 anos, e é vizinha da minha mãe até hoje na rua Professor Lacê, no bairro de Ramos, no Rio de Janeiro. Frequentava os ensaios quando um amigo meu arquiteto fazia parte da equipe da carnavalesca Rosa Magalhães. Gosto de muitos sambas da escola que poderia listar nesse comentário, mas gostaria de disponibilizar um dos sambas mais poéticos e lindos que já foram feitos por uma escola de samba aqui do Rio. Não foi apresentado por nenhuma escola considerada grande. Era da Em Cima da Hora e falava sobre o Nordeste tomando como referência histórica o episódio de Canudos. Vale a pena partilhar com os amigos do BLOG. http://www.youtube.com/watch?v=qtMJ3wDJSCg&feature=autoplay&list=PLF1B26ABCE6A23262&index=12&playnext=2 Como fiquei no Rio, em casa, mas de plantão para minha empresa, visitarei o BLOG ao longo de todo o feriado. Aproveite o Carnaval o melhor que puder, que pelo visto deve ser igual ao meu, filmes na TV, cinema com minha esposa, visita ao neto, etc. Bem animado não? Gosto tanto de "pular no Carnaval" que no do ano passado fui visitar o meu irmão que mora em Curitiba. Que me perdoem os curitibanos, mas você já imaginou como é o Carnaval por lá? Na maior paz, como eu adoro. Um grande abraço e bom feriado. Obrigado, caro SergioD. Bom feriado pra você também. Pelo jeito, temos formas semelhantes de passar o Carnaval. Eu, além do que já disse antes, dou uma conferida nos desfiles, invariavelmente. Eu havia postado sete sambas-enredo, mas achei um exagero e vou desovar os demais aos poucos ao longo do Carnaval, bem como um ou outro tema relacionado com ele. Um abração e obrigado por vir conferir o blog durante esses dias.

JT em 05 de março de 2011

Caro Setti, A idéia da rádio no blog é ótima. Quando uma banda realiza um espetáculo, ela apresenta um "set list" - então minha sugestão para a nova seção é um trocadilho que entregará seu bom gosto: "Setti List". A escolha de Frank Sinatra para fazer a estréia não poderia ser melhor. Pessoalmente gosto mais de seus sucessos tardios, como "Summer Wind" e "I've Got You Under My Skin". Certa vez li uma breve biografia dele no livro de Ruy Castro, "Saudades do Século 20" - o que atenuou muito uma dor de cotovelo que estava sentindo na época :) Meu carnaval será parecido com o seu: repleto de leitura e filmes. Vou acabar trabalhando um pouco também... Valeu, amigo Jean. Agora à tarde, já assisti ao primeiro: "Tropa de Elite 2", que havia perdido nos cinemas e que realmente é espetacular. Sua idéia sobre o título da rádio do blog é divertida, mas acho que seria personalista demais utilizar meu nome. De todo modo, muito obrigado. Abração

Marco em 05 de março de 2011

Caro R. Setti: Apesar de toda sua uniformidade rítmica e até de um pouco de infantilidade de sua harmonias, sempre nos comove as vezes q ouvímos. Sou Fã de carnaval da áurea da música ambulante como mescla de alegria estética com desgosto moral e efeito mágico. Esse sentido profano é o 1 elemento d felicidade na música, para quem se sente com prazer nessa arte como artista. Acho q tu tbm como amante d música é tbm amigo do Carnaval. Abs.

Pedro Luiz Moreira Lima em 05 de março de 2011

Amigo Setti: Grande ziriguidum para vc! Obrigado, caro Pedro Luiz. Meu ziriguidum consiste em ver filmes, ler, dar uma breve olhada nos desfiles pela TV e... estar aqui no blog. Um abração e bom Carnaval.

Bernardo em 05 de março de 2011

" vejam essa maravilha de cenário é um episódio...." essa é obrigatória em qualquer lista, sem perdão Setti. Você tem razão. São tantos os sambas-enredo geniais que qualquer lista que não seja enorme comete injustiças.

JT em 05 de março de 2011

É sábado de carnaval e estou trabalhando no escritório, colocando os compromissos em dia, mas tive que dar uma parada para comentar este post, em benefício daqueles que não gostam de carnaval - o que ainda não é tipificado como crime pelo código penal. Para tanto, preparei uma seleção com 7 vídeos que funcionam como antídoto para os "ziriguidumbaticumbás" da vida: 1 - Iron Maiden - Run To The Hills http://www.youtube.com/watch?v=geHLdg_VNww 2 - Deep Purple - Perfect Strangers http://www.youtube.com/watch?v=gZ_kez7WVUU 3 - AC/DC - Moneytalks http://www.youtube.com/watch?v=PmyzFsYEdco 4 - Quiet Riot - Cum On Feel The Noize http://www.youtube.com/watch?v=Zs2ChjkkMRo 5 - Twisted Sister - Were Not Gona Take It http://www.youtube.com/watch?v=WT1LXhgXPWs 6 - The Sex Pistols - My Way http://www.youtube.com/watch?v=WIXg9KUiy00 7 - Ramones - The KKK Took My Baby Away http://www.youtube.com/watch?v=TI7JjiZuiVc Gafanhotos, lembrem-se: contra a lavagem cerebral, só o rock salva! Obrigado, caro Jean. E adianto uma novidade: a partir da próxima semana, teremos um vídeo com música todo dia -- ou quase todo dia -- no blog. Começarei por uma unanimidade: Frank Sinatra. Estou pensando em pedir aos leitores sugestão para o nome da "rádio" do blog. Um abração e bom feriadão.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI